CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA DE UBERABA
UBERABA, 2008
PRESIDENTE DA REPÚBLICA
Luiz Inácio Lula da Silva
MINISTRO DA EDUCAÇÃO
Fernando Haddad
SECRETÁRIO DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA
Eliezer Moreira Pacheco
DIRETOR GERAL
Eurípedes Ronaldo Ananias Ferreira
VICE-DIRETORA
Elaine Donata Ciabotti
DIRETORA DE ADMINISTRAÇÃO E PLANEJAMENTO
Deborah Freitas Assunção Chamahum
DIRETOR DE DESENVOLVIMENTO EDUCACIONAL
Sandra Maria Sousa de Oliveira
SUMÁRIO
APRESENTAÇÃO ...................................................................................................................................... 4
1. IDENTIFICAÇÃO ................................................................................................................................... 5
2. RESPONSABILIDADES INSTITUCIONAIS........................................................................................ 6
2.1. Papel da Instituição na execução das políticas públicas ................................................................... 6
2.1.1. Ensino ........................................................................................................................................ 9
2.1.2 .Pesquisa ................................................................................................................................... 10
2.1.3. Extensão................................................................................................................................... 19
3. ESTRATÉGIA DE ATUAÇÃO ............................................................................................................ 34
4. GESTÃO DE PROGRAMAS E AÇÕES............................................................................................... 36
4.1. Programas ....................................................................................................................................... 36
4.1.1. Desenvolvimento da educação profissional e tecnológica (1062)........................................... 36
4.1.1.1. Contribuição da União, de suas Autarquias e Fundações para o custeio do regime de
previdência dos servidores públicos federais (09HB) ................................................................... 37
4.1.1.2. Funcionamento da Educação Profissional (2992) ............................................................ 37
4.1.1.3. Assistência ao Educando da Educação Profissional (2994) ............................................. 38
4.1.1.4. Acervo Bibliográfico para as Inst. da rede federal de Educação Profissional (6301) ...... 41
4.1.1.5. Modernização e Recuperação da Infra-estrutura Física de Instituições federais de
Educação Profissional (6374)........................................................................................................ 42
4.1.2. Apoio Administrativo (0750) .................................................................................................. 42
4.1.2.1. Assistência Médica e Odont. aos Servidores, Empregados e seus Dependentes (2004).. 43
4.1.2.2. Assistência Pré-Escolar aos Dependentes dos Servidores e Empregados (2010) ............ 44
4.1.2.3. Auxílio-Transporte aos Servidores e Empregados (2011) ............................................... 44
4.1.2.4. Auxílio-Alimentação aos Servidores e Empregados (2012) ............................................ 45
4.1.3. Gestão da Política de Educação (1067) ................................................................................... 45
4.1.3.1. Capacitação de Servidores Públicos Federais em Processo de Qualificação e
Requalificação (4572) ................................................................................................................... 46
4.1.4. Previdência de Inativos e Pensionistas da União..................................................................... 49
4.1.4.1. Pagamento de Aposentadorias e Pensões – Servidores Civis (0181).................................50
5. DESEMPENHO OPERACIONAL ........................................................................................................ 51
5.1. Indicadores de efetividade .............................................................................................................. 51
5.2. Indicadores de eficácia.................................................................................................................... 53
5.3. Indicadores de eficiência................................................................................................................. 59
6. PREVIDÊNCIA COMPLEMENTAR PATROCINADA...................................................................... 70
7. INSTITUIÇÕES BENEFICIADAS POR RENÚNCIA FISCAL .......................................................... 71
8. OPERAÇÕES DE FUNDOS ................................................................................................................. 72
9. CONTEÚDOS ESPECÍFICOS POR UJ ................................................................................................ 73
10. CONSIDERAÇÕES FINAIS ............................................................................................................... 74
ANEXO A – Demonstrativo de Tomadas de Contas Especiais ................................................................. 76
ANEXO B – Demonstrativo de perdas, extravios ou outras irregularidades. ............................................ 77
ANEXO C – Despesas com Cartão de Crédito Corporativo ...................................................................... 78
ANEXO D – Recomendações de Órgãos de Controle ............................................................................... 91
ANEXO E – Demonstrativo de Transferências (realizadas e recebidas) no exercício............................... 92
ANEXO F – Atos de Admissão, desligamento e concessão de aposentadoria e pensão ........................... 95
APRESENTAÇÃO
O Relatório de Gestão - 2007 tornam públicas as ações desenvolvidas no Centro Federal
de Educação Tecnológica de Uberaba (CEFET-Uberaba), durante o exercício de 2007,
apresentando a prestação de contas da gestão do Professor Doutor Eurípedes Ronaldo Ananias
Ferreira, Diretor Geral desta Instituição.
A elaboração do Relatório atende às normas de formalização estabelecidas pelo Tribunal
de Contas da União, por meio da Instrução Normativa n° 47, de 27 de outubro de 2004, da
Decisão Normativa nº 85, de 19 de setembro de 2007 e da Decisão Normativa nº 88, de 28 de
novembro de 2007, como também da Portaria nº 1.950, de 28 de dezembro de 2007, Portaria nº
328, de 29 de fevereiro de 2008 e da Norma de Execução nº 05, de 28 de dezembro de 2007, da
Secretaria Executiva da Controladoria Geral da União.
O relatório, que ora elaboramos, permite uma reflexão sobre a realidade e, com isso, a
implementação de mudanças, contribuindo para o engrandecimento da Instituição e da oferta do
Ensino Público.
Centro Federal de Educação Tecnológica de Uberaba
Relatório de Gestão - 2007
4
1. IDENTIFICAÇÃO
ÓRGÃO: Centro Federal de Educação Tecnológica de Uberaba
SIGLA: CEFET-Uberaba
NATUREZA JURÍDICA: Autarquia do Poder Executivo
VINCULAÇÃO MINISTERIAL: Ministério da Educação
NORMA DE CRIAÇÃO: Fundado em 1953, começou a funcionar como Centro de
Treinamento de Economia Doméstica Rural. Por força do Decreto nº. 83.935, de 04/09/1979, a
Instituição passou a denominar-se Escola Agrotécnica Federal de Uberaba. Foi transformada em
Autarquia Federal por meio da Lei nº. 8.731, de 16/11/1993 e, em Centro Federal de Educação
Tecnológica de Uberaba por meio do Decreto Presidencial s/nº de 16/08/2002, publicado no
DOU de 19/08/2002. Seu Estatuto foi aprovado por meio da Portaria/MEC nº 23, de 26/02/2007,
publicada no DOU de 27/02/2007. Em 2007, o CEFET-Uberaba participou da segunda fase do
Plano de Expansão da Rede Federal de Educação Tecnológica, por meio da Chamada Pública
MEC/SETEC Nº. 001/2007, quando foi autorizada a criação das Unidades de Ensino
Descentralizadas - UNED de Ituiutaba e Paracatu, que se encontram em fase de implantação.
CNPJ: 73.925.414/0001-03
UNIDADE GESTORA: 153213
GESTÃO: 26335
ENDEREÇO: Unidade I – Rua João Batista Ribeiro, 4.000 – Bairro Mercês – CEP 38064-790
Uberaba MG
Unidade II – Av. Edílson Lamartine Mendes, 300 – Bairro Parque das Américas
CEP 38045-000 – Uberaba MG
Fone: (34) 3319-6000/6017 – Fax: (34) 3319-6003
E-mail: [email protected]
SÍTIO: www.cefetuberaba.edu.br
SITUAÇÃO: Em funcionamento
FUNÇÃO DE GOVERNO PREDOMINANTE: 12 – Educação
TIPO DE ATIVIDADE: Ensino, pesquisa e extensão.
DIRETOR GERAL: Prof. Dr. Eurípedes Ronaldo Ananias Ferreira.
PORTARIA DE DESIGNAÇÃO: Portaria nº. 30, de 10 de janeiro de 2008, do Ministro da
Educação.
Centro Federal de Educação Tecnológica de Uberaba
Relatório de Gestão - 2007
5
2. RESPONSABILIDADES INSTITUCIONAIS
2.1. Papel da Instituição na execução das políticas públicas
O CEFET-Uberaba tem por finalidade formar e qualificar profissionais no âmbito da
educação tecnológica, nos diferentes níveis e modalidades de ensino, para os diversos setores da
economia, bem como realizar pesquisa aplicada e promover o desenvolvimento tecnológico de
novos processos, produtos e serviços, em estreita articulação com os setores produtivos e a
sociedade, especialmente de abrangência local e regional, oferecendo mecanismos para a
educação continuada.
Para nortear os caminhos e procedimentos para o alcance dos objetivos institucionais, o
CEFET-Uberaba tem como base de sua atuação a missão e visão de futuro apresentadas a seguir:
Missão:
Promover a construção, divulgação e aplicação de conhecimentos científicos,
artísticos, culturais e tecnológicos sustentados em valores éticos formando cidadãos
comprometidos com o desenvolvimento de uma sociedade mais justa e solidária.
Visão de Futuro:
O CEFET de Uberaba–MG busca ser referência regional pela qualidade de seus cursos,
relevância de sua produção científica e mérito de suas atividades na formação de
profissionais competentes e comprometidos com a comunidade a que pertencem.
Atualmente, a educação profissional constitui condição indispensável para se alcançar o
êxito em um mundo pautado pela competição, inovação tecnológica e crescente exigência de
qualidade, produtividade e conhecimento, devendo propiciar ao profissional formação ética para
uma atuação consciente de sua responsabilidade na sociedade. Nesse processo de formação do
cidadão é importante assegurar que ele domine diferentes técnicas, equipamentos e métodos,
conheça a origem e os princípios científicos e técnicos que embasam os processos produtivos e
seu conteúdo ético.
Nesse sentido, a relação dos projetos listados abaixo permite evidenciar não apenas a
atuação do CEFET-Uberaba na produção de conhecimentos tecnológicos, mas também o seu
valor pedagógico como componente formativo. As parcerias estabelecidas oportunizam
vivenciar e exercitar a cidadania.
Projeto
Área Temática
Impacto Social
Fomento
Avaliação agronômica de biofertilizantes
organomineral e organocomposto nas culturas
de abacaxi, maracujá e banana
Avaliação do consumo de água e energia na
produção de 1 kg de abacaxi
Agricultura
Fruticultura
CEFET e
EPAMIG
Sistema de abate e processamento de bovinos,
suínos e aves no setor de agroindústria do
CEFET-Uberaba
Influências e impactos ambientais do uso e
ocupação do solo na qualidade da água do rio
Uberaba
Mandalla de produção
Agroindústria
Meio
Ambiente
Recursos
Naturais
Aumento da produtividade via
incorporação
de
novas
tecnologias
Aumento da produtividade via
incorporação
de
novas
tecnologias
Pesquisa e melhoria da
formação profissional de todos
os técnicos das áreas afins
Melhoria dos diversos usos
múltiplos em sua área de
influencia
Fomentar o cooperativismo, o
sociativismo e geração de
renda na agricultura familiar
Agricultura
Fruticultura
Agropecuária
e Meio
Ambiente
Centro Federal de Educação Tecnológica de Uberaba
Relatório de Gestão - 2007
CEFET e
EPAMIG
VITAE
FAPEMIG
CEFET,
SEBRAE e
Sindicato
Rural de
Uberaba
6
Projeto
Área Temática
Pastejo rotacionado irrigado
Pastagens
Zootecnia
Projeto educação a distância no CEFETUberaba
Projeto SUCATIM
Viabilidade técnica e econômica de cultivo do
tomateiro irrigado
Tecnologia
Educacional
Tecnologia
Social/
Informática
Tecnologia e
Produção
Impacto Social
Redução
do
custo
produção/ otimização
fatores de produção
Maior acesso a educação
Fomento
da
dos
Inclusão Social e Inclusão
Digital de jovens e adultos de
baixa renda
Geração de renda do produtor
rural.
Aumento
da
produtividade com economia
de água e energia. Melhoria da
qualidade do produto
CEFET,
CEMIG e
EPAMIG
CEFET
CEFET e
ONG
Adolfo Fritz
FAPEMIG
Fonte: Coordenação de Extensão e Coordenação de Pesquisa
No intuito de explicitar a importância social dos projetos mencionados, apresenta-se uma
síntese que caracteriza seus impactos junto aos arranjos produtivos locais, regionais e segmentos
afins.
Projetos da área de fruticultura
O CEFET-Uberaba conta com pesquisas na área de fruticultura, com os temas: Avaliação
agronômica de biofertilizantes organomineral e organocomposto nas culturas de abacaxi,
maracujá e banana; Avaliação do consumo de água e energia na produção de 1 kg de abacaxi.
Projeto: Influências e impactos ambientais do uso e ocupação do solo na qualidade da água do
rio Uberaba.
O monitoramento do manancial do Rio Uberaba, ou seja, o levantamento de seus dados
qualitativos e quantativos é de suma importância para uso deste recurso natural, o que significa
dotar de informações técnicas e ambientais os usuários desta bacia hidrográfica. O projeto tem
por objetivo geral propor dados para o gerenciamento do recurso hídrico com o propósito de
subsidiar os proprietários rurais sobre os usos múltiplos sob a sua área de influência, para ação
conjunta da sociedade para garantir a sustentabilidade ambiental da bacia de drenagem do rio
Uberaba.
A difusão das informações é de relevância social e ambiental, pois o rio Uberaba é a
principal fonte de abastecimento de água para consumo humano da cidade de Uberaba. Convém
ressaltar que as informações serão divulgadas ao longo de dois anos, período de vigência do
projeto, por meio de palestras, reuniões e treinamentos/mini-cursos.
Projeto: Mandalla
O Mandalla é um projeto permacultural, ou seja resulta na integração harmoniosa entre as
pessoas e a paisagem, provendo alimentação, energia e habitação, entre outras necessidades
materiais e não-materiais, de forma sustentável. Esse modelo de produção permite: adequação
das tecnologias de baixo custo e de fácil manejo; integração das oportunidades produtivas
existentes; responsabilidade social; captação, armazenamento e uso racional da água; correto
emprego dos recursos ambientais disponíveis; informação e organização da produção com
qualidade e produtividade; contribuição para minimizar a fome e a miséria humanas; emprego
correto dos recursos naturais disponíveis; processos produtivos, devidamente
agroindustrializados e verticalizados; produção de alimentos naturais e ausência de desperdício;
reintegração consciente das pessoas, ao meio ambiente em que vivem por meio de uma gestão
social cooparticipativa e plena.
Centro Federal de Educação Tecnológica de Uberaba
Relatório de Gestão - 2007
7
Em parceria com o SEBRAE Minas, o CEFET-Uberaba implantou o Projeto Piloto Mandalla
que tem servido de referência para a difusão deste sistema de produção em toda região do
Triângulo.
No ano de 2007 participaram do curso Mandalla 30 municípios, e o Centro recebeu a visita
de centenas de pequenos produtores rurais. Atualmente, existem implantadas 35 Mandallas nas
agrovilas do município de Uberaba.
Implantação do sistema de abate e processamento de bovinos, suínos e aves no setor de
agroindústria do CEFET-Uberaba
Foram ministrados Cursos de Qualificação em Processamento de produtos cárneos e de
Açougueiro para a comunidade local. Alunos de outras instituições conveniadas, dos cursos de
Zootecnia e Veterinária, utilizam a área para aulas práticas.
Projetos e atuação da área de Bovinocultura
O Centro participou do Teste de Progênie do Girolando e, tradicionalmente leva animais
para as exposições desta raça, sendo que os alunos do CEFET-Uberaba participam ativamente
como auxiliares técnicos em Torneios Leiteiros, e no Julgamento de Animais. Vários animais
deste Centro já foram premiados, destacando-se a produção de leite, cujos resultados de
controles são publicados na revista da Associação.
Na área de reprodução animal, tem-se 100% do rebanho inseminado ou com
acasalamentos dirigidos e foi realizado um processo de transferência de embriões bovinos na
modalidade fecundação in vitro (FIV), que tem por objetivo multiplicar o material genético de
matrizes premiadas ou de alto valor da raça Girolando.
Em 2007, foram realizados cursos para treinamento de inseminadores, proporcionando à
comunidade interna e externa a oportunidade de aprender essa técnica de reprodução animal.
Continua em andamento o projeto de pesquisa, firmado com as instituições CEMIG e
EPAMIG, para avaliar as potencialidades das forrageiras submetidas ao pastejo rotacionado e à
irrigação. Em 2007 foi testado o capim Tifton 85. Por se tratar de um centro de referência em
bovinocultura e por estarem sediadas em Uberaba as associações brasileiras dos criadores de
gado zebu e de girolando, O CEFET-Uberaba recebeu delegações de produtores, profissionais e
estudantes da área de agropecuária e delegações internacionais.
Projeto: SUCATIM
Voltado para a Inclusão Digital de comunidades carentes, esse projeto piloto baseia-se na
premissa de que a educação é um dos principais fatores de transformação social e de inserção
política e econômica. Nesse sentido, por meio de parceria celebrada entre a ONG Associação
Espírita Dr. Adolfo Fritz foi criado o Projeto Sucatim.
Os alunos do Curso Técnico em Informática e Tecnologia em Análise e Desenvolvimento
de Sistemas atuam como monitores, sob orientação dos professores, na capacitação da
comunidade infanto-juvenil do Jardim Planalto, localidade em risco sócio-econômico. A partir
dessa iniciativa esta comunidade passa a contar, com certificação do CEFET-Uberaba nos cursos
de Informática Básica e Manutenção de Computadores.
Projeto: Viabilidade técnica e econômica de cultivo do tomateiro irrigado
O objetivo do projeto é avaliar o desempenho do tomateiro irrigado submetido a
diferentes lâminas de água no solo, bem como a tensão de água ideal para seu cultivo. O
tomaticultor efetua sua irrigação sem um controle adequado e sem a decisão da lâmina ótima e
economicamente viável. Nessa premissa, o mesmo terá em mãos um pacote tecnológico com
Centro Federal de Educação Tecnológica de Uberaba
Relatório de Gestão - 2007
8
respostas relacionadas ao manejo da irrigação. Ao final, deve-se resultar em economia de água e
energia, além de um produto de melhor qualidade.
Projeto: Educação à Distância no CEFET-Uberaba
O CEFET-Uberaba possui, atualmente, não apenas uma equipe preparada para atuar em
Educação à Distância, mas também a infra-estrutura tecnológica necessária para dar suporte aos
cursos. O Centro está inscrito nos dois principais projetos de incentivo à Educação a Distância
do governo federal: a UAB (Universidade Aberta do Brasil) e o E-tec (Escola Técnica Aberta do
Brasil).
Nesse contexto as políticas orientadoras das atividades de ensino, pesquisa e extensão são
concebidas de modo a atender aos arranjos produtivos locais e regionais, possibilitando, dessa
maneira, dialogar com a sociedade.
2.1.1. ENSINO
O quadro abaixo apresenta os cursos ministrados em 2007, o quantitativo de vagas
ofertadas, periodicidade de entrada, duração, unidade de funcionamento e turno em que é
realizado.
Curso
Nº de
Vagas
Entrada
Duração
Local
Turno
Curso Superior – Tecnologia
Alimentos
30
Semestral
03 anos
Un. I
Matutino
2
Semestral
03 anos
Un. II
Noturno
Análise e Desenvolvimento de
Sistemas
60
Irrigação e Drenagem
30
Anual
03 anos
Un. I
Diurno
Desenvolvimento Social
30
Anual
03 anos
Un. II
Noturno
Gestão Ambiental
30
Anual
03 anos
Un. I
Noturno
Un. I
Diurno
03 anos
Un. I
Diurno
03 anos
Un. I
Diurno
03 anos
Un. I
Noturno
Noturno
Curso Superior – Bacharelado
Zootecnia
30
Anual
04 anos
Cursos Técnicos de Nível Médio
Agricultura
85
Zootecnia
85
Agroindústria / PROEJA
30
Anual
Anual
Anual
Análise e Produção em Açúcar
e Álcool
---¹
---
2 anos
Un. I
Agropecuária
---¹
----
3 anos
Un. I
Diurno
---¹
---
2 anos
Un. II
Noturno
Informática (Uberaba)
60²
Semestral
2 anos
Un. II
Vespertino
Informática (Sacramento- MG)
30
Anual
2 anos
Sacramento
MG
Noturno
Nutrição e Dietética
60²
Semestral
2 anos
Un. II
Noturno
Açúcar e Álcool
60²
Semestral
2 anos
Un. I
Noturno
Desenvolvimento
Comunidades
de
Centro Federal de Educação Tecnológica de Uberaba
Relatório de Gestão - 2007
9
Curso
Nº de
Vagas
Entrada
Duração
Local
Turno
Ensino Médio
Ensino Médio
60
Anual
03 anos
Un. I
Diurno
Ensino Médio- PROEJA
30
Semestral
02 anos
Un. I
Noturno
Fonte: Coordenação de Registro e Controle Acadêmico
¹ Não foram ofertadas vagas para nova turma.
² Quantitativo de vagas já totalizando as duas entradas por ano.
Em 2007, foram criados cinco cursos em atendimento às demandas e aos anseios locais e
regionais: Curso Técnico em Açúcar e Álcool; Superior em Tecnologia de Alimentos e
Bacharelado em Zootecnia e Ensino Médio e Técnico em Agroindústria, ambos na modalidade
de Educação de Jovens e Adultos – PROEJA.
O CEFET-Uberaba criou o primeiro curso Técnico em Açúcar e Álcool de Minas Gerais,
cujo projeto pedagógico é referência para diversas instiuições, inclusive da rede privada.
2.1.2
PESQUISA
Desenvolver a pesquisa na instituição significa valorizar a criatividade, a atitude
científica e a inovação, contribuindo para que a comunidade acadêmica possa conhecer e discutir
os resultados, a relevância, o impacto dessas pesquisas e suas aplicações, sobretudo, a
importância desses resultados para o desenvolvimento da comunidade e do País.
Com um quadro de professores qualificados, 47% de mestres e 18% de doutores, o CEFETUberaba cadastrou 11 grupos de pesquisa junto ao CNPq.
Professores Líderes
Amilton Diniz e Souza
Carlos Antônio Alvarenga
Gonçalves
Diogo Gonzaga Jayme
Eliana Aparecida Rodrigues
Grupos a que pertence no CEFET
Engenharia de Água e Solo
(pesquisador)
Biologia Sanitária Ambiental (líder)
Tecnologia de Alimentos
/Processamento de carnes e derivados
(líder)
Tecnologia e processamento de
vegetais (pesquisador)
Zootecnia/Produção Animal
(pesquisador)
Produção Animal/Nutrição Animal
(líder)
Zootecnia/Produção Animal (líder)
Eurípedes Ronaldo A.Ferreira
José Luiz Rodrigues Torres
Educação e Trabalho (líder)
Manejo e Conservação de Água e Solo
no Cerrado (líder).
Engenharia de Água e Solo
(pesquisador)
Márcio Augusto de S.Nogueira
Márcio Bonesso
Márcio José de Santana
Engenharia Sanitária Ambiental (líder)
Sociedade e Cultura (líder)
Engenharia de Água e Solo (líder)
Manejo e Conservação de Água e Solo
no Cerrado (pesquisador)
Linhas de Pesquisa
Biologia Sanitária Ambiental
Tecnologia e processamento de
carnes e derivados
Tecnologia e processamento de
vegetais
Produção Animal/Nutrição
Animal
Produção Animal/Nutrição
Animal
Educação e Trabalho
Gestão ambiental
Manejo de bacias hidrográficas
Manejo e conservação de solo e
água
Manejo integrado de microbacias
hidrográficas
Plantas de cobertura no cerrado
Engenharia Sanitária Ambiental
Sociedade e Cultura
Hidráulica e hidrometria
Manejo culturas irrigadas
Manejo e conservação de solo e
água
Manejo integrado de microbacias
hidrográficas
Centro Federal de Educação Tecnológica de Uberaba
Relatório de Gestão - 2007
10
Professores Líderes
Grupos a que pertence no CEFET
Linhas de Pesquisa
Maria das Graças Assunção do
Carmo
Sueli Ciabotti
Sociedade e Cultura (líder)
Sociedade e Cultura
Tecnologia de Alimentos (pesquisador)
Tecnologia e processamento de
vegetais (líder)
Tecnologia e processamento de
vegetais
Fonte: Coordenação de Pesquisa
Apresentamos nos quadros a seguir a relação dos projetos de pesquisas relativos ao
Programa P&D do CEFET-Uberaba; os trabalhos de conclusão de curso - TCC relativos ao
Programa de Iniciação Científica – PIC (Cursos de Tecnologia em Gestão Ambiental, Irrigação
e Drenagem e Desenvolvimento Social); e os projetos de pesquisa, com vínculo ao Programa de
Qualificação Docente – mestrado/doutorado, em desenvolvimento ou concluídos em 2007.
PROJETOS DE PESQUISAS – PROGRAMA P&D DO CEFET-UBERABA
Projeto
Pesquisadores
Situação do Projeto
“Estoque de carbono, frações da
matéria orgânica e fósforo
remanescente em áreas de
plantio direto no Triângulo
Mineiro”.
Dr. Marcos Gervasio Pereira – Coordenador
Dr. José Luiz Rodrigues Torres
Doutorando Adelar José Fabian
Drª Lúcia Helena Cunha dos Anjos
Dr. José Carlos Polidoro
Dr. Vinícius de Melo Benites
Dr. Fabiano de Carvalho Balieiro
Dr. Márcio José de Santana – Coordenador
Dr. Antonio Carlos Barreto
Doutorando Othon Carlos da Cruz
Dr. Wilson Jesus da Silva – EMBRAPA/
EPAMIG – Agrometeorologia
Drª. Edilane Aparecida Silva – EPAMIG –
Nutrição de Ruminantes
Dr. Antônio Carlos Barreto CEFET –
Irrigação e Topografia
Dr. Jéferson Antônio de Souza – EPAMIG
– Solo e Nutrição de Planta.
Dr. Leonardo de Oliveira Fernandes EPAMIG
Antônio Carlos Coutinho - CEMIG
Dr. Diogo Gonzaga Jayme
Heraldo Marcus Rosi Cruvinel
José Antônio Bessa
Doutorando Jovair Libério da Cunha
Projeto de pesquisa realizado
pelas e nas instituições:
UFRRJ e CEFET Uberaba
“Viabilidade
Técnica
e
Econômica do Cultivo do
Tomateiro Irrigado”.
“Exigências
Climáticas
de
Gramíneas
Forrageiras
em
Regime de Corte sob Irrigação”.
“Irrigação de Pastagens”
“Determinação dos teores de
cobre e zinco em latossolo
vermelho
distrófico
sob
fertirrigação com esterco líquido
de suíno na microbacia do Rio
Uberaba – MG”.
“Avaliação de um hidrociclone
para pré-filtragem de água da
irrigação”.
“Turno de rega para o feijãovagem”
“Resposta da alface americana a
níveis de irrigação”
Doutorando Othon Carlos da Cruz
Prof. Márcio José de Santana
Prof. Paulo Biulchi.
Juvenal Vasconcelos – estudante de CSTID
Prof. Márcio José de Santana
Prof. Antônio Carlos Barreto.
Júnior Carneiro e Wagner Pereira–estudante
Centro Federal de Educação Tecnológica de Uberaba
Relatório de Gestão - 2007
Aprovado no Edital Universal
nº 01/2007 da FAPEMIG
O
experimento
está
implantado na Unidade I do
CEFET Uberaba – MG.
Em
desenvolvimento
no
CEFET em parceria com a
CEMIG e a EPAMIG
Em
desenvolvimento
no
CEFET sob a coordenação da
UFU.
Em
desenvolvimento
no
CEFET sob a coordenação da
UNESP - Jaboticabal
Em fase de montagem de
resultados; será enviado ao
CONGRESSO BRASILEIRO
DE
ENGENHARIA
AGRÍCOLA e Revistas da
área.
Já publicado no Congresso
Brasileiro de Engenharia
Agrícola em 2007
11
Projeto
Pesquisadores
Situação do Projeto
“Cultivo orgânico da alface
americana: manejo da irrigação”
Prof. Márcio José de Santana
Prof. Paulo Biulchi.
Rogério Vasconcelos – estudante de CSTID
“Qualidade de Serviço em Redes
Wireless Heterogênea”
Dr. Paulo Roberto Guardieiro - Orientador
Doutoranda Paula Teixeira Nakamoto
“Manejo da irrigação para
cultura do feijoeiro de inverno”
Prof. Márcio José de Santana
Prof. Antônio Carlos Barreto.
Jussiane Carneiro e José Arlindo Braga –
estudantes de CSTID
Em fase de montagem de
resultados; será enviado ao
CONGRESSO BRASILEIRO
DE
ENGENHARIA
AGRÍCOLA e Revistas da
área.
Projeto de pesquisa realizado
pelas e nas instituições: UFU e
CEFET Uberaba
Em fase de montagem de
resultados; será enviado ao
CONGRESSO BRASILEIRO
DE
ENGENHARIA
AGRÍCOLA E REVISTAS
DA ÁREA
Fonte: Coordenação de Pesquisa
Centro Federal de Educação Tecnológica de Uberaba
Relatório de Gestão - 2007
12
TRABALHOS DE CONCLUSÃO DE CURSOS - PROGRAMA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA – PIC
Curso: TECNOLOGIA EM GESTÃO AMBIENTAL
Item
1.
Trabalho de Iniciação Científica
5.
Plano de recuperação de uma área degradada no
Município de Uberaba – MG
Gestão de resíduos sólidos – um estudo de caso
na cidade de Uberaba
Em fase de acerto temático e de orientação
Gestão dos resíduos gerados no processamento
de carnes e animais mortos do CEFET Uberaba
Paisagismo
6.
Em fase de acerto temático e de orientação
7.
SGA para a Usina Cururipe
8.
Gestão de resíduos hospitalares para a cidade de
Uberaba – MG.
Gestão de áreas de concessão de ocupação por
linhas de transmissão de energia elétrica
Em fase de acerto temático e de orientação
2.
3.
4.
9.
10.
11.
12.
13.
14.
15.
Análise e diagnóstico dos resíduos sólidos de
serviços de saúde
Gestão de resíduos gordurosos, óleos e graxas
através da operação de um “landfarming”
Gestão dos resíduos agrícolas, veterinários e
contaminados do CEFET Uberaba
Proposta metodológica para o gerenciamento de
resíduos da construção civil e demolição –
PGRCD para a cidade de Uberaba
Diagnóstico ambiental e avaliação da qualidade
da água da microbacia do Córrego Cocal
Professor Orientador e/ou
Colaborador
Gustavo Silva Araújo –
Gestor Ambiental
Dr. Amilton Diniz e
Souza
Dr. Amilton Diniz e
Souza
MSc Denise Figueiredo
Biulchi
MSc Cladecir Alberto
Schenkel
Dr. Amilton Diniz e
Souza
Dr. Amilton Diniz e
Souza
Dr. Amilton Diniz e
Souza
MSc Maria Alice de
Oliveira Dias e Dr.
Amilton Diniz e Souza
Dr. Márcio José de
Santana
Autor(es)(as)
Alexandre David Dantas
Celso Eurípedes dos Santos
Reis Ribeiro
Diego Felisbino Fraga
Eliane Miziara Passaglia
Elizângela de Jesus Pessoa
João Batista Filmiano da
Silva Sobrinho
Luciano dos Anjos
Luiz Eduardo Rodrigues
Marcelo Santana Garcia
Mário Laureano da Silva
Neto
Michelle Couto Salermo
Suziléia Souza Rita
Thalita Tábata de Sousa
Cacildo Rosa Resende
Júnior
Dr. José Luiz Rodrigues
Torres
Daiana Segobia de Oliveira
Luiz
Centro Federal de Educação Tecnológica de Uberaba
Relatório de Gestão - 2007
Período
Área Profissional
Nº de
Participantes
Conclusão em
abril de 2008
Conclusão em
abril de 2008
Gestão
Ambiental
Gestão
Ambiental
02
Conclusão em
abril de 2008
Conclusão em
26/11/2007
Gestão
Ambiental
Gestão
Ambiental
02
Conclusão em
abril de 2008
Conclusão em
abril de 2008
Conclusão em
abril de 2008
Gestão
Ambiental
Gestão
Ambiental
Gestão
Ambiental
02
Conclusão em
abril de 2008
Conclusão em
abril de 2008
Gestão
Ambiental
Gestão
Ambiental
02
Conclusão em
abril de 2008
Conclusão em
12 de março
de 2007
Conclusão em
09 de abril de
2007
Gestão
Ambiental
Gestão
Ambiental
02
Gestão
Ambiental
02
02
02
02
02
03
02
13
Item
16.
17.
18.
19.
20.
21.
22.
23.
24.
25.
26.
Trabalho de Iniciação Científica
Professor Orientador e/ou
Colaborador
Autor
Educação ambiental nas escolas: implantação
das questões ambientais no ensino das escolas
de base da Rede Pública Municipal
Diagnóstico ambiental e avaliação da qualidade
da água da microbacia do Córrego Cocal
MSc Cladecir Alberto
Schenkel
Diogo Zanon França
Dr. José Luiz Rodrigues
Torres
Douglas Ferreira Dahdah
Recuperação da mata ciliar do Córrego do
Lanoso: área de captação de água dos pivôs
centrais do CEFET Uberaba
Diagnóstico socioeconômico, ambiental e
morfometria do Córrego do Melo
MSc Olegário Pinheiro de
Souza
Ernane Francisco de Jesus
Dr José Luiz Rodrigues
Torres
Giovanni Arthur Ferreira
Gobbi
Avaliação qualitativa da potabilidade das águas
de consumo dos poços outorgados e nascentes
no perímetro urbano de Uberaba – MG.
Estudo de caso na microbacia do Córrego
Desbarrancado na bacia do Ribeirão
Conquistinha
Investimento no mercado de carbono através da
suinocultura
MSc Luiz Alberto
Rezende
Giselle Marcelino de Lima
Dr. Márcio Augusto de
Souza Nogueira
Fernando Evangelista
Moreira
MSc Luiz Alberto
Rezende
Mariana Barros Reis
Avaliação qualitativa da potabilidade das águas
de consumo dos poços outorgados e nascentes
no perímetro urbano de Uberaba – MG
Educação ambiental nas escolas: implantação
das questões ambientais no ensino das escolas
de base da Rede Pública Municipal
Da educação para o ambiente: trabalho de
campo – as áreas verdes de Uberaba como
laboratório para as escolas da Rede Pública
Municipal: desafios e possibilidades
Desafios para alcançar o desenvolvimento rural
sustentável no Município de Uberaba
MSc Luiz Alberto
Rezende
Marcio Pansani Freitas
MSc Cladecir Alberto
Schenkel
Maurílio Marques Peres
MSc Cladecir Alberto
Schenkel
Rodrigo Borges de Oliveira
Profª Jacirema das Neves
Pompeu Martins
Rubia Rejane Ribeiro
Centro Federal de Educação Tecnológica de Uberaba
Relatório de Gestão - 2007
Período
Área Profissional
Nº de Participantes
Conclusão em
14 de março
de 2007
Conclusão em
09 de abril de
2007
Conclusão em
19 de abril de
2007
Conclusão em
28 de maio de
2007
Conclusão em
26 de fevereiro
de 2007
Conclusão em
19 de abril de
2007
Conclusão em
09 de abril de
2007
Conclusão em
26 de fevereiro
de 2007
Conclusão em
14 de março
de 2007
Conclusão em
04 de abril de
2007
Gestão
Ambiental
02
Gestão
Ambiental
02
Gestão
Ambiental
02
Gestão
Ambiental
02
Gestão
Ambiental
02
Gestão
Ambiental
02
Gestão
Ambiental
02
Gestão
Ambiental
02
Gestão
Ambiental
02
Gestão
Ambiental
02
Conclusão em
30 de março
de 2007
Gestão
Ambiental
02
14
Item
27.
28.
29.
30.
Trabalho de Iniciação Científica
Proposta metodológica para o gerenciamento de
resíduos da construção civil e demolição –
PGRCD para a cidade de Uberaba
Implementação de um plano de recuperação de
áreas degradadas (PRAD) numa área de
concentração de torres de linhas de transmissão
de energia
Recuperação da mata ciliar do Córrego do
Lanoso: área de captação de água dos pivôs
centrais do CEFET Uberaba
Análise morfométrica e ambiental da
microbacia do córrego Sapecado no município
de Uberaba.
Professor Orientador e/ou
Colaborador
Autor
Sergio Vianey da Silva
Dr José Luiz Rodrigues
Torres
Thulio Silvieri Cordeiro
MSc. Vera Lúcia Abdalla
Wesley Ribeiro
Dr José Luiz Rodrigues
Torres
Dinamar Márcia da Silva
Vieira; Luiz Márcio de
Oliveira;
Marcel Afonso de Oliveira;
Odilon Jorge Rodrigues
Gonçalves
Aérica Rodrigues da Silva;
Carlos Alberto Pereira;
Denílson Luiz de Deus;
Milene Tomazini de Faria.
Eddie de Paula Cornélio;
Fellipe Antônio de Oliveira;
Fernanda Silva Fernandes;
Josielly de Paiva
Eliane Carvalho dos Santos;
Janaína Ferreira Guidolini;
Marcelo Garcia Santana;
Michele Bárbara de Jesus
Laureano
Andréa de Oliveira Passos;
Carla Ariane Silva Pedro;
Joarez Queiroz Gomes;
Samantha Regina da Silva
31.
Avaliação da qualidade ambiental da microbacia
do córrego Inhame, afluente do Rio Uberaba
Dr José Luiz Rodrigues
Torres
32.
Análise morfométrica da microbacia do córrego
Barreiro no município de Uberaba
Dr José Luiz Rodrigues
Torres
33.
Diagnóstico ambiental e avaliação da qualidade
da água da microbacia do córrego Buracão
Dr José Luiz Rodrigues
Torres
34.
Análise morfométrica, vazão e qualidade de
água da microbacia do córrego da Vida em
Uberaba – MG
Dr José Luiz Rodrigues
Torres
Período
Área Profissional
Nº de Participantes
Conclusão em
12 de março
de 2007
Conclusão em
10 de outubro
de 2007
Gestão
Ambiental
02
Gestão
Ambiental
02
Conclusão em
19 de abril de
2007
Conclusão em
2007
Gestão
Ambiental
02
Gestão
Ambiental
05
Conclusão em
2007
Gestão
Ambiental
05
Conclusão em
2007
Gestão
Ambiental
05
Conclusão em
2007
Gestão
Ambiental
05
Conclusão em
2007
Gestão
Ambiental
05
Curso: TECNOLOGIA EM IRRIGAÇÃO E DRENAGEM
Centro Federal de Educação Tecnológica de Uberaba
Relatório de Gestão - 2007
15
Item
35.
36.
37.
38.
39.
Trabalho de Iniciação Científica
Professor Orientador e/ou
Colaborador
Comparar a VIB de um solo utilizando anéis
infiltrômetros e simulador de chuvas
Determinação da lâmina ótima econômica para
três cultivares de feijão (Phaseolis vulgaris L.)
para a região de Uberaba.
Manejo de irrigação no feijoeiro em diferentes
cultivares
Turno de rega em feijão vagem
Manejo de irrigação na cultura da alface
(Lactuca sativa)
Renato Farias do Valle
Júnior
Antônio Carlos Barreto
Márcio José de Santana
Márcio José de Santana
Márcio José de Santana
Autor
Período
Área Profissional
Nº de Participantes
Eusímio Felisbino Jr.
2007
02
José Arlindo Braga
Neto
2007
Irrigação e
Drenagem
Irrigação e
Drenagem
Jussiane Carneiro de
Paula
Juvenal Vasconcelos
da Silva
Rogério Ferreira de
Vasconcelos
2007
Irrigação e
Drenagem
Irrigação e
Drenagem
Irrigação e
Drenagem
02
2007
2007
02
02
02
Curso: TECNOLOGIA EM DESENVOLVIMENTO DE COMUNIDADES
Item
Trabalho de Iniciação Científica
Professor Orientador e/ou
Colaborador
40.
O profissional do terceiro setor
MSc. Cladecir Alberto
Schenkel
41.
Panorama e perspectivas da responsabilidade
social em Uberaba – MG
MSc. Maria Alice de
Oliveira Dias
42.
Cooperativa como alternativa de renda e
inclusão social
Perfil dos jovens cadastrados no programa de
primeiro emprego em Uberaba – MG
MSc. Cladecir Alberto
Schenkel
MSc Estelamar Maria
Borges Teixeira e MSc
Wagner Jacinto de
Oliveira
MSc Samir Messias de
Freitas
MSc Ozeni Amorim
Barbosa
43.
44.
45.
A pessoa com deficiência física no mercado de
trabalho
Vigilância Epidemiológica em âmbito hospitalar
46.
O consumo sustentável na percepção do jovem
MSc. Maria Alice de
Oliveira Dias
Autor(es)(as)
Período
Área Profissional
Nº de Participantes
Adriana Lima Neves
Vieira e Flávia Júnia
Justino Pacheco
Ana Paula Pereira
Pires e Sérgio
Oliveira Cortes
Cecília Jacira Moura
e Juliana Vieira
Danielle Souza Alves
Marinho e Deliene
Souza Alves Moraes
Conclusão em
07/02/07
Desenvolviment
o Social
03
Conclusão em
28/03/07
Desenvolviment
o Social
03
Conclusão em
10/04/07
Conclusão em
29/04/07
Desenvolviment
o Social
Desenvolviment
o Social
03
Danilo Borges
Pereira
Desirée Clary de
Almeida Ferreira e
Lúcia Maria
Constâncio
Gonçalves da Silva
Fernanda Adelina de
Lima e Letícia Muriel
Ramos
Conclusão em
02/04/07
Conclusão em
10/04/07
Desenvolviment
o Social
Desenvolviment
o Social
02
Conclusão em
02/04/07
Desenvolviment
o Social
03
Centro Federal de Educação Tecnológica de Uberaba
Relatório de Gestão - 2007
04
03
16
Item
47.
Trabalho de Iniciação Científica
Professor Orientador e/ou
Colaborador
Autor
Período
Área Profissional
Nº de Participantes
A responsabilidade sócio ambiental das
empresas na percepção dos consumidores de
Uberaba - MG
Estudo das entidades do terceiro setor da Região
do grande Abadia
MSc. Maria Alice de
Oliveira Dias
Gabrielle Alves
Fernandes
Conclusão em
03/04/07
Desenvolviment
o Social
02
MSc. Cladecir Alberto
Schenkel
Conclusão em
29/04/07
Desenvolviment
o Social
03
49.
Ressocialização dos encarcerados do sistema
APAC
MSc Washington Abadio
da Silva
Conclusão em
30/04/07
Desenvolviment
o Social
03
50.
Informativo SUS – Saúde da Comunidade
Carcerária
MSc Ozeni Amorim
Barbosa
Conclusão em
04/04/07
Desenvolviment
o Social
03
51.
Inclusão digital na terceira idade
Profª Valnete Dulce de
Melo
Profª Valnete Dulce de
Melo e Maria das Graças
Assunção do Carmo
Helena Maria Soares
Lemes e Lívia Paiva
Ribeiro
Íris Santa Ana e
Natália Ribeiro
Lopes de Paula
Joyce Cristina
Delfino Mendes e
Márcia Gonçalves da
Silva
Marcos Vinicius
Ribeiro Kazaoka
Patrícia de Oliveira
Cortes Colmanetti e
Renata Valéria
Cardozo Balieiro
Conclusão em
03/04/07
Conclusão em
26/03/07
Desenvolviment
o Social
Desenvolviment
o Social
02
48.
52.
Levantamento de dados para elaboração do
programa de preparação para aposentadoria da
Universidade Federal do Triângulo Mineiro UFTM
Fonte: Coordenação de Pesquisa
04
PROJETOS DE PESQUISA – PROGRAMA DE QUALIFICAÇÃO DOCENTE – MESTRADO/DOUTORADO
Item
Projeto/Trabalho
Área/Programa
01
Plantas de cobertura do solo: efeito nos atributos
químicos e físicos do solo e na produtividade do milho e
da soja em rotação, cultivados em sistema de semeadura
direta e convencional.
Avaliação de autopropelido aplicando água residuária de
suinocultura.
Doutorado em Agronomia –
Produção Vegetal
Adelar José Fabian
Dr. José Eduardo Corá
UNESP
Jaboticabal
Em andamento
Doutorado em Engenharia
Agrícola – Irrigação e
Drenagem
Mestrado em Patologia
Clínica
Antônio Carlos Barreto
UFLA
Concluído
Danielle F. Paoloni
Dr. Daniel Ferreira da Cunha
UFTM
Em andamento
02
03
Padrão de produção de óxido nítrico e citocinas pró e anti
inflamatórias em pacientes com escaras de decúbio
suplementadas com vitamia
Mestrando/Doutorando/ Professor
Orientador
Centro Federal de Educação Tecnológica de Uberaba
Relatório de Gestão - 2007
Vínculo
Situação
17
Item
Projeto/Trabalho
Área/Programa
04
11
Emprego de sensoriamento remoto e SIG na avaliação da
degradação ambiental da bacia do Rio Uberaba
Monitoramento de metais pesados em solos de cerrado
cultivados com pastagens sob irrigação de esterco líquido
de suíno.
Avaliação econômica das perdas de nutrientes por erosão
no cultivo da cana-de-açúcar.
Influência de diferentes lâminas de irrigação no cultivar
de abacaxizeiro Smooth Cayenne.
Avaliação de um hidrociclone para pré-filtragem de água
da irrigação.
Predição da erosão e qualidade ambiental na bacia do Rio
Uberaba
Desenvolvimento de um produto similar ao tofu com base
na combinação do extrato de soja e soro de leite.
Qualidade de serviço em Redes Wireless Heterogêneas
12
Processamento Digital de Imagens
Doutorado em Agronomia –
Produção Vegetal
Doutorado em Geografia –
Planejamento e Gestão
Ambiental.
Doutorado em Agronomia –
Ciência do Solo.
Mestrado em Agronomia –
Fitotecnia
Doutorado em Agronomia –
Produção Vegetal
Doutorado em Agronomia –
Produção Vegetal
Doutorado em Ciências dos
Alimentos.
Doutorado em Engenharia
Elétrica
Doutorado em Engenharia
Elétrica
05
06
07
08
09
10
Mestrando/Doutorando/ Professor
Orientador
Humberto Góis Cândido
Jovair Libério da Cunha
Dr. Luiz Nishiyama
Nilo Sérgio Ferreira de Andrade
Olegário Pinheiro de Souza
Othon Carlos da Cruz
Renato Farias do Valle Junior
Dr. João Antônio Galbiatti
Sueli Ciabotti
Drª Maria de Fátima Píccolo Barcelos
Paula Teixeira Nakamoto
Dr. Paulo Roberto Guardieiro
Hugo Leonardo Pereira Rufino
Gilberto Arantes Carrijo
Vínculo
UNESP
Jaboticabal
UFU
Situação
Em andamento
Em andamento
UNESP
Jaboticabal
UFU
Em andamento
UNESP
Jaboticabal
UNESP
Jaboticabal
UFLA
Em andamento
UFU
Em andamento
UFU
Em andamento
Concluído
Em andamento
Concluído
Fonte: Coordenação de Pesquisa
Centro Federal de Educação Tecnológica de Uberaba
Relatório de Gestão - 2007
18
2.1.3. EXTENSÃO
A extensão constitui-se em um dos pilares de atuação do CEFET-Uberaba, juntamente
com a pesquisa e o ensino, e tem papel fundamental na interação com a sociedade por meio do
desenvolvimento de diversas atividades, que podem ocorrer no seu ambiente interno e/ou
externo.
O CEFET-Uberaba mantém parcerias com os diversos segmentos da sociedade a fim de
melhor desenvolver as atividades de extensão. Os eventos realizados mostram a preocupação
institucional para com as diversas áreas do conhecimento.
Em 2007 foram realizadas diversas atividades de extensão que serão demonstradas nos
quadros a seguir.
É relevante ressaltar que, o CEFET-Uberaba, como instituição pública comprometida com
o desenvolvimento de uma sociedade mais justa e solidária, busca o trabalho cooperativo, o
enfrentamento de barreiras e desafios, tendo o compromisso de atuar em favor da reversão do
quadro social brasileiro, traduzindo, dessa forma, a sua função como instituição social.
Centro Federal de Educação Tecnológica de Uberaba
Relatório de Gestão - 2007
19
PROGRAMAS E PROJETOS
Programas/Projetos
Nome do(a) Coordenador(a)
ou Organizadores do Evento
Participan
tes
Período
Carga
Horária
Área Temática
Programa: Sistema Mandalla de
Produção
- Paulo Vitório Biulchi
(Coordenador) e Márcio Santana.
- Marlene Jerônimo; Carlos
Alvarenga Gonçalves (envolvimento
indireto)
- 02 discentes e 07 pessoas de
parcerias
- Paulo Vitório Biulchi e Marlene
Jerônimo
- 28 Alunos do CSTA do CEFETUberaba
117
(especial
mente
Agricult
ores
Familiar
es)
40
(especial
mente
Agricult
ores
Familiar
es da
comunid
ade São
Basílio)
200
Anual (2007)
indefinida
- Meio
Ambiente (01)
- Tecnologia e
Produção (02)
- Ciências
Sociais
Aplicadas
- Ciências
Agrárias
Agropecuária
(01);
Meio Ambiente
(02)
2º semestre de 2007
indefinida
- Meio
Ambiente (01)
- Tecnologia e
Produção (02)
- Ciências
Sociais
Aplicadas
- Ciências
Agrárias
Agropecuária e
Meio Ambiente
Anual
3h
semanais
Saúde
Ciências da
Saúde
- Lazer e des.
Social
600
Participa
ntes
(expecta
dores)
Anual
(2007)
indefinida
(01)Cultura
(02)Educação
Lazer e
Desenvolviment
o Social
Márcio Bonesso (Coordenador)
05 docentes e 20 discentes
250
Anual
indefinida
(01)
Lingüística,
letras e artes
(02)Ciências
Humanas
(03)Ciências
Sociais
Aplicadas
Cultura
Ciências
Humanas
Lazer e des.
Social
- Antônio Hamilton Chaves
- Comissão Organizadora
600
2007
----------
Cultura
- Lazer e
desenvolvi
mento Social
Projeto: “Sistema de Produção
Mandalla” e atuação do Tecnólogo
em Alimentos;
Projeto:
“Atividades
FísicoRecreativas para Diabéticos”
Projeto: “IX - Arte Educação”
Projeto: Musical no Cefet
(vinculado ao Programa Arte e
educação)
Projeto: “Concurso de Poesia” e
“Lançamento do livro de Poesias”
dos alunos e servidores do
CEFETUberaba em 2006
Samir Messias de Freitas
(Coordenador); 25 alunos do Cefet;
04 de outras IES e 28 voluntários da
comunidade .
- Silvia Marina Pereira
- Aldo Luis Pedrosa da Silva
(e comissão)
- 15 docentes ; 120 discentes; 15
técnico administrativo e 120 externo
Centro Federal de Educação Tecnológica de Uberaba
Relatório de Gestão - 2007
Lingüística,
letras e artes
Área do
Conhecimento
Área
Profissional
20
Programas e/ou Projetos
Nome do(a) Coordenado(a)
Ou organizadores do evento
Projeto: Feira do CEFET – Uberaba
UNIDADE I e II (quartas e quintasfeiras)
Projeto: Perfil Nutricional das
crianças atendidas pela Instituto
Agronelli de Des. Social
Tânia Rabelo
03 alunos e
03 servidores
Danielle Freire Paoloni
Estelamar Maria Borges
Ozeni Amorim Barbosa
Projeto: Atividade de recreação em
ILPIs do Lar Esperança
Valnete Dulce de Melo
08 discentes
04 externo
Valnete Dulce de Melo
15 discentes; 02 docentes; 02 tec.
Adm.; 02 externos
_ José Luiz Rodrigues Torres
(Coordenador)
_ Discentes do CSTGA
Projeto: Envelhecer com Prazer
Projeto: “Análise Morfométrica, da
microbacia do córrego Barreiro, no
município de Uberaba-MG”
Particip
antes
Período
Carga
horária
Área
Temática
Área do
Conheciment
o
Ciências
Sociais
Aplicadas
Ciências da
Saúde
1000
anual
2 feiras
semanais
Trabalho
30
Setembro a
dezembro de 2007
Indefinido
Saúde
17
08/07/2007
4h
Ciências
Humanas
Saúde
Lazer e des.
Social
1000
15 de junho de
2007
15h
Saúde
Lazer e des.
social
05
2º semestre de 2007
-------
Meio
Ambiente
Ciências
Sociais
Aplicadas
Ciências
Agrárias
Área
Profissional
Agropecuária
Lazer e Des.
Social, Saúde
Lazer e des.
Social
- Meio Ambiente
Projeto: “Análise Morfométrica,
vazão e qualidade da água da
microbacia do córrego Vida,
Uberaba-MG”
_ José Luiz Rodrigues Torres
(Coordenador)
_ Discentes do CSTGA
05
2º semestre de 2007
-------
Meio
Ambiente
Ciências
Agrárias
- Meio Ambiente
Projeto: “Análise Morfométrica e
ambiental da microbacia do córrego
Sapecado, no município de
Uberaba-MG”
Projeto: “Avaliação da qualidade do
Córrego Inhame, afluente do Rio
Uberaba
Projeto: “Diagnóstico Ambiental e
avaliação da qualidade da água da
microbacia do córrego Buracão, no
município de Uberaba-MG”
_ José Luiz Rodrigues Torres
(Coordenador)
_ Discentes do CSTGA
05
2º semestre de 2007
-------
Meio
Ambiente
Ciências
Agrárias
- Meio Ambiente
_ José Luiz Rodrigues Torres
(Coordenador)
_ Discentes do CSTGA
_ José Luiz Rodrigues Torres
(Coordenador)
_ Discentes do CSTGA
05
2º semestre de 2007
-------
Meio
Ambiente
Ciências
Agrárias
- Meio Ambiente
05
2º semestre de 2007
-------
Meio
Ambiente
Ciências
Agrárias
- Meio Ambiente
Centro Federal de Educação Tecnológica de Uberaba
Relatório de Gestão - 2007
21
Programas / Projetos
Nome do(a) Coordenado(a)
ou Organizadores do Evento
Participa
ntes
Período
Projeto: [email protected]
Frederico Renato Gomes (Coord.).
Os docentes: William Alexandre
Manzan; Maria das Graças A. do
Carmo; Mauro Borges França;
Roberto Gil R. de Almeida.
José Sebastião G. Dias. (Discente)
300
2º semestre de 2007
Projeto: Capelinha do Barreiro
- Júlia Márcia Borges de Mendonça
- 09 alunas do Curso Técnico em
Desenvolvimento de Comunidade
- 03 pessoas da Comunidade
30
1º semestre de 2007
Carga
Horária
-------
Área Temática
Área do
Conhecimento
Área
Profissional
Educação,
Tecnologia e
Produção.
Ciências
Sociais
Aplicadas.
Engenharia
/Tecnologia
Informática,
Lazer e
Desenvolviment
o Social.
Trabalho
Ciências
Sociais
Aplicadas
Agropecuária
Lazer e Des.
Social, Saúde
Fonte: Coordenação de Extensão
CURSOS DE EXTENSÃO
Curso
1.
Produção de Humos
Paulo Vitório Biulchi
Participa
ntes
22
2.
Produção de Defensivos Naturais
Paulo Vitório Biulchi
28
08h
Ciências Agrárias
3.
Produção de Compostos Orgânicos
Paulo Vitório Biulchi
18
08h
Ciências Agrárias
4.
4H
Ciências Agrárias
17
8h
Ciências Agrárias
6.
Elaboração de Doces Cristalizados
Carlos Antônio Alvarenga
Gonçalves
Carlos Antônio Alvarenga
Gonçalves
Carlos Antônio A.Gonçalves
40
5.
Tecnologia de Fabricação de
Hamburguer
Produção Artesanal de Geléias
18
8h
Ciências Agrárias
7.
Tecnologia de Fabricação de
Hamburguer e Defumados
Tecnologia de Fabricação de
Derivados do Leite
Tecnologia de Fabricação de
Derivados do Leite
Carlos Antônio Alvarenga
Gonçalves
Marlene Jerônimo
88
24h
Ciências Agrárias
88
24h
Ciências Agrárias
Marlene Jerônimo
16
12h
Ciências Agrárias
8.
9.
Nome do(a) instrutor(a)
Carga
horária
08h
Área de
conhecimento/CNPQ
Ciências Agrárias
Centro Federal de Educação Tecnológica de Uberaba
Relatório de Gestão - 2007
Área temática
INEP
Tecnologia e
Produção
Tecnologia e
Produção
Tecnologia e
Produção
Tecnologia e
Produção
Tecnologia e
Produção
Tecnologia e
Produção
Tecnologia e
Produção
Tecnologia e
Produção
Tecnologia e
Produção
Área Profissional
SETEC/CEFET
Agropecuária
Agropecuária
Agropecuária
Agropecuária
Agropecuária
Agropecuária
Agropecuária
Agropecuária
Agropecuária
22
Curso
Nome do(a) instrutor(a)
Participa
ntes
20
Carga
horária
8h
Área de
conhecimento/CNPQ
Ciências Exatas e da
Terra
Engenharia
/Tecnologia
Engenharia
/Tecnologia
Ciências Sociais
Aplicadas
Área temática
INEP
Tecnologia e
Produção
Tecnologia e
Produção
Tecnologia e
Produção
Educação
Área Profissional
SETEC/CEFET
Agropecuária
21
80h
21
80h
31
64h
17
80h
Engenharia
/Tecnologia
Ciências Sociais
Aplicadas
Tecnologia e
Produção
Direitos
Humanos
Informática
Mariângela Terra Branco
Camargos / Parceria com
Agronelli
Mariângela Terra Branco
Camargos / Parceria com
Agronelli
Heraldo Marcus Rosi Cruvinel
13
40h
13
40h
Ciências Sociais
Aplicadas
Direitos
Humanos
16
40h
Ciências Agrárias
Heraldo Marcus Rosi Cruvinel
16
40h
Ciências Agrárias
Othon Carlos da Cruz
11
4h
Tecnologia e
Produção
Tecnologia e
Produção
Tecnologia e
Produção
Tecnologia e
Produção
Tecnologia e
Produção
Tecnologia e
Produção
Tecnologia e
Produção
Tecnologia e
Produção
Comunicação e
cultura
10. O uso de GPS na Zootecnia
Antônio Carlos Barreto
11. Curso de Açougueiro (07 a 11/05/07)
Carlos Antônio Alvarenga
Gonçalves
Carlos Antônio Alvarenga
Gonçalves
- Cladecir A. Schenkel;
Silvana E. P. Silva; Márcia
Jerônimo; Fernanda Roquetti;
Mariângela T. B. Camargos;
Fabiano S. Pereira
Adolfo Modesto Gil
12. Curso de Açougueiro (28/11 a
14/12/07)
13. Capacitação de Gestores do 3º setor –
ênfase em Captação de recursos
14. Informática Básica para Servidores
Terceirizados
15. Capacitação para Conselheiros –
Conselho do Idoso
16. Capacitação para Conselheiros –
Conselho da Criança e do Adolescente
17. Inseminação Artificial de fêmeas
bovinas
18. Inseminação Artificial de fêmeas
bovinas
19. Noções de Estatística Experimental
20. Construção, manutenção e utilização
de cerca elétrica
21. 5S – Descarte, Limpeza, Organização,
Higiene e Ordem Mantida.
22. Escrituração Zootécnica
-Pedro Humberto Lacerda;
Antônio Carlos Coutinho
Mozart Alexandre R. Teixeira
13
16h
70
4h
Ciências Exatas e da
Terra
Ciências Exatas e da
Terra
Ciências Agrárias
Mozart Alexandre R. Teixeira
70
4h
Ciências Agrárias
23. Avaliação Morfológica de Eqüinos
Diogo Gonzaga Jayme
28
8h
Ciências Agrárias
24. Curso Básico de Excell – (para
discentes de Bach. em Zootecnia)
25. Workshop de cinema
Adolfo Modesto Gil
21
6h
Aldo Luís Pedrosa da Silva
48
4h
Engenharia
/Tecnologia
Lingüística, letras e
artes
Centro Federal de Educação Tecnológica de Uberaba
Relatório de Gestão - 2007
Agropecuária
Agropecuária
Lazer e
Desenvolvimento
Social
Lazer e
Desenvolvimento
Social
Lazer e
Desenvolvimento
Social
Agropecuária
Agropecuária
Agropecuária
Agropecuária
Agropecuária
Agropecuária
Agropecuária
Informática
Educação básica
23
Curso
Participa
ntes
10
12
Carga
horária
9h
04
Carla Alessandra de Oliveira
Nascimento
Néria Maria de Assis S.
Teodoro
Maria Amélia da Silva
Campos Souza
Beatriz Gaydeczca
20
4h
30
4h
06
4h
23
4h
Célio dos Reis Costa
18
4h
33. Aproveitamento Integral dos alimentos
Dione Chaves de Macedo
17
12h
34. Tecnologia de Fabricação de doce de
leite e pingo
35. Ultrassonografia na reprodução de
fêmeas bovinas (07 e 08 /08/07)
36. Ultrassonografia na reprodução de
fêmeas bovinas ( 28 e 29/11/07)
37. “Curso de Operação e Manutenção de
tratores agrícolas”
38. “Curso de Operação e Manutenção de
tratores agrícolas”
39. “Curso de Operação e Manutenção de
tratores agrícolas”
40. “Curso de Operação e Manutenção de
tratores agrícolas”
41. “Curso de Operação e Manutenção de
tratores agrícolas”
42. “Curso de Operação e Manutenção de
tratores agrícolas”
43. “Curso de Operação e Manutenção de
tratores agrícolas”
44. “Curso de Operação e Manutenção de
tratores agrícolas”
Marlene Jerônimo
17
8h
Ciências Agrárias
Heraldo Marcus Rosi
Cruvinel; Ricardo Reuter Ruas
Heraldo Marcus Rosi
Cruvinel; Ricardo Reuter Ruas
Mauro Ferreira Machado
15
16
Ciências Agrárias
04
16
Ciências Agrárias
12alunos
40h
Tecnologia e Produção
Mauro Ferreira Machado
12alunos
40h
Tecnologia e Produção
Mauro Ferreira Machado
12alunos
40h
Tecnologia e Produção
Mauro Ferreira Machado
12alunos
40h
Tecnologia e Produção
Mauro Ferreira Machado
12alunos
40h
Tecnologia e Produção
Mauro Ferreira Machado
12alunos
40h
Tecnologia e Produção
Mauro Ferreira Machado
12alunos
40h
Tecnologia e Produção
Mauro Ferreira Machado
12alunos
40h
Tecnologia e Produção
26. Noções de matemát.com.e financeira
27. Construção de tabelas e gráficos no
Excell
28. Español a través de textos
29. Relatório técnico
30. Relatório técnico
31. Redação: Estratégias de produção de
relatório técnico
32. MS Project
Nome do(a) instrutor(a)
Waldemar Pamplona da Silva
Vera Lúcia Pegorer de Oliveira
Área de
conhecimento/CNPQ
Ciências exatas
Ciências exatas e da
terra
Lingüística, letras e
artes
Lingüística, letras e
artes
Lingüística, letras e
artes
Lingüística, letras e
artes
Engenharia
/Tecnologia
Ciências da Saúde e
Ciências Agrárias
Centro Federal de Educação Tecnológica de Uberaba
Relatório de Gestão - 2007
Área temática
INEP
Educação
Tecnologia e
produção
Comunicação e
cultura
Trabalho
Área Profissional
SETEC/CEFET
Educação básica
informática
Educação básica
Trabalho
Educação básica
Comunicação
Educação básica
Tecnologia e
Produção
Saúde e
tecnologia e
Produção
Tecnologia e
Produção
Tecnologia e
Produção
Tecnologia e
Produção
Ciências
Agrárias
Ciências
Agrárias
Ciências
Agrárias
Ciências
Agrárias
Ciências
Agrárias
Ciências
Agrárias
Ciências
Agrárias
Ciências
Agrárias
Informática
Educação básica
Agropecuária e Saúde
Agropecuária
Agropecuária
Agropecuária
Agropecuária
Agropecuária
Agropecuária
Agropecuária
Agropecuária
Agropecuária
Agropecuária
Agropecuária
24
Curso
de
Mauro Ferreira Machado
Participa
ntes
12alunos
de
Mauro Ferreira Machado
12alunos
40h
Tecnologia e Produção
de
Mauro Ferreira Machado
12alunos
40h
Tecnologia e Produção
de
Mauro Ferreira Machado
12alunos
40h
Tecnologia e Produção
de
Mauro Ferreira Machado
12alunos
40h
Tecnologia e Produção
Marcus Rodrigues
Teixeira(CAT)
Márcio João Scaléa
José Mauro Valente Paes
José Antônio Bessa (Cefet)
Joaquim Jeremias Borges
74
18h
Ciências Agrárias
Tecnologia e
Produção
Agropecuária
17
16h
Ciências Agrárias
Trabalho
Agropecuária
52. Operação e Manutenção de tratores
Parceria: CEFET; FETI; PMU
Data: 29 e 30 de maio de 2007
Joaquim Jeremias Borges
20
16h
Ciências Agrárias
Trabalho
Agropecuária
53. Operação e Manutenção de tratores
Parceria: CEFET; FETI; PMU
Data: 19 e 20 de junho de 2007
Joaquim Jeremias Borges
17
16h
Ciências Agrárias
Trabalho
Agropecuária
54. Operação e Manutenção de tratores
Parceria: CEFET; FETI; PMU
Data: 10, 11 e 12 de julho de 2007
Carlos César de Lima
16
24h
Ciências Agrárias
Trabalho
Agropecuária
55. Operação e Manutenção de tratores
Parceria: CEFET; FETI; PMU
Data: 17 e 28 de julho de 2007
Joaquim Jeremias Borges
20
16h
Ciências Agrárias
Trabalho
Agropecuária
56. Operação e Manutenção de tratores
Parc: CEFET; FETI; PMU-28 e 29.08.07
Joaquim Jeremias Borges
15
16h
Ciências Agrárias
Trabalho
Agropecuária
45. “Curso de Operação e Manutenção
tratores agrícolas”
46. “Curso de Operação e Manutenção
tratores agrícolas”
47. “Curso de Operação e Manutenção
tratores agrícolas”
48. “Curso de Operação e Manutenção
tratores agrícolas”
49. “Curso de Operação e Manutenção
tratores agrícolas”
Nome do(a) instrutor(a)
50. Integração lavoura e pecuária
Parceria: FETI, CEFET, PMU
51. Operação e Manutenção de tratores
Parceria: CEFET; FETI; PMU
Data: 23 e 24 de abril de 2007
Carga
horária
40h
Área de
conhecimento/CNPQ
Tecnologia e Produção
Centro Federal de Educação Tecnológica de Uberaba
Relatório de Gestão - 2007
Área temática
INEP
Ciências
Agrárias
Ciências
Agrárias
Ciências
Agrárias
Ciências
Agrárias
Ciências
Agrárias
Área Profissional
SETEC/CEFET
Agropecuária
Agropecuária
Agropecuária
Agropecuária
Agropecuária
25
Curso
57. Curso Básico de Patchwork
Nome do(a) instrutor(a)
Maria das Graças Assunção do
Carmo
Participa
ntes
04
Carga
horária
30h
Área de
conhecimento/CNPQ
Ciências Sociais
Aplicadas
Área temática
INEP
Tecnologia e
Produção
Área Profissional
SETEC/CEFET
Lazer e
desenvolvimento
Social
Fonte: Coordenação de Extensão
EVENTOS (SEMINÁRIOS, PALESTRAS, SEMANAS E OUTROS)
Tipo de
evento
Seminários
Título / Tema
Nome do(a) Palestrante
Ou organizadores do evento
Partici
pantes
Período/
Data
“II Seminário de Extensão do
CEFET Uberaba-MG”
Org.:
Carla Alessandra de O. do Carmo;
Denise Figueiredo Biulchi; Julia Márcia
B. Mendonça; Estelamar M. B.
Teixeira; Maria das Graças A. do
Carmo; Márcio Bonesso; Márcia
Antunes; Matilde das Graças S.
Schenkel; Valnete Dulce de Melo;
Paulo Vitório Biulchi;
120
04/05/07
8h
Ciências
Sociais
Aplicadas
Educação
“Raça Girolando”
Diogo Gonzaga Jaime
Mozat A. R. Teixeira
Heraldo M. R. Cruvinel
80
28/11/07
4h
Ciências
Agrárias
Tecnologia e
produção
Agropecuári
a
“Qualidade do Leite”
Diogo Gonzaga Jaime
Mozat A. R. Teixeira
Heraldo M. R. Cruvinel
150
31/10/07
4h
Ciências
Agrárias
Tecnologia e
produção
Agropecuári
a
“Melhoramento genético em
gado de letite”
Diogo Gonzaga Jaime
Mozat A. R. Teixeira
Heraldo M. R. Cruvinel
80
06/12/07
4h
Ciências
Agrárias
Tecnologia e
produção
Agropecuári
a
Centro Federal de Educação Tecnológica de Uberaba
Relatório de Gestão - 2007
Carga
Área de
horária Conhecimento
Área
temática
Área
Profissiona
l
Envolve
todas as
áreas
26
Participação no “IV Seminário
para Interação em Gestão
Ambiental”
Cladecir Alberto Schenkel;
Acadêmica Samantha
!5 Discentes participaram do evento,
com apresentação de trabalhos
Valnete Dulce de Melo; 05 tec.
Administrativos e 22 alunos do 6º
período do CSTDS
Indefi
nido
24 a
26/08/07
18h
Ciências
Sociais
Aplicadas
Meio
Ambiente
Meio
Ambiente
150
25 e 26 de
Setembro
8h
Ciências da
Saúde
Direitos
humanos e
Saúde
Saúde e
Lazer e des.
social
Mesa Redonda: Dia Mundial da
água, abordando a Lei Federal de
nº 9.433
Márcio Augusto de Sousa Nogueira
30
22/03/2007
4h
Ciências
Sociais
Aplicadas
Meio
Ambiente
Meio
Ambiente
“II Jornada Ambiental FEIT/UEMG - Ituiutaba
Cladecir Alberto Schenkel; Amilton
Diniz e Sousa; Samantha, Eliane e Luiz
Márcio participaram do evento, com
apresentação de trabalhos
Indefi
nido
04/10/07
3h
Ciências
Sociais
Aplicadas
Meio
Ambiente
Meio
Ambiente
Encontro com Dirigentes das
Escolas Estaduais de Uberaba
Humberto Ferreira Silva Minéu
19
25/05/2007
4h
Educação
Ciências
Sociais
Aplicadas
Lazer e
desenvolvi
mento
social
“Encontro de Pais e Mestres”
(Três encontros)
Sílvia Marina Pereira
e colaboradores ( 10 docentes; 20
discentes; 05 Tec. Adm. e 05 externo)
339
Trimestral
12h
Ciências
Sociais
Aplicadas
Educação e
Cultura
Educação
Básica e
Lazer e des.
social
Ciclo de debates sobre ética:
Heraldo Marcus Rosi Cruvinel Márcio
Bonesso
Wagner Jacinto de Oliveira
1 Téc. Administrativo
06 Palestrantes
240
12h
Educação
Ciências
Sociais
Aplicadas
Lazer e
desenvolvi
mento
social
II Seminário do Idoso: Desafios
do Envelhecimento
Ciclos e
jornadas
•
•
•
A ética do Servidor
público
A ética na pesquisa
Ética como componente
curricular
Fevereiro
Maio
Agosto
Centro Federal de Educação Tecnológica de Uberaba
Relatório de Gestão - 2007
27
Semana Nacional de Ciência e
Tecnologia - “Terra”
-Palestras
- Mini-cursos
- Mesa-Redonda
- Feira de profissões
- Feira de novos produtos
- Apresentação de trabalhos
científicos
Exposição
“IV Semana de Meio Ambiente
do CEFET Uberaba”
- Palestras
- Mostra de trabalhos
- Mesa redonda
- Trabalho de educação
Ambiental para ensino
Fundamental
Primera Muestra de Trabajos em
Lengua Española del CEFET
Uberaba
II feira de Profissões do Cefet
Uberaba
Participação no Workshop das
Profissões de Uberaba - Clube
Sírio Libanês
Participação com Stand
Institucional no “Encontro de
Educadores de Uberaba”
Participação com Stand
Institucional no “Porteira
Adentro - FAZU”
DDE e Comissões organizadoras
- Amilton Diniz e Souza
- Antonio Carlos Barreto
- Aldo Luiz Pedrosa da Silva
- Cladecir Alberto Schenkel
- Denise Figueiredo Biulchi
- Luiz Alberto Rezende
- Onildo
+/- 600
300
01 a
05/10/2007
40h
-----------
------------
-------------
31/05 a
06/06/07
40h
Meio
Ambiente
Engenharia
/tecnologia
Meio
Ambiente
Carla Alessandra de Oliveira
Nascimento
22 discentes do CSTDS
08 Externos
DDE e Coordenadores de cursos do
Cefet
250
07 a 09 de
maio
12h
Lingüística,
letras e artes
Comunicaçã
o
500
05/10/2007
12h
Todas
Todas
Lazer e
desenvolvi
mento
social
Todas
Roberto Gil
600
24 e 25 de
outubro de
2007
01 a 05 de
agosto
16h
Todas
Todas
Todas
40h
Todas
Todas
Todas
01 e 02 de
Junho
16h
Todas
Todas
Todas
* Prefeitura Municipal de Uberaba e
Superintendência Estadual de Ensino
* Roberto Gil; Dione Chaves de
Macedo e colaboradores (15 docentes ,
05 Tec. Adm. e 30 Discentes do
CEFET)
* Faculdades integradas de Uberaba FAZU
* Roberto Gil; Dione Chaves de
Macedo e colaboradores (CEFET)
10 000
13 000
Centro Federal de Educação Tecnológica de Uberaba
Relatório de Gestão - 2007
28
Evento
Esportivo
IV Jogos internos de quadra do
CEFET - Uberaba
Marco Aurélio Rodrigues Menhô
250
outubro
indefini
da
Ciências
Sociais
Aplicadas
Saúde
Lazer e
desenvolvi
mento
social
Fonte: Coordenação de Extensão
PRESTAÇÃO DE SERVIÇO INSTITUCIONAL
Atividades/Projetos
Palestra: “Manejo da Irrigação no
Feijoeiro”
Nome do(a) instrutor(a)
Ou organizadores do evento
Márcio José de Santana
Palestra: Aula Inaugural do Curso
para Formação de trabalhadores em
Agropecuária – Projeto Escola de
Fábrica de Uberaba/MG.
Heraldo Marcus Rosi Cruvinel
Palestra: “Boas Práticas de
Fabricação – BPFs
Marlene Jerônimo
Palestra: Apresentação da Proposta
de Planejamento Ambiental do
CEFET Uberaba
Cladecir Alberto Schenkel
Palestra: Cursos Superiores de
Tecnologia: Concepções.
Othon Carlos da Cruz
Número de
participantes
Período
Carga
horária
180 (Agricultores e
discentes do curso de
Agronomia de Patos
de Minas/MG)
25
31/10/07
20 ( servidores do
Hospital e
Maternidade São
Domingos de
Uberaba/MG)
40 (Discentes do
Curso Superior de
Tecnologia em
Gestão Ambiental –
Uberaba/MG)
Indefinido
(Workshop de
profissões
promovido pelo
SINE de
Uberaba/MG)
Área do
Conhecimento
Área Temática
2h
Ciências
Agrárias
Tecnologia e
Produção
Agropecuária
26/11/07
03h
Tecnologia e
produção
Ciências
Agrárias
Agropecuária
23/10/07
2h
Ciências da
Saúde
Saúde
Saúde
23/02/07
02h
Ciências
Ambientais
Meio
Ambiente
Meio Ambiente
26/10/07
02h
Engenharia e
Tecnologia
Tecnologia e
Produção
Agropecuária
Centro Federal de Educação Tecnológica de Uberaba
Relatório de Gestão - 2007
Área
Profissional
29
Atividades/Projetos
Nome do(a) instrutor(a)
Ou organizadores do evento
Palestra: “A agroindústria sucroalcooleira e os impactos sócioambientais”
José Luiz Rodrigues Torres
Avaliador de Trabalhos no XI
Projeto “Porteira a Dentro – FAZU”
– Uberaba/MG
Othon Carlos da Cruz
Orientações sobre Educação
Nutricional: programa 5 ao dia no
refeitório do CEFET /Unidade I
- Dione Chaves de Macedo
- Lívia Aparecida Pereira Lima
- 12 alunos do curso Técnico em
Nutrição e Dietética.
Antropometria e orientações sobre
alimentação saudável.
Na feira de profissões do Cefet
Dione Chaves de Macedo
Danielle Freire Paoloni
45 discentes do curso de nutrição
e dietética.
Antropometria e orientações sobre
alimentação saudável.
Dione Chaves de Macedo
Danielle Freire Paoloni
45 discentes do curso de nutrição
e dietética.
“Orientações sobre o Carneiro
hidráulico”
Por: Antonio Carlos Barreto
“Levantamento sócio-econômico
nas Chácaras Mariitas” – em
parceria com o SEPPAI
Matilde das graças soares
Schenkel
- Alunos do CSTDS; CSTGA e
Pós-Médio em agricultura e
Zootecnia.
Levantamento topográfico da área
de fruticultura da Escola
Agrotécnica Federal de Uberlândia
Antônio Carlos Barreto
Número de
participantes
Período
Carga
horária
Área do
Conhecimento
Área Temática
80 (Discentes de
Cursos superiores do
CEFET
Uberaba/MG)
Indefinido (Porteira
a dentro – FAZU)
Outubro/200
7
2h
01 e
02/06/07
- Executores (24)
- Beneficiados
(280 comensais que
utilizam o refeitório
do CEFET Uberaba)
- Executores (47)
- Beneficiados (900;
discentes do CEFET
Uberaba e
comunidade
visitante)
- Executores (25)
- Beneficiados (800
pessoas que
visitaram o evento da
FAZU)
11 informativos
enviados pelo
correio à
comunidade em
geral
-13 executores
- 80 beneficiados
(agricultores
familiares de uma
comunidade do
município
-2 professores
- 2 alunos
Setembro a
dezembro de
2006
Ciências
Agrárias
Meio ambiente
Meio Ambiente
-----------
Engenharia e
Tecnologia
Tecnologia e
Produção
Agropecuária
20h
- Ciências da
Saúde
- Saúde
- Educação
- Saúde
8h
- Ciências da
Saúde
- Saúde
- Educação
- Saúde
18h
- Ciências da
Saúde
- Saúde
- Educação
- Saúde
- Ciências
Agrárias
- Tecnologia e
Produção
- Agropecuária
- Ciências
Sociais
Aplicadas
Educação
Lazer e
Social
Ciências
exatas e da
terra
Tecnologia e
Produção
Agropecuária
No ‘Porteira
adentro –
FAZU’
anual
------
Março e
maio de
2007
17/03/07
Centro Federal de Educação Tecnológica de Uberaba
Relatório de Gestão - 2007
20h
8h
Área
Profissional
ês.
30
Atividades/Projetos
Nome do(a) instrutor(a)
Ou organizadores do evento
Número de
participantes
Período
Carga
horária
Levantamento topográfico da área
verde no entorno da hidrelétrica de
três Marias/CEMIG
Assessoria na área de Gestão no
Instituto Cultural e Familiar Vovó
Regina – ICFAVOR
Antônio Carlos Barreto
02 pessoas
22 e
23/10/07
12h
Cladecir Alberto Schenkel
Matilde das graças Soares
Schenkel
Abril a
agosto de
20007
20h
Entrevista à TV Regional sobre
Prolongamento do Período de seca.
Heraldo Marcus Rosi Cruvinel
50 pessoas (Instituto
Cultural e Familiar
Vovó Regina–
ICFAVOR)
Indefinido
(telespectadores da
TV regional)
Estudo sobre modificação de
convênio para Curso de
Inseminação Artificial com a
participação do SENAR
Atendimento a Público externo
Heraldo Marcus Rosi Cruvinel
Heraldo Marcus Rosi Cruvinel
Apresentação de artigo em
Congresso: V CEEL – Conferência
em Estudos de Engenharia Elétrica.
Apresentação de trabalho no
Congresso Brasileiro de Engenharia
Agrícola
Paula Teixeira Nakamoto
Com o artigo: Roteamento em
redes Tolerantes ao Atraso.
Othon Carlos da Cruz
Com a trabalho: “Perda de Carga
em reduções Concêntricas para
diferentes vazões”
Rodrigo Afonso Leitão com o
trabalho: “ Efeito da
suplementação de carboidratos
em ovos leves sobre
eclodibilidade, mortalidade
embrionária e peso de pintos de
corte ao nascer”
Rodrigo Afonso Leitão com o
trabalho: “ Efeito da
suplementação de carboidratos
em ovos leves sobre
eclodibilidade, mortalidade
embrionária e peso de pintos de
corte ao nascer” com menção
honrosa.
Publicação de resumo expandido na
“Conferência Apinco de Ciência e
tecnologia Avícolas 2007”
Apresentação oral de trabalho na
“Conferência Apinco de Ciência e
tecnologia Avícolas 2007”
Área do
Conhecimento
Área Temática
Área
Profissional
Ciências
exatas e da
terra
- Ciências
Sociais
Aplicadas
Tecnologia e
Produção
Agropecuária
- Trabalho
Lazer e
Social
ês.
27/03/07
01h
Tecnologia e
Produção
Ciências
Agrárias
Agropecuária
18/10/07
02h
Tecnologia e
Produção
Ciências
Agrárias
Agropecuária
Um aluno egresso
18/10/07
02h
28/10/07
4h
Ciências
Agrárias
Comunicação
Agropecuária
400
Tecnologia e
Produção
Ciências
Exatas e da
Terra
Engenharia e
Tecnologia
Tecnologia e
Produção
Agropecuária
CONBEA 2007
30/07 a
03/08/07
-----------
Informática
1200
Maio e
junho
-----------
Ciências
Agrárias
Tecnologia e
Produção
Agropecuária
1200
Maio e
junho
24h
Ciências
Agrárias
Tecnologia e
Produção
Agropecuária
Centro Federal de Educação Tecnológica de Uberaba
Relatório de Gestão - 2007
31
Atividades/Projetos
Módulo de “Mobilização Social e
Liderança” para o Curso de Agente
Comunitário de Saúde
Publicação de artigos no XXXI
Congresso Brasileiro de Ciência do
Solo; conquistas e desafios da
ciência do solo brasileiro.
Nome do(a) instrutor(a)
Ou organizadores do evento
Número de
participantes
Maria das Graças Assunção do
Carmo
205 Agentes
Comunitários de
Saúde de Uberaba e
região (divididos em
05 turmas)
1 – “Distribuição de carbono orgânico e substâncias
húmicas em sistemas de plantio direto no cerrado,
Uberaba/MG” BEUTLER,S.J.; SCHULTZ, N.;
PEREIRA, M.G.; TORRES,J.L.R.; FABIAN. A.J.
Período
Carga
horária
Área do
Conhecimento
Área Temática
Área
Profissional
Julho a
outubro de
2007
30h por
turma
Ciências
Humanas
Comunicação
Lazer e
desenvolvimento
Social
05 a
10/08/2007
40h
Ciências
Agrárias
Educação
Agropecuária
2007
-----
Ciências
Agrárias
Educação
Agropecuária
2 –“Influência de sistemas de manejo sobre atributos
físicos de um latossolo vermelho em Uberaba/MG”
FABIAN. A.J.; CORA,J.E. TORRES, J.L.R.; PAULA, J
3 – “Capacidade de uso das terras da microbacia do
Córrego Lanhoso, Uberaba/MG” TORRES, J.L.R.;
BARRETO, A.C.; FABIAN. A.J.; PAULA, J.
4 – “Efeito da temperatura do ar e precipitação
pluviométrica na decomposição de plantas de cobertura
do cerrado.” TORRES, J.L.R.; PEREIRA, M.G.;
FABIAN. A.J.; PAULA, J.
Publicações de artigos em revistas
nacionais
1 - “Levantamento da Microbacia do Córrego Lanhos:
recomendações de uso de solo” JUNIOR,E.; SILVA,t.r.;
BIZINOTO, J.; MALUF, C.; PAULA, J. C.; TORRES,
J.L.R.; BARRETO, A.C.
2 – “Influência da profundidade de e da compressão do
solo sobre a semente do milho” TORRES, J.L.R.;
NETTO, A.A.
3 – “Análise Morfométrica e diagnóstico ambiental da
microbacia do Córrego Limo em Uberaba-MG”
CUNHA,M.R.; MARTINS,M.S.M.; SOUSA,J.S.;
TORRES,J.L.R.; FABIAN. A.J.
4 – “Diagnóstico sócio-econôminco, ambiental e
avaliação das características morfométricas do Córrego
Alegria de Uberaba/MG” TORRES,J.L.R.; SILVA,T.R.;
Centro Federal de Educação Tecnológica de Uberaba
Relatório de Gestão - 2007
32
Publicação de artigo no SIGA –
seminário para integração em
Gestão Ambiental
Participação em bancas de
dissertação de mestrado: “Aspectos
físico–químicos e microbiológicos
do rio Uberabinha – um diagnóstico
da qualidade da água no município
de Uberlândia”
Participação em bancas de
dissertação de mestrado:
“Etnopedologia aplicada a
agricultura Guarani MBya –
contribuição a gestão agroambiental
da terra indígena Boa Vista,
Ubatuba-SP”
Fonte: Coordenação de Extensão
OLIVEIRA, F.G.; ARAÚJO, G.S.; FABIAN. A.J.
5 – “Capacidade de uso das terras como subsídio para o
planejamento da microbacia do Corrego Lanhoso”
TORRES,J.L.R.; BARRETO, A.C.;
FABIAN. A.J.; PAULA, J.
6 – “Profundidade da Semeadura e Compressão do solo
sobre a semente: influência do Desenvolvimento Inicial
do Milho” TORRES, J.L.R.: POCAY, V.G.;NETO,
A.A.; AGOSTINI, L.;COAN, O.
“Diagnóstico ambiental da microbacia hidrográfica do
córrego da Mata em Uberaba/MG” RODRIGUES, D.R.;
DAMACENO, R.C.; NASCIMENTO, T.S.; FABIAN,
A.J.; TORRES,J.L.R
José Luiz Rodrigues Torres
José Luiz Rodrigues Torres
21 a
25/08/07
18h
Ciências
Agrárias
Meio ambiente
Agropecuária
23/03/07
4h
Ciências
Agrárias
Meio ambiente
Agropecuária
27/02/07
4h
Ciências
Agrárias
Meio ambiente
Agropecuária
Centro Federal de Educação Tecnológica de Uberaba
Relatório de Gestão - 2007
33
3. ESTRATÉGIA DE ATUAÇÃO
Os objetivos e metas estabelecidos no Plano de Desenvolvimento Institucional (PDI),
para o ano de 2007, no que se refere à Gestão Institucional, à Organização Acadêmica e aos
Aspectos Financeiros e Orçamentários, atingiram o percentual de 75% do previsto. Dentre as
metas que não puderam ser cumpridas podemos citar: elaborar e implantar o Regimento Interno,
nos termos do Estatuto aprovado; elaborar e implantar o Plano de Marketing; aperfeiçoar o
sistema de registro funcional; capacitar anualmente no mínimo 10% dos servidores nas novas
tecnologias da informação; reduzir em 30% os índices de evasão e repetência, tendo como base o
ano de 2004; elaborar cronograma de participação dos docentes em atividades profissionais nas
empresas; ofertar curso de pós-graduação; ofertar curso na modalidade de EAD; definir
indicadores e procedimentos de avaliação dos projetos de pesquisa, dentre outras. Contudo,
algumas, dentre outras, foram parcialmente desenvolvidas e se encontram na fase de
regulamentação como a oferta de curso de pós-graduação e curso na modalidade de EAD. Outras
foram executadas, embora, não tenham atendido plenamente as demandas da Instituição, como:
proporcionar aos servidores a participação em atividades de capacitação, tais como seminários,
congressos, cursos, reuniões técnicas e outros.
Alguns projetos constantes do Plano de Expansão da Infra-estrutura Física não foram
executados, tais como: a construção de três Laboratórios, da Lanchonete, do Arquivo
morto/Protocolo e do Centro de Educação e Fomento para Agricultura familiar. Em relação à
construção de três laboratórios, foram realizadas adaptações em três ambientes já existentes,
assegurando dessa forma o desempenho das atividades pedagógicas. O laboratório de
Informática foi adaptado em uma sala de aula; o laboratório de Geoprocessamento em uma
residência funcional desocupada; e o laboratório de Microbiologia adaptado no laboratório de
solos, que foi transferido para o antigo espaço do Geoprocessamento. Essas medidas vieram
atender, ainda, que provisoriamente, as necessidades desta Instituição. Em relação ao Centro de
Educação foi elaborado o projeto arquitetônico completo, porém esta obra demanda um
orçamento bastante elevado, incompatível com o recebido em 2007. Também foram
providenciados, os projetos arquitetônicos da lanchonete e do arquivo morto/protocolo, que
aguardam recursos para execução.
As dificuldades encontradas pelo CEFET-Uberaba para atingir seus objetivos, metas e
execução do plano de expansão concentram-se, principalmente, na limitação orçamentáriofinanceira e deficiência de pessoal.
No presente exercício, contamos com um orçamento para o custeio investimentos aquém
das necessidades desta Instituição, o que veio dificultar sobremaneira a gestão. Visando atender
as reais necessidades deste CEFET-Uberaba e preocupados com o gasto público, foram definidas
algumas medidas, como a seguir:
I. dar continuidade às ações de redução de despesas, implantadas em 2004. O que ocorreu
com sucesso em vários itens de despesa.
II. aumentar a receita própria com o objetivo de complementar os recursos oriundos do
Tesouro Nacional e, assim, contribuir para a manutenção e funcionamento desta
Instituição. A arrecadação apresentou um acréscimo de 5% em relação ao ano de 2006.
III. captar recursos através de convênios, com intuito de subsidiar as ações de expansão e
melhoria da educação tecnológica e, dessa forma, atender as necessidades de
manutenção, como também permitir a realização de investimentos imprescindíveis ao
crescimento da Instituição. Através da SETEC/MEC foi descentralizado orçamento para
atender cerca de 30% da despesa de custeio e investimento, desconsiderando os recursos
para implantação das UNEDs.
Nessa perspectiva, as medidas implementadas, com vistas ao saneamento da insuficiência
de recursos financeiros, vieram atender as demandas imprescindíveis, embora não na dimensão
necessária e requerida.
Centro Federal de Educação Tecnológica de Uberaba
Relatório de Gestão - 2007
34
Outro fator que impactou sobremaneira no cumprimento das propostas de gestão é a
deficiência de pessoal. O quadro de pessoal encontra-se insuficiente e inadequado às
necessidades desta Instituição, o que vem prejudicando sistematicamente a administração. Em
2007 foram contratados somente três professores e nenhum técnico-administrativo. Esta
quantidade não é suficiente para a reposição de força de trabalho, já deficiente, muito menos,
para fazer frente às novas necessidades decorrentes do crescimento da demanda de serviços,
puxada pela expansão de oferta de cursos nesta Instituição, como também pela exigência de
informações de órgãos externos. Soma-se às questões expostas acima os valores atribuídos às
funções gratificadas (FG), os quais se encontram muito aquém da carga de trabalho e
responsabilidade que o desempenho dessas funções exige, gerando dificuldades para o seu
preenchimento, bem como causando desmotivação para seus titulares.
Face ao exposto, reforçamos que os recursos financeiros disponibilizados e o quadro de
pessoal deste CEFET-Uberaba são insuficientes para atender às demandas apresentadas pela
sociedade e garantir a manutenção e modernização desta Instituição, e assim, assegurar o
desempenho otimizado de sua atividade fim: o ensino, pesquisa e extensão.
Centro Federal de Educação Tecnológica de Uberaba
Relatório de Gestão - 2007
35
4. GESTÃO DE PROGRAMAS E AÇÕES
4.1. Programas
A proposta orçamentária do CEFET-Uberaba foi definida de acordo com os objetivos
institucionais e princípios estabelecidos na Lei de Diretrizes Orçamentárias para o exercício de
2007, contando com os seguintes Programas:
I.
II.
III.
IV.
Desenvolvimento da Educação Profissional e Tecnológica (1062);
Apoio Administrativo (0750);
Gestão da Política de Educação (1067);
Previdência de Inativos e Pensionistas da União (0089)
4.1.1. Desenvolvimento da educação profissional e tecnológica (1062)
Dados gerais
Tipo de Programa: Finalístico
Objetivo Geral: Ampliar a oferta da educação profissional nos cursos de níveis técnico e
tecnológico, com melhoria da qualidade.
Gerente do Programa: Eliezer Moreira Pacheco – Secretário de Educação Profissional e
Tecnológica/MEC.
Gerente Executivo: Getulio Marques Ferreira - Secretaria de Educação Profissional e
Tecnológica/MEC.
Indicadores de Programa: Número-índice de matrículas iniciais na Educação Profissional de
Nível Técnico e Número-índice de matrículas iniciais na Educação Profissional de Nível
Tecnológico.
Público-alvo: Jovens e adultos que buscam melhores oportunidades de formação profissional
técnica, e superior tecnológica, alunos de pós-graduação, professores e pesquisadores.
Ações
As ações do Programa Desenvolvimento da Educação Profissional e Tecnológica que
asseguram o desempenho das finalidades institucionais são:
a) Contribuição da União, de suas Autarquias e Fundações para o custeio do regime de
previdência dos servidores públicos federais (09HB);
b) Funcionamento da Educação Profissional (2992);
c) Assistência ao Educando da Educação Profissional (2994);
d) Acervo Bibliográfico para as Instituições da rede federal de Educação Profissional
(6301);
e) Modernização e Recuperação da Infra-estrutura Física de Instituições federais de
Educação Profissional (6374)
Centro Federal de Educação Tecnológica de Uberaba
Relatório de Gestão - 2007
36
Gestão das Ações
4.1.1.1. AÇÃO: Contribuição da União, de suas Autarquias e Fundações para o
custeio do regime de previdência dos servidores públicos federais (09HB)
Dados gerais
Tipo: Operações Especiais
Finalidade: Assegurar o pagamento da contribuição da União, de suas Autarquias e Fundações
para o custeio do regime de previdência dos servidores públicos federais na forma do art. 8º da
Lei nº. 10.887, de 18 de junho de 2004.
Descrição: Pagamento da contribuição da União, de suas Autarquias e Fundações para o custeio
do regime de previdência dos servidores públicos federais na forma do artigo 8º da Lei nº
10.887, de 18 de junho de 2004.
Unidade Responsável: Centro Federal de Educação Tecnológica de Uberaba – MG
Unidade Executora: Centro Federal de Educação Tecnológica de Uberaba – MG
Coordenador Nacional da Ação: Não se aplica
Resultados
PRODUTO
Fonte: SIGPLAN
META FÍSICA
Previsão
-
Execução
-
META FINANCEIRA
%
-
LOA+Créditos
1.657.737,
Execução
1.572.272,
%
94,84
Não há previsão de meta física para esta ação por se tratar de Operações Especiais. A
Contribuição de que trata esta ação atende às exigências legais e as ocorrências independem da
coordenação. Dessa forma, nem sempre é possível executar 100% da meta financeira.
4.1.1.2. AÇÃO: Funcionamento da Educação Profissional (2992)
Dados gerais
Tipo: Atividade
Finalidade: Garantir a manutenção e custeio das instituições da rede federal de educação
profissional, visando assegurar o desempenho da sua finalidade precípua, proporcionando
melhor aproveitamento do aluno e melhoria contínua de qualidade do ensino.
Descrição: Manutenção das instituições, por meio da sua gestão administrativa, financeira e
técnica, incluindo participação em órgãos colegiados que congreguem o conjunto dessas
instituições, assegurando condições de funcionamento, atingimento dos objetivos da atividadefim - processos de ensino x aprendizagem.
Unidade Responsável: Centro Federal de Educação Tecnológica de Uberaba – MG
Unidade Executora: Centro Federal de Educação Tecnológica de Uberaba – MG
Coordenador Nacional da Ação: Não se aplica
Coordenador: Deborah Freitas Assunção Chamahum
Resultados
PRODUTO
Aluno
Matriculado (unidade)
Fonte: SIGPLAN
META FÍSICA
Previsão
2.201
Execução
3.063
META FINANCEIRA
%
139,16
LOA+Créditos
10.009.764,
Centro Federal de Educação Tecnológica de Uberaba
Relatório de Gestão - 2007
Execução
10.002.878
%
99,93
37
A meta física da ação Funcionamento da Educação Profissional atingiu o percentual de
139,16% sobre o previsto, demonstrando que esta Instituição superou seus objetivos.
Embora, a meta física tenha sido superada, cabe ressaltar que, em relação à meta
financeira, 82,23% do orçamento desta ação é destinado ao pagamento de pessoal, ficando
apenas 17,77% para o atendimento das despesas de custeio e manutenção, o que leva esta
Instituição a enfrentar dificuldades no cumprimento de suas obrigações, necessitando inclusive,
buscar convênios junto à Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica, na tentativa de
sanar a discrepância entre o necessário e o disponível.
O CEFET-Uberaba possui uma área construída de 20.713,70 m², distribuídas entre as
Unidades I e II, funcionando nos três turnos, composta por 36 laboratórios diversificados, além
de vários outros prédios destinados às atividades acadêmicas e administrativas. Foram ofertados
dezesseis cursos distribuídos em sete áreas do conhecimento: Ambiente, Saúde e Segurança;
Controle e Processos Industriais; Informação e Comunicação; Hospitalidade e Lazer; Produção
Alimentícia; Produção Industrial e Recursos Naturais. O quadro de pessoal efetivo é composto
por 191 servidores, sendo 92 docentes e 99 técnicos administrativos. Face ao exposto, observa-se
que a demanda por locação de mão-de-obra (terceirização) e manutenção e conservação de bens
móveis e imóveis, seguida da aquisição de material de consumo são justificadas motivadas pelo
tamanho de sua infra-estrutura e, ainda, pela necessidade de pessoal.
No quadro a seguir encontram-se discriminadas as despesas de custeio e manutenção
realizadas nesta ação.
DESPESAS
Diárias – Pessoal Civil
Material de Consumo
Passagens e Despesas com Locomoção
Outros Serviços de Serceiros – Pessoa Física
Locação de Mão-de-obra
Outros Serviços de Terceiros – Pessoa Jurídica
Outros
TOTAL DESPESA DE CUSTEIO
VALOR TOTAL
%
42.212,62
292.077,56
19.039,43
149.346,79
613.649,17
635.915,51
24.934,87
1.777.175,95
2,38
16,43
1,07
8,40
34,53
35,78
1,40
-
Fonte: Coordenação de Contabilidade e Finanças
Nessa perspectiva, reforçamos que os recursos disponibilizados são insuficientes para
atender às novas demandas apresentadas pela sociedade, no sentido de abertura de cursos,
desenvolvimento de pesquisas e realização de atividades de extensão, tendo em vista a
necessidade de garantir a manutenção e o custeio da Instituição.
4.1.1.3. AÇÃO: Assistência ao Educando da Educação Profissional (2994)
Dados gerais
Tipo: Atividade
Finalidade: Suprir as necessidades básicas do educando, proporcionando condições para sua
permanência e melhor desempenho na escola.
Descrição: Fornecimento de alimentação, atendimento médico-odontológico, alojamento e
transporte, dentre outras iniciativas típicas de assistência social ao educando, cuja concessão seja
pertinente sob o aspecto legal e contribua para o bom desempenho do aluno na escola.
Unidade Responsável: Centro Federal de Educação Tecnológica de Uberaba – MG
Unidade Executora: Centro Federal de Educação Tecnológica de Uberaba – MG
Coordenador Nacional da Ação: Não se aplica
Coordenador: Deborah Freitas Assunção Chamahum
Centro Federal de Educação Tecnológica de Uberaba
Relatório de Gestão - 2007
38
Resultados
PRODUTO
Aluno assistido (unidade)
Fonte: SIGPLAN
META FÍSICA
Previsão
290
Execução
394
META FINANCEIRA
%
135,86
LOA+Créditos
194.270,
Execução
165.981,
%
85,44
A meta física estabelecida foi atingida, embora a execução financeira tenha ficado no
patamar de 85,44%. Considerando que esta ação conta somente com recursos próprios, esta
ocorrência se deve a frustração da arrecadação comparada ao valor inicialmente previsto na
LOA, devidamente justificada no indicador Receita Própria/Gastos Totais. Contudo, do valor
efetivamente arrecadado foi executado 99,72%.
O CEFET-Uberaba preocupa-se não só com o acesso a segmentos da população outrora
excluídos, mas também com a sua permanência e com o sucesso de sua trajetória. Para tanto,
objetivando proporcionar melhores condições de desenvolvimento intelectual, pessoal e
profissional aos seus alunos, foi oferecido subsídio para a alimentação; serviços odontológico,
psicológico e de enfermagem; bolsas para estudantes por meio do Programa de Complementação
Educacional e Demanda Social; como também, transporte para visitas técnicas.
O serviço odontológico tendo como objetivo o caráter preventivo, desenvolveu suas
atividades de forma a conscientizar os alunos sobre a importância da saúde oral, orientando sobre
a forma correta de escovação, de higiene individual e coletiva, aplicação tópica de flúor e outros.
Além do atendimento preventivo, executou os seguintes procedimentos: exames clínicos,
restaurações com amálgama e resinas fotopolimerizável, tartrectomia, polimentos, capeamento
direto, curativo, pulpectomia, drenagem de abcesso, ajuste de oclusão, encaminhamento para
endodontia e ortodontia e outros.
O serviço de enfermagem executou atividades em situações que exigiam pronto
atendimento, como verificação de pressão arterial, pequenos curativos, imobilização de membros
inferiores tratamentos de rotina, encaminhamento para consultas médicas, além de prestar
orientação sobre os cuidados gerais com a saúde.
O serviço de Psicologia atuou diretamente no atendimento, individual e em grupo,
especialmente nas questões psico-pedagógicas, contribuindo para o desenvolvimento humano e
melhoria do relacionamento entre alunos, pais e servidores e, sobretudo, beneficiando a
aprendizagem e formação do aluno. Dentre outras atividades desenvolvidas, podem-se destacar
as seguintes: participação do trote educativo com intuito de arrecadar alimentos para doação à
instituição carente; das Reuniões de Pais e Mestres - promovendo a integração Escola-Família;
do Projeto “Professor Solidário Aluno Educado”; e do Projeto “Arte e Educação”.
Esta Instituição subsidiou parte do custo da refeição, como também, concedeu a isenção
total da taxa de alimentação aos alunos carentes, que são selecionados por meio de critérios
sócio-econômicos.
Além das atividades já mencionadas, deu-se continuidade ao Programa de Bolsas de
Complementação Educacional e Demanda Social que consta de remuneração em espécie, ou
isenção de taxas de alimentação e/ou concessão de moradia.
Durante o ano de 2007, foram realizadas várias atividades recreativas e esportivas,
visando ampliar a qualidade física e o relacionamento entre a comunidade escolar. Dentre elas,
podemos destacar a realização de gincanas para melhorar o relacionamento entre alunos novatos
e comunidade escolar; treinamento de esportes de quadra para participação em competições;
treinamento de futsal para alunos dos cursos tecnólogos e realização de torneios de basquete,
futsal e vôlei.
Ainda no que se refere à assistência, realizou-se o transporte para fins de visitas técnicas
e atividades extra-classe, contribuindo para a melhoria do processo ensino-aprendizagem, como
detalhadas a seguir:
Centro Federal de Educação Tecnológica de Uberaba
Relatório de Gestão - 2007
39
LOCAL
EVENTO
São Paulo SP
Araxá MG
Visita ao Grupo MA SHOU TAO
Visita técnica à Companhia Brasileira de
Metalurgia e Mineração - CBMM
Técnico em Agropecuária
Técnico em Nutrição
Dietética
Visita Técnica à União Educacional Minas
Gerais Ltda. - UNIMINAS
Tecnologia
em
Desenvolvimento
de
comunidades.
Tecnologia em Irrigação e
Drenagem / Técnico em
Agricultura
Técnico em Agroindústria
Uberlândia MG
Araguari MG
Uberaba MG
CURSO
Visita técnica à XII Feira Nacional de
Cafeicultura
Visita técnica ao Frigorífico Boi Bravo
Nº. DE
ALUNOS
108
e
20
09
15
18
Uberaba MG
Participação de palestra na Universidade de
Uberaba - UNIUBE. ”Sustentabilidade”
Diversos
Uberaba MG
Visita técnica à RPPN
Tecnologia
Ambiental
Sertãozinho SP
Sertãozinho SP
Participação na Feira Internacional da
Tecnologia Agrícola em Ação - AGRISHOW
2007
Participação da AGRISHOW 2007
25
em
Gestão
14
Técnico em Agricultura.
48
Técnico em Agricultura.
30
Sertãozinho SP
Uberaba MG
Participação da AGRISHOW 2007
Visita ao parque
EXPOZEBU
Fernando
Uberaba MG
Visita ao parque
EXPOZEBU
Fernando
Costa
-
Técnico em Zootecnia
Uberaba MG
Visita ao parque
EXPOZEBU
Fernando
Costa
-
Técnico em Zootecnia
Uberaba MG
Uberaba MG
Visita técnica
Pinheiro.
à
Costa
-
Tecnologia em Irrigação e
Drenagem e Técnico em
Agricultura
Técnico em Zootecnia
44
30
27
27
Escola
Estadual
João
Visita Técnica à Comunidade São Basílio
Técnico em Desenvolvimento
de Comunidade
09
Tecnologia em Alimentos
15
Uberaba MG
Visita Técnica à Comunidade São Basílio
Tecnologia em Alimentos
15
Tapira
Uberaba MG
Visita técnica á FÓSFERTIL
Tecnologia
Ambiental
em
Transporte para apoio ao passeio ciclístico
Gestão Ambiental
Gestão
40
40
São Paulo SP
Campo Florido
MG
Uberaba MG
Visita técnica à 23ª Feira Internacional de
Alimentos e bebidas.
Tecnologia
Ambiental
em
Gestão
Visita técnica à Usina Coruripe
Técnico em açúcar e álcool
45
35
Técnico em Agroindústria
Campo Florido
Visita técnica à Cooperativa Regional dos
Produtores de Leite do Vale do Rio Grande
Ltda. - COPERVALE.
Fazenda Peixe Mania
Uberaba MG
Visita técnica à fazenda Primavera
Tecnologia
Ambiental
16
Técnico em Zootecnia
35
Uberaba MG
Visita técnica à fazenda Primavera
em
Gestão
40
Técnico em Zootecnia
40
Centro Federal de Educação Tecnológica de Uberaba
Relatório de Gestão - 2007
40
LOCAL
EVENTO
Uberaba MG
Visita técnica ao distrito Industrial I –
SATIPEL Industrial Ltda.
Técnico
Dietética
Visita técnica à FÓSFERTIL
Tecnologia
Ambiental
em
Tecnologia
Ambiental
em
Visita Técnica à V SIGA - Seminário para
Interação em Gestão Ambiental
Tecnologia
Ambiental
em
Uberaba MG
Atividades práticas rio lanoso
Tecnologia em Irrigação e
Drenagem
São José dos
campos SP
Visita técnica ao Instituto Tecnológico de
Aeronáutica - ITA
Tecnologia em Informática
Conceição das
alagoas MG
Visita técnica à Fazenda de rapaduras melado
e aguardente
Técnico em Agroindústria
Visita Técnica à Indústria Doces Joaninha
Técnico em Agroindústria
Uberaba MG
Piracicaba SP
Piracicaba SP
Araxá MG
CURSO
Visita técnica à Cidade de Piracicaba
em
Nº. DE
ALUNOS
nutrição
e
15
Gestão
40
Gestão
40
Gestão
40
25
14
25
25
Uberaba MG
Comunidade São Basílio
Tecnologia em Alimentos
15
Araxá MG
Visita técnica à Companhia Brasileira de
Metalurgia e Mineração - CBMM
Técnico em
Dietética
Sertãozinho SP
Visita Técnica à FENASUCRO - Feira
Internacional da Indústria Sucroalcooleira
Técnico em Açúcar e álcool
Visita técnica ao assentamento do Cedro
Tecnologia
Desenvolvimento Social
Uberaba MG
São Paulo SP
Visita técnica à Expo IS Feira Internacional
Nutrição
e
15
42
em
15
PROEJA
45
Fonte: Departamento de Desenvolvimento Educacional
4.1.1.4. AÇÃO: Acervo Bibliográfico para as Instituições da rede federal de
Educação Profissional (6301)
Dados gerais
Tipo: Atividade
Finalidade: Ampliar e atualizar o acervo bibliográfico das instituições da Rede Federal de
Educação Profissional.
Descrição: Financiamento mediante a aprovação de projetos que identifiquem as deficiências
existentes no acervo da instituição e proponha sua atualização e recomposição
Unidade Responsável: Centro Federal de Educação Tecnológica de Uberaba – MG
Unidade Executora: Centro Federal de Educação Tecnológica de Uberaba – MG
Coordenador Nacional da Ação: Não se aplica
Coordenador: Deborah Freitas Assunção Chamahum
Resultados
PRODUTO
Volume disponibilizado
(unidade)
Fonte: SIGPLAN
META FÍSICA
Previsão
114
Execução
110
META FINANCEIRA
%
96,49
LOA+Créditos
8.000,
Centro Federal de Educação Tecnológica de Uberaba
Relatório de Gestão - 2007
Execução
7.997,
%
99,96
41
A ação relativa ao acervo bibliográfico priorizou a ampliação do acervo destinado aos
cursos superiores e demonstra uma execução dentro do previsto.
Não obstante o atingimento da meta, a aquisição do acervo ocorreu com relativo atraso,
comprometendo a sua utilização no ano em curso. Dentre as dificuldades administrativas, que
ocasionaram tal disfunção, podemos citar: 1) livro com edição esgotada; 2) morosidade no
procedimento de aquisição, ocasionado pela grande diversidade de referências e reduzido
número de fornecedores – motivado pela exigência de comprovação de regularidade fiscal; e 3),
edições que se esgotaram após a confirmação da compra.
4.1.1.5. AÇÃO: Modernização e Recuperação da Infra-estrutura Física de
Instituições federais de Educação Profissional (6374)
Dados gerais
Tipo: Atividade
Finalidade: Possibilitar a modernização e a recuperação do patrimônio para o bom
funcionamento de cursos e demais atividades desempenhadas pelas instituições federais de
educação profissional.
Descrição: Restauração/modernização das edificações/instalações, com vista a um adequado
estado de uso, por meio de reformas e adequações, bem como aquisição ou reposição de
materiais, inclusive aqueles inerentes às pequenas obras, observados os limites da legislação
vigente.
Unidade Responsável: Centro Federal de Educação Tecnológica de Uberaba – MG
Unidade Executora: Centro Federal de Educação Tecnológica de Uberaba – MG
Coordenador Nacional da Ação: Não se aplica
Coordenador: Deborah Freitas Assunção Chamahum
Resultados
PRODUTO
Instituição modernizada/recuperada
(unidade)
Fonte: SIGPLAN
META FÍSICA
Previsão
01
Execução
01
META FINANCEIRA
%
100,0
LOA+Créditos
80.000,
Execução
79.965,
%
99,96
A meta estabelecida foi atingida com a realização de algumas ações imprescindíveis à
modernização e recuperação das áreas voltadas, principalmente, às atividades finalísticas da
Instituição. Dentre as ações podemos destacar: aquisição de alguns bens móveis para laboratório
de informática, salas de aula, Unidades de Ensino, Pesquisa, Extensão e Produção de Zootecnia
II e III, Auditórios das Unidades I e II e áreas pedagógica e administrativa.
No entanto, voltamos a destacar que o recurso disponibilizado para investimento está
aquém das demandas e necessidades de modernização e recuperação da infra-estrutura desta
Instituição, que conta com as Unidades I e II e mantém cursos em áreas diversas, o que demanda,
também, laboratórios diversificados. Além disso, a área tecnológica demanda uma atualização
constante de equipamentos e infra-estrutura para acompanhar e se aproximar do que é praticado
pelo setor produtivo.
4.1.2. Apoio Administrativo (0750)
Dados gerais
Tipo de Programa: Apoio administrativo
Centro Federal de Educação Tecnológica de Uberaba
Relatório de Gestão - 2007
42
Objetivo Geral: Prover os órgãos da União dos meios administrativos para a implementação e
gestão de seus programas finalísticos.
Gerente do Programa: Indefinido
Gerente Executivo: Indefinido
Indicadores de Programa: Não há indicadores definidos
Público-alvo: Governo.
Ações
As ações do Programa Apoio Administrativo que asseguram o desempenho das finalidades
institucionais são:
a) Assistência Médica e Odontológica aos Servidores, Empregados e seus Dependentes
(2004)
b) Assistência Pré-Escolar aos Dependentes dos Servidores e Empregados (2010)
c) Auxílio-Transporte aos Servidores e Empregados (2011)
d) Auxílio-Alimentação aos Servidores e Empregados (2012)
Gestão das Ações
4.1.2.1. AÇÃO: Assistência Médica e Odontológica aos Servidores, Empregados e
seus Dependentes (2004)
Dados gerais
Tipo: Atividade
Finalidade: Proporcionar aos servidores, empregados, seus dependentes e pensionistas condições
para manutenção da saúde física e mental.
Descrição: Concessão do benefício de assistência médico-hospitalar e odontológica aos
servidores e empregados, ativos e inativos, dependentes e pensionistas.
Unidade Responsável: Centro Federal de Educação Tecnológica de Uberaba – MG
Unidade Executora: Centro Federal de Educação Tecnológica de Uberaba – MG
Coordenador Nacional da Ação: Não se aplica
Coordenador: Gláucia Faria Mendes de Oliveira
Resultados
PRODUTO
Pessoa beneficiada
(unidade)
Fonte: SIGPLAN
META FÍSICA
Previsão
63
Execução
157
META FINANCEIRA
%
249,21
LOA+Créditos
58.448,
Execução
58.448,
%
100
As ações inerentes ao Programa de Apoio Administrativo, que correspondem à concessão
dos benefícios, atendem as exigências legais e as ocorrências independem da coordenação, a
exemplo de aposentadorias, afastamentos e admissões. Desta forma, sempre é possível superar a
meta estabelecida.
Centro Federal de Educação Tecnológica de Uberaba
Relatório de Gestão - 2007
43
4.1.2.2. AÇÃO: Assistência Pré-Escolar aos Dependentes dos Servidores e
Empregados (2010)
Dados gerais
Tipo: Atividade
Finalidade: Oferecer aos servidores, durante a jornada de trabalho, condições adequadas de
atendimento aos seus dependentes, conforme art. 3º do Decreto 977, de 10/11/93.
Descrição: Concessão do benefício de assistência pré-escolar pago diretamente no contracheque, a partir de requerimento, aos servidores e empregados que tenham filhos em idade préescolar conforme dispõe o Decreto 977/93.
Unidade Responsável: Centro Federal de Educação Tecnológica de Uberaba – MG
Unidade Executora: Centro Federal de Educação Tecnológica de Uberaba – MG
Coordenador Nacional da Ação: Não se aplica
Coordenador: Gláucia Faria Mendes de Oliveira
Resultados
PRODUTO
Criança de 0 a 6 anos atendida
(unidade)
Fonte: SIGPLAN
META FÍSICA
Previsão
30
Execução
28
META FINANCEIRA
%
93,33
LOA+Créditos
26.700,
Execução
14.503,
%
54,32
As ações inerentes ao Programa de Apoio Administrativo, que correspondem à concessão
dos benefícios, atendem as exigências legais e as ocorrências independem da coordenação.
4.1.2.3. AÇÃO: Auxílio-Transporte aos Servidores e Empregados (2011)
Dados gerais
Tipo: Atividade
Finalidade: Efetivar o pagamento de auxílio-transporte em pecúnia, pela União, de natureza
jurídica indenizatória, destinado ao custeio parcial das despesas realizadas com transporte
coletivo municipal, intermunicipal ou interestadual pelos militares, servidores e empregados
públicos da Administração Federal direta, autárquica e fundacional da União, bem como
aquisição de vale-transporte para os empregados das empresas públicas e sociedades de
economia mista integrantes do orçamento fiscal e da seguridade social, nos deslocamentos de
suas residências para os locais de trabalho e vice-versa, de acordo com a Lei n° 7.418/85 e
alterações, e Medida Provisória nº. 2.165-36, de 23 de agosto de 2001.
Descrição: Pagamento de auxilio-transporte em pecúnia, pela União, de natureza jurídica
indenizatória, destinado ao custeio parcial das despesas realizadas com transporte coletivo
municipal, intermunicipal ou interestadual pelos militares, servidores e empregados públicos da
Administração Federal direta, autárquica e fundacional da União, nos deslocamentos de suas
residências para os locais de trabalho e vice-versa.
Unidade Responsável: Centro Federal de Educação Tecnológica de Uberaba – MG
Unidade Executora: Centro Federal de Educação Tecnológica de Uberaba – MG
Coordenador Nacional da Ação: Não se aplica
Coordenador: Gláucia Faria Mendes de Oliveira
Centro Federal de Educação Tecnológica de Uberaba
Relatório de Gestão - 2007
44
Resultados
PRODUTO
Servidor beneficiado
(unidade)
Fonte: SIGPLAN
META FÍSICA
Previsão
148
Execução
152
META FINANCEIRA
%
103
LOA+Créditos
149.364,
Execução
142.432,
%
95,36
As ações inerentes ao Programa de Apoio Administrativo, que correspondem à concessão
dos benefícios, atendem as exigências legais e as ocorrências independem da coordenação, a
exemplo de aposentadorias, afastamentos e admissões. Desta forma, sempre é possível superar a
meta estabelecida.
4.1.2.4. AÇÃO: Auxílio-Alimentação aos Servidores e Empregados (2012)
Dados gerais
Tipo: Atividade
Finalidade: Conceder o auxílio-alimentação, sob forma de pecúnia, paga na proporção dos dias
trabalhados e custeado com recursos do órgão ou entidade de lotação ou exercício do servidor ou
empregado, aquisição de vale ou ticket-alimentação ou refeição ou manutenção de refeitório.
Descrição: Concessão em caráter indenizatório e sob forma de pecúnia o auxílio-alimentação
aos servidores e empregados ativos, de acordo com a Lei 9527/97, ou mediante aquisição de vale
ou ticket-alimentação ou refeição ou, ainda, por meio da manutenção de refeitório.
Unidade Responsável: Centro Federal de Educação Tecnológica de Uberaba – MG
Unidade Executora: Centro Federal de Educação Tecnológica de Uberaba – MG
Coordenador Nacional da Ação: Não se aplica
Coordenador: Gláucia Faria Mendes de Oliveira
Resultados
PRODUTO
Servidor beneficiado
(unidade)
Fonte: SIGPLAN
META FÍSICA
Previsão
160
Execução
167
META FINANCEIRA
%
104,38
LOA+Créditos
282.732,
Execução
282.729,
%
100
As ações inerentes ao Programa de Apoio Administrativo, que correspondem à concessão
dos benefícios, atendem as exigências legais e as ocorrências independem da coordenação, a
exemplo de aposentadorias, afastamentos e admissões. Desta forma, sempre é possível superar a
meta estabelecida.
4.1.3. Gestão da Política de Educação (1067)
Dados gerais
Tipo de Programa: Gestão de Políticas Públicas
Objetivo Geral: Coordenar o planejamento e a formulação de políticas setoriais e a avaliação e
controle dos programas na área da educação
Centro Federal de Educação Tecnológica de Uberaba
Relatório de Gestão - 2007
45
Gerente do Programa: Paulo Eduardo Nunes de Moura Rocha – Subsecretário de Planejamento e
Orçamento/MEC
Gerente Executivo: Léo Kessel
Indicadores de Programa: Não há indicadores definidos
Público-alvo: Governo.
Ações
A ação do Programa Gestão da Política de Educação que assegura o desempenho das
finalidades institucionais é:
a) Capacitação de Servidores Públicos Federais em Processo de Qualificação e
Requalificação (4572).
Gestão das Ações
4.1.3.1. AÇÃO: Capacitação de Servidores Públicos Federais em Processo de
Qualificação e Requalificação (4572)
Dados gerais
Tipo: Atividade
Finalidade: Promover a qualificação e a requalificação de pessoal com vistas à melhoria
continuada dos processos de trabalho, dos índices de satisfação pelos serviços prestados à
sociedade e do crescimento profissional.
Descrição: Realização de ações diversas voltadas ao treinamento de servidores, tais como
custeio dos eventos, pagamento de passagens e diárias aos servidores, quando em viagem para
capacitação, taxa de inscrição em cursos, seminários, congressos e outras despesas relacionadas à
capacitação de pessoal.
Unidade Responsável: Centro Federal de Educação Tecnológica de Uberaba – MG
Unidade Executora: Centro Federal de Educação Tecnológica de Uberaba – MG
Coordenador Nacional da Ação: Não se aplica
Coordenador: Deborah Freitas Assunção Chamahum
Resultados
PRODUTO
Servidor capacitado (unidade)
Fonte: SIGPLAN
META FÍSICA
Previsão
100
Execução
107
META FINANCEIRA
%
107
LOA+Créditos
10.000,
Execução
9.570,
%
95,70
As ações voltadas à capacitação de servidores obtiveram êxito, conforme demonstrado.
Salienta-se que vários servidores foram oportunizados em mais de uma participação, iniciativa
que visou atender aos objetivos e necessidades da Instituição.
Cumpre destacar, ainda, que 11 professores cursaram doutorado e 02 cursaram mestrado,
tanto em situação de afastamento parcial como total, em 2007.
No tocante aos eventos voltados para a qualificação dos servidores, foram oferecidos os
seguintes:
Centro Federal de Educação Tecnológica de Uberaba
Relatório de Gestão - 2007
46
Item
Curso e Palestra
Local
01
Curso: Técnicas de Relaxamento Corporal
CEFET-Uberaba
02
Curso: Desenvolvimento de Habilidades Gerenciais
CEFET-Uberaba
03
Curso: Administração Eficaz do Tempo
CEFET-Uberaba
04
Curso: Motivação de Equipes
CEFET-Uberaba
05
Curso: Qualidade no Atendimento ao Público
CEFET-Uberaba
06
Curso: Administração de Conflitos na Organização
CEFET-Uberaba
07
Curso: Legislação Ambiental - federal e estadual.
CEFET-Uberaba
08
Curso: Elaboração de Projetos para Captação de Recursos
na Educação
Palestra: Auto-estima como ferramenta de sucesso
profissional
Curso: Estatística experimental
CEFET-Uberaba
Palestra motivacional com enfoque no comportamento de
mudanças
CEFET-Uberaba
09
10
11
CEFET-Uberaba
CEFET-Uberaba
Fonte: Coordenação Geral de Recursos Humanos
Além dos cursos oferecidos nesta Instituição, foi possibilitada a participação de diversos
servidores em treinamentos oficiais programados, como também, em outros eventos de
capacitação, como destacado a seguir:
SERVIDOR
LOCAL
EVENTOS
Eurípedes
Ronaldo
Ananias Ferreira
Rio de JaneiroRJ
“WORKSHOP: Credenciamento das instituições para investimentos
em pesquisa e desenvolvimento no Setor de Petróleo, Gás Natural e
Biocombustível"
Diogo Gonzaga Jayme
Avaré-SP
3º curso preparatório para candidatos a Juiz oficial da ABQM –
Associação Brasileira de Criadores de Cavalo Quarto de Milha
Olegário Pinheiro de
Souza
Márcio
José
de
Santana
Ozeni
Amorim
Barbosa
Danielle
Freire
Paoloni
Célia
Aparecida
Almeida Estevam
Araguari-MG
XII Feira Nacional de Cafeicultura Irrigada
Araguari-MG
XII Feira Nacional de Cafeicultura Irrigada
São Paulo-SP
Exposição com cadáveres de verdade
São Paulo-SP
Exposição com cadáveres de verdade
Belo HorizonteMG
Curso: Técnica de Planejamento - SIMEC
Deborah
Freitas
Assunção Chamahum
Belo HorizonteMG
Curso: Técnica de Planejamento - SIMEC
Paulo Erci de Oliveira
Rio de JaneiroRJ
Célia
Aparecida
Almeida Estevam
Belo HorizonteMG
Oficina de capacitação: Diretrizes curriculares Nacionais para
Educação das Relações Étnico-Raciais e o ensino de História e
Cultura Afro-Brasileira e Africana
Treinamento de SIASG - Sistema Acompanhamento de Serviços
Gerais
Dione Chaves Macedo
Ouro Preto-MG
II Congresso de Alimentação e Nutrição
Marco Antônio Maciel
Pereira
Wagner Jacinto de
Oliveira
Deborah
Freitas
Assunção Chamahum
Curitiba-PR
São Paulo-SP
Brasília-DF
Seminário Internacional de Educação Profissional a Distância
Congresso Nacional de Filosofia e Sociologia
II Fórum de Planejamento e Gestão/2007
Centro Federal de Educação Tecnológica de Uberaba
Relatório de Gestão - 2007
47
SERVIDOR
LOCAL
Tomiko
Yakabe
Fantin
Amilton Diniz e Souza
Uberlândia-MG
VII Encontro Regional de Matemática Aplicada e Computacional
Belo HorizonteMG
Bonito-MT
Seminário FORPREPT - Formação de Professores para Educação
Profissional e Tecnológica
XXXVI Congresso Brasileiro de Engenharia Agrícola 2007
Othon Carlos da Cruz
Silvério Nepomuceno
de Lima
Elisabete Borges de
Oliveira
Cladecir
Alberto
Schenkel
Carla Alessandra de
Oliveira Nascimento
Brígida
Aparecida
Silva Tiago
Heraldo Marcus Rosi
Cruvinel
Eurípedes
Ronaldo
Ananias Ferreira
Sandra Maria Sousa
de Oliveira
Célia
Aparecida
Almeida Estevam
Vitória-ES
Rio Pomba-MG
Piracicaba-SP
Belo HorizonteMG
Brasília-DF
Brasília-DF
Visita Técnica a Cooperativa de Produtos Orgânicos
Fórum: FORPOG
V Seminário para interação em Gestão Ambiental - SIGA
Especialização: Educação Profissional e Tecnológica Inclusiva
Treinamento Operacional SIAPECAD
Curso Gestão da Ética
Florianópolis-SC
XXXI REDITEC
Florianópolis-SC
XXXI REDITEC
Brasília-DF
Hugo L. P. Rufino
Marco Antonio Maciel
Pereira
Paula
Teixeira
Nakamoto
Vilmondes da Silva
Ribeirão PretoSP
Ribeirão PretoSP
Ribeirão PretoSP
Lavras-MG
Rodrigo
Afonso
Leitão
Waldemar Pamplona
da Silva
Marlene Jerônimo
Brasília-SP
Arsênio Meneses da
Silva
Márcio
José
de
Santana
Adelar José Fabian
Diogo Gonzaga Jayme
Elaine Donata Ciabotti
Silvério Nepomuceno
de Lima
Marlene Jerõnimo
Carlos
Antonio
Alvarenfa Conçalves
Cladecir
Alberto
Schenkel
Márcia
Antunes
Ramos
Admildo Costa de
Freitas
EVENTOS
Uberlândia-MG
Vitória-ES
Uberlândia-MG
Rio Pomba-MG
Treinamento Novo Documento de Folha de Pagamento Realizado
pela STN/MG
CODEGEAR – DELPHI TOUR
CODEGEAR – DELPHI TOUR
CODEGEAR – DELPHI TOUR.
Curso de Cultura de Tecidos Vegetais na Universidade Federal de
Lavras.
Seminário de Política para Formação Humana na área da Pesca
Marinha e Continental e Aqüicultura Familiar
Mini-cursos: Frações Contínuas e Aplicações e mini-curso
Potencialidades Didáticas Pedagógicas – ERMAC 2007
Visita técnica à Associação de Produtores Orgânicos e para adquirir
conhecimentos
sobre
pré-processamento,
embalagem
e
comercialização de produtos.
VI Encontro Nacional de Ensino de Geografia
Gramado - RS
Limoeiro - PE
São Paulo-SP
São Paulo-SP
I Curso de Especialização em Agroecologia e Desenvolvimento
Sustentável
XXXI Congresso Brasileiro de Ciência do Solo
Exposição de Animais de Limoeiro
Expo IS Ingredientes e Soluções para a Indústria Alimentícia
Expo IS Ingredientes e Soluções para a Indústria Alimentícia
São Paulo-SP
São Paulo-SP
Expo IS Ingredientes e Soluções para a Indústria Alimentícia
Expo IS Ingredientes e Soluções para a Indústria Alimentícia
São Paulo-SP
Expo IS Ingredientes e Soluções para a Indústria Alimentícia
Sertãozinho-SP
Feira: FENASUCRO
Sertãozinho-SP
Feira: FENASUCRO
Centro Federal de Educação Tecnológica de Uberaba
Relatório de Gestão - 2007
48
Servidor
Local
Danielle
Freire
Paoloni
Márcio José Santana
São Paulo -SP
Curso de atualização em Síndrome Metabólica
Patos de MinasMG
Campinas-SP
1º Simpósio de Pesquisa em Ciências Agrárias
Danielle
Freire
Paoloni
Sueli Ciabotti
Antônia Teresinha da
Silva
Humberto
Gois
Cândido
Campinas-SP
Fortaleza-CE
Cachoeira
Paulista-SP
Dione Chaves de
Macedo
Marlene Jerônimo
Bambuí-MG
Rodrigo
Afonso
Leitão
Marlene Jerônimo
Conceição das
Alagoas - MG
Uberaba-MG
Admildo Costa de
Freitas
José Renato de Sousa
Uberaba-MG
Sandra Maria Sousa
de Oliveira
Eliana
Aparecida
Rodrigues
Abadio dos Reis Silva
Leite
Danielle
Freire
Paoloni
Uberaba-MG
Ozeni
Amorim
Barbosa
Dione Chaves de
Macedo
Inamara Gomes de
Araújo Leal
Ana
Elisa
Vieira
Guimarães Cordeiro
Eliana
Aparecida
Rodrigues
Othon Carlos da Cruz
Antônio
Carlos
Barreto
Márcio José Santana
Inamara Gomes de
Araújo Leal
Gláucia Faria Mendes
de Oliveira
Bambuí-MG
Uberaba-MG
Belo HorizonteMG
Uberaba-MG
São Paulo-SP
Eventos
Simpósio Latino Americano de Ciências dos Alimentos
Simpósio Latino Americano de Ciências dos Alimentos
Curso Cuidando do Cuidador
4º Seminário de sensoriamento remoto interpretação e
processamento de imagens de satélites, oferecido pelo INPE
(Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais)
5ª FIPA – Feira Integrada de produtos Agroindustriais do CEFET
Bambuí
5ª FIPA – Feira Integrada de produtos Agroindustriais do CEFET
Bambuí
Programa Peixe Vivo
Congresso Internacional de
Cana I CONCANA
Congresso Internacional de
Cana I CONCANA
Congresso Internacional de
Cana I CONCANA
Congresso Internacional de
Cana I CONCANA
Seminário: AVESUI/2007
Tecnologia da Cadeia Produtiva da
Tecnologia da Cadeia Produtiva da
Tecnologia da Cadeia Produtiva da
Tecnologia da Cadeia Produtiva da
Curso: Administração de sistemas e rede linux - Mandriva
Exposição: Corpo humano real e fascinante
Exposição: Corpo humano real e fascinante
Belo HorizonteMG
Florianópolis-SC
Belém-PA
Congresso Mineiro de Alimentação e Nutrição - alimentação e
estilo de vida saudáveis.
XXVII Congresso Nacional de Dirigentes de Pessoal e Recursos
Humanos das Instituições Federais de Ensino
Fórum: FONAI/MEC
Londrina-PR
Evento: ZOOTEC 2007 - Tecnologia em Produção Animal
Bonito – MT
Bonito – MT
Evento: CONBEA 2007 e apresentação de trabalho
Evento: CONBEA 2007 e apresentação de trabalho
Bonito - MT
Brasília-DF
Evento: CONBEA 2007 e apresentação de trabalho
Curso: Cálculos de proventos de aposentadoria, pensões e apuração
de tempo de serviço.
Curso: Cálculos de proventos de aposentadoria, pensões e apuração
de tempo de serviço.
Brasília-DF
Fonte: Coordenação Geral de Recursos Humanos
4.1.4. Previdência de Inativos e Pensionistas da União
Dados gerais
Centro Federal de Educação Tecnológica de Uberaba
Relatório de Gestão - 2007
49
Tipo de Programa: Finalístico
Objetivo Geral: Assegurar os benefícios previdenciários legalmente estabelecidos aos servidores
inativos da União e seus pensionistas e dependentes.
Gerente do Programa: Helmut Schwarzer – Secretário de Previdência Social/MPS
Indicadores de Programa: Taxa de Comprometimento da Receita Líquida da União
Público-alvo: Servidores públicos federais titulares de cargo efetivo, servidores inativos,
dependentes e pensionistas.
Ações
A ação do Programa Previdência de Inativos e Pensionistas da União que assegura o
desempenho das finalidades institucionais é:
a) Pagamento de Aposentadorias e Pensões - Servidores Civis (0181)
Gestão das Ações
4.1.4.1. AÇÃO: Pagamento de Aposentadorias e Pensões – Servidores Civis (0181)
Dados gerais
Tipo: Operações Especiais (orçamentária)
Finalidade: Garantir o pagamento devido aos servidores civis inativos do Poder Executivo ou
aos seus pensionistas, em cumprimento às disposições contidas em regime previdenciário
próprio.
Descrição: Pagamento de proventos oriundos de direito previdenciário próprio dos servidores
públicos civis do Poder Executivo ou dos seus pensionistas, incluídas a aposentadoria/pensão
mensal, a gratificação natalina e as eventuais despesas de exercícios anteriores.
Unidade Responsável: Centro Federal de Educação Tecnológica de Uberaba – MG
Unidade Executora: Centro Federal de Educação Tecnológica de Uberaba – MG
Coordenador Nacional da Ação: Não se aplica
Resultados
PRODUTO
Pessoa beneficiada
(unidade)
Fonte: SIGPLAN
META FÍSICA
Previsão
67
Execução
61
META FINANCEIRA
%
91,04
LOA+Créditos
2.572.700,
Execução
2.572.695,
%
100
A ação do Programa Previdência de Inativos e Pensionistas da União, que corresponde ao
pagamento de proventos, atende as exigências legais e as ocorrências independem da
coordenação. Desta forma, nem sempre é possível executar 100% da meta estabelecida.
Centro Federal de Educação Tecnológica de Uberaba
Relatório de Gestão - 2007
50
5. DESEMPENHO OPERACIONAL
Em atendimento ao Acórdão nº. 2.267/2005 do Tribunal de Contas da União
apresentamos, a seguir, os indicadores de efetividade, eficácia e eficiência utilizados para avaliar
o desempenho da gestão deste CEFET-Uberaba em 2007. A maioria dos indicadores é calculada
pelo Sistema de Informações Gerenciais – SIG, administrado pela Secretaria de Educação
Profissional e Tecnológica do Ministério da Educação e o restante pelo Departamento de
Administração e Planejamento desta Instituição.
A utilidade dos indicadores pode ser evidenciada quando permite:
1. Analisar e compreender o processo de desenvolvimento que envolve a prática educativa,
percebendo dificuldades e avanços;
2. Fortalecer as potencialidades encontradas;
3. Trabalhar as dificuldades promovendo ações de superação e de envolvimento coletivo;
4. Avaliar a ação pedagógica e os projetos pedagógicos de cursos, procurando aprimorar a
organização curricular e o processo de ensino-aprendizagem e;
5. Implementar ações de formação continuada dos envolvidos no processo.
Nessa perspectiva, os indicadores contribuem para a avaliação da Instituição,
proporcionando uma reflexão a respeito das falhas e possibilidades de melhoria do processo
ensino-aprendizagem, permitindo, assim, o planejamento de estratégias de intervenção na
solução das disfunções detectadas.
5.1. Indicadores de Efetividade
Relação Concluinte / Ingressante por Curso
Objetivo: Quantificar a eficiência da Instituição
Índice =
Nº. de Concluintes
__
Nº. Ingressos ocorridos por período equivalente
x 100
Concluintes: número de alunos que integralizaram os créditos e estão aptos a colar grau
Ingressos: número de alunos ingressos por período equivalente, por meio de vestibular,
processos seletivos e outras formas de ingresso.
Relação Concluinte / Ingressante por Curso
Cursos
2005
2006
2007
Ingres
santes
Conclu
intes
Índice
(%)
Ingress
antes
Conclui
ntes
Índice
(%)
Ingres
santes
Conclui
ntes
Índice
(%)
Técnico
Agrícola
com
Habilitação em Agricultura
40
10
25
45
19
42,22
40
11
27,5
Técnico
Agrícola
com
Habilitação em Agroindústria
38
8
21,05
38
13
34,21
10
25
Técnico
Agrícola
com
Habilitação em Agropecuária
40
10
25
40
9
22,5
43
17
39,53
Centro Federal de Educação Tecnológica de Uberaba
Relatório de Gestão - 2007
40
51
Cursos
Técnico
Agrícola
com
Habilitação em Zootecnia
2005
2006
Conclu
intes
Índice
(%)
Ingress
antes
Conclui
ntes
Índice
(%)
Ingres
santes
Conclui
ntes
Índice
(%)
40
11
27,5
48
19
39,58
40
16
40
Técnico em Análise e
Produção de Açúcar e Álcool
-
-
0
Técnico Açúcar e Álcool
Técnico
em
Desenvolvimento
de
Comunidades
Proeja - Curso de Educação
Profissional de Nível Médio
Técnico em Agroindústria
Técnico em Informática
-
-
0
0
Técnico em Nutrição e
Dietética
Ensino Médio
Ensino Médio PROEJA
Zootecnia - Bacharelado
Tecnologia
em
Desenvolvimento Social
Tecnologia em Irrigação e
Drenagem
Tecnologia
em
Gestão
Ambiental
Tecnologia em Análise e
Desenvolvimento de
Sistemas
Tecnologia em Alimentos
TOTAL
2007
Ingres
santes
44
0
-
-
-
35
0
-
2
-
0
-
-
0
0
5,71
15
-
-
0
-
-
-
-
100
9
9
55
13
23,64
80
29
36,25
60
18
30
31
11
35,48
30
13
43,33
90
-
63
30
23
70
76,67
120
-
55
0
0
0
120
-
66
30
14
40,83
0
0
46,67
-
-
0
30
8
26,67
23
4
17,39
-
-
0
30
9
30
30
14
46,67
-
-
0
0
-
482
131
34,46
458
27,18
49
-
505
-
174
-
-
193
-
42,14
Fonte: Coordenação de Registro e Controle Acadêmico e Sistema de Informações Gerenciais – SIG
O índice global traduz uma melhoria significativa da Instituição, com um acréscimo no
período discriminado de 55%, embora, em relação a 2006, alguns cursos tiveram seus índices
reduzidos, tais como o de Tecnologia em Irrigação e drenagem e o Técnico Agrícola nas
habilitações de Agricultura, Agroindústria e Agropecuária.
Dentre as disfunções observadas no processo educativo nesses casos, destacam-se:
1. A inadaptação de alguns alunos aos cursos e exigências curriculares dos mesmos;
2. Evasão devido a fatores diversos como: trabalho, mudança de curso, etc.;
3. As exigências de tempo integral e das atividades diárias que os alunos precisam cumprir
na integralização dos cursos (Ensino Médio e Técnico);
4. Dificuldade de alguns alunos para acompanhar adequadamente os cursos oferecidos pela
instituição, devido à imaturidade e falta de pré-requisitos do ensino fundamental;
5. Migração interna dos alunos de um curso para outro (principalmente do curso de
Tecnologia em Irrigação e drenagem, devido à dificuldade das disciplinas da área de
engenharia agrícola).
Diante destes fatos, esta Instituição busca constantemente implementar ações que elevem
esse índice, tais como:
1. Discussão e reformulação dos projetos pedagógicos dos cursos com o objetivo de garantir
a efetivação do processo de ensino-aprendizagem;
2. Ampliação do “Programa de Complementação Educacional e Demanda Social”,
oferecendo melhores condições de permanência do aluno na instituição;
Centro Federal de Educação Tecnológica de Uberaba
Relatório de Gestão - 2007
52
3. Nomeação de duas pedagogas, em 2008, para o acompanhamento e articulação das
atividades pedagógicas na instituição;
4. Criação de quatro novas coordenações de curso para melhor acompanhamento das
atividades didático-pedagógicas;
5. Planejamento coletivo com a equipe pedagógica e docente;
Alunos matriculados por Renda Familiar Per Capita
Objetivo: Auferir o grau de inclusão social da política governamental por meio do perfil sócioeconômico de ingressantes e de concluintes nas Instituições Federais de Educação Profissional e
Tecnológica.
Índice =
Nº. de alunos matriculados por renda familiar per capita
Nº total de alunos matriculados
x 100
Os dados são relativos à pesquisa por amostragem de, aproximadamente, 10% da
totalização de alunos matriculados.
Em 2007, os dados são relativos à pesquisa por amostragem de, aproximadamente, 20%
da totalização de alunos matriculados no ano.
RFP: Renda Familiar Per capita
SM: Salário Mínimo
Alunos matriculados por Renda Familiar Per Capita
RFP
2005
2006
2007
Quantidade de
Alunos
Índice
(%)
Quantidade
de Alunos
Índice (%)
Quantidade
de Alunos
Índice (%)
RFP < 0,5 SM
12
5,58
3
1,2
27
4,62
0,5 SM < RFP < 1 SM
31
14,42
11
4,4
43
7,35
1 SM < RFP < 1,5 SM
35
16,28
40
16
101
17,26
1,5 SM < RFP < 2,5 SM
58
26,98
54
21,6
145
24,79
2,5 SM < RFP < 3 SM
29
13,49
37
14,8
116
19,83
RFP > 3 SM
50
23,26
105
42
153
26,15
215
100
250
100
585
100
TOTAL
Fonte: Sistema de Informações Gerenciais – SIG
Os resultados demonstram que a Instituição busca incluir cada vez mais a população de
baixa renda na sua comunidade. Nota-se o aumento no índice de alunos com RFP de 0,5 a 3
salários mínimos, especialmente, em relação ao ano de 2006.
5.2. Indicadores de Eficácia
Relação Concluintes / alunos matriculados
Objetivo: Quantificar a taxa de concluintes em relação ao total de alunos
Indicador =
Concluintes
Alunos matriculados
x 100
Centro Federal de Educação Tecnológica de Uberaba
Relatório de Gestão - 2007
53
Concluintes: Número de alunos que integralizaram os créditos e estão aptos a colar grau
Alunos matriculados: O número de alunos em cada ano corresponde ao total de matrículas no mesmo ano
(matrículas do período anterior + ingressos + matrículas reativadas)
Relação Concluintes / alunos matriculados
2005
2006
2007
Alunos
Matricu
lados
Conclui
ntes
Índice
(%)
Alunos
Matricul
ados
Conclui
ntes
Índice
(%)
Alunos
Matricul
ados
Concl
uintes
Índice
(%)
Técnico Agrícola com
Habilitação em Agricultura
264
10
3,79
344
19
5,52
437
11
2,52
Técnico Agrícola com
Habilitação em Agroindústria
156
8
5,13
171
13
7,60
131
10
7,63
Técnico Agrícola com
Habilitação em Agropecuária
104
9
8,65
66
17
25,76
41
10
24,39
Técnico Agrícola com
Habilitação em Zootecnia
Técnico em Análise e
Produção de Açúcar e Álcool
273
11
4,03
348
19
5,46
423
16
3,78
Cursos
Técnico Açúcar e Álcool
Técnico em Desenvolvimento
de Comunidades
Tecnologia em Alimentos
TOTAL
-
-
34
-
-
-
86
-
-
-
69
Proeja - Curso de Educação
Profissional de Nível Médio
Técnico em Agroindústria
Técnico em Informática
Técnico em Nutrição e
Dietética
Ensino Médio
Ensino Médio PROEJA
Zootecnia - Bacharelado
Tecnologia em
Desenvolvimento Social
Tecnologia em Irrigação e
Drenagem
Tecnologia em Gestão
Ambiental
Tecnologia em Análise e
Desenvolvimento de Sistemas
-
439
204
9
18
273
66
-
2
-
2,05
8,82
559
250
259
168
-
2,33
-
13
11
-
65
-
-
85
44
-
-
47
-
-
2,33
4,40
576
242
29
13
243
47
30
180
63
14
17,37
8,33
23
25,93
12,78
45
5,03
5,37
150
0
24,18
0,00
85
0
0,00
96
8
8,33
86
4
4,65
141
0
0,00
167
9
5,39
180
14
7,78
30
-
-
-
-
-
-
-
-
6,07
2.158
131
-
-
-
2.578
-
-
-
147
-
-
-
-
59
3.063
-
-
170
6,59
193
6,30
Fonte: Sistema de Informações Gerenciais – SIG
Este indicador demonstra a “taxa de saída” de alunos, isto é, a proporção de concluintes em
relação ao total de alunos matriculados. Em relação a 2005, houve discreta melhoria, na maior
parte dos cursos, exceto naqueles que apresentaram maior crescimento de alunos matriculados,
como nos casos dos cursos técnicos em Agricultura, Zootecnia e Nutrição e Dietética.
Centro Federal de Educação Tecnológica de Uberaba
Relatório de Gestão - 2007
54
Ressaltamos que, os cursos técnicos em Agroindústria, Agropecuária e Desenvolvimento
de Comunidades deixaram de ser oferecidos por esta Instituição em 2007 e que a abertura de
novos cursos incrementou a matrícula, porém, não gerou concluintes, o que reflete no índice
final.
A redução do índice em alguns cursos é reflexo das ações implementadas por esta
Instituição objetivando o incremento das matrículas, das quais podemos citar a elevação do
número de vagas oferecidas, abertura de novos cursos, a ampla divulgação regional dos cursos
oferecidos, dentre outras. Nesse sentido, os resultados serão visíveis a partir dos próximos anos,
assim que as conclusões refletirem o aumento das matrículas.
Relação Candidato / vaga
Objetivo: Identificar a relação candidato por vaga ofertada
Indicador =
Inscrições
Vagas ofertadas
.
Inscrições: Número de inscrições para vestibular e processos seletivos
Vagas ofertadas: Número de vagas ofertadas em editais de oferta de vagas por meio de vestibular,
processos seletivos e outras formas de ingresso.
Relação Candidato / vaga
2005
Cursos
2006
2007
Vagas
Insc.
Rela
ção
Vagas
Insc.
Rela
ção
Vagas
Insc.
Rela
ção
Técnico Agrícola com
Habilitação em Agricultura
80
274
3,43
80
312
3,90
85
401
4,72
Técnico Agrícola com
Habilitação em Agroindústria
40
91
2,28
40
74
1,85
-
-
-
-
-
-
-
-
-
-
274
3,43
80
312
3,90
401
4,72
34
34
1,00
Técnico Agrícola com
Habilitação em Agropecuária
Técnico Agrícola com
Habilitação em Zootecnia
Técnico em Análise e Produção
de Açúcar e Álcool
80
-
-
-
Técnico Açúcar e Álcool
(1º semestre)
-
-
-
-
-
-
30
465
15,50
Técnico Açúcar e Álcool
(2º semestre)
Técnico em Desenvolvimento de
Comunidades
Proeja – Curso de Educação
Profissional de Nível Médio
Técnico em Agroindústria
-
-
-
-
-
-
30
315
10,50
Técnico em Informática
(1º Semestre)
Técnico em Informática
(2º Semestre)
Técnico em Nutrição e Dietética
(1º Semestre)
25
-
130
21
0,84
-
-
385
2,96
60
-
85
171
25
-
2,85
19
-
0,76
-
-
-
-
-
-
30
71
2,37
90
259
2,88
60
162
2,70
30
47
1,57
30
94
3,13
30
84
2,80
30
110
3,67
Centro Federal de Educação Tecnológica de Uberaba
Relatório de Gestão - 2007
55
2005
Cursos
Vagas
Técnico em Nutrição e Dietética
(2º Semestre)
Ensino Médio
Ensino Médio PROEJA
Zootecnia – Bacharelado
Tecnologia em Desenvolvimento
Social
Tecnologia em Irrigação e
Drenagem
Tecnologia em Gestão
Ambiental
Tecnologia em Análise e
Desenvolvimento de Sistemas
(1º semestre)
Tecnologia em Análise e
Desenvolvimento de Sistemas
(2º semestre)
Tecnologia em Alimentos
TOTAL
Insc.
90
2006
Rela
ção
-
Insc.
Rela
ção
Vagas
Insc.
Rela
ção
30
73
2,43
30
97
3,23
366
71
114
111
6,10
2,37
3,80
3,70
30
131
4,37
30
94
3,13
60
30
30
30
30
25
0,83
30
18
0,60
30
16
0,53
30
185
6,17
30
126
4,20
30
138
4,60
30
234
7,80
30
140
4,67
30
710
59
3.365
1,97
4,74
-
311
-
-
2007
Vagas
90
3,46
-
-
-
-
-
-
-
-
-
1.868
-
595
3,14
347
-
-
30
-
-
218
649
3,86
-
2.017
-
7,27
3,11
Fonte: Sistema de Informações Gerenciais – SIG
Este indicador é fundamental para que a Instituição faça uma análise crítica dos cursos
que oferece, levando em consideração, especialmente, as demandas e os arranjos produtivos
locais e regionais.
Observa-se um sensível crescimento nos índices dos cursos de nível médio e técnico
durante o período contemplado, e um ligeiro crescimento dos superiores em relação ao ano de
2006. Merece destaque a significativa demanda do curso Técnico em Açúcar e Álcool, o que
reflete exatamente as demandas do atual mercado de trabalho. Acerca do curso superior de
Tecnologia em Análise e Desenvolvimento de Sistemas, observou-se uma queda do índice no 2º
semestre, o que pode ser explicado pela oferta do curso pela segunda vez no ano.
É cada vez maior a oferta de educação superior privada neste município, bem como a
possibilidade de acesso através de inúmeros programas governamentais (ENEM, PROUNI, etc.).
Portanto, tem-se uma dispersão dos candidatos pelas várias instituições locais, considerando
também a diversidade de cursos que elas oferecem e que ainda não são contemplados por esta
Instituição.
Ressaltamos que, o CEFET-Uberaba realiza um contínuo trabalho de divulgação
institucional, especialmente nas escolas públicas de ensino médio de Uberaba e região e também
por meio da “Feira de Profissões” e “Feira de Novos Produtos”, realizadas anualmente e abertas
a toda comunidade.
Relação Ingressos / alunos matriculados
Objetivo: Quantificar a taxa de ingressos em relação ao total de alunos
Indicador =
Números de Ingressos
Alunos matriculados
x 100
Ingressos: Número de ingressos por meio de vestibular, processos seletivos e outras formas de ingresso.
Alunos matriculados: O número de alunos em cada ano corresponde ao total de matrículas no mesmo ano
(matrículas do período anterior + ingressos + matrículas reativadas)
Centro Federal de Educação Tecnológica de Uberaba
Relatório de Gestão - 2007
56
Relação Ingressos / alunos matriculados
Nível
2005
ENSINO MÉDIO
TÉCNICO
TECNOLÓGICO
TOTAL
Matrículas
Ingressos
Índice %
273
1509
376
2.158
90
407
77
574
32,96
26,97
20,47
26,59
Matrículas
Ingressos
Índice %
259
1.858
461
2.578
98
421
105
624
37,84
22,66
22,78
24,09
Nível
2006
ENSINO MÉDIO
TÉCNICO
TECNOLÓGICO
TOTAL
Nível
2007
ENSINO MÉDIO
TÉCNICO
TECNOLÓGICO
SUPERIOR
TOTAL
Matrículas
Ingressos
Índice %
290
2.091
652
30
3.063
91
410
181
30
712
31,38
19,61
27,76
100,00
23,25
Fonte: Sistema de Informações Gerenciais – SIG
Através deste indicador percebe-se a taxa de reposição de alunos na instituição. Os
índices apresentados demonstram uma taxa de reposição em 2007 de 23,25%, mantendo-se o
padrão dos dois anos anteriores.
Ressaltamos que, a abertura de novos cursos, como citado anteriormente, incrementou os
ingressos em 24,04%, enquanto as matrículas obtiveram uma elevação de 41,93%, em relação ao
período de 2005 a 2007.
Índice de Retenção do Fluxo Escolar
Objetivo: Quantificar a taxa de retenção do fluxo escolar em relação ao total de alunos.
Índice =
Alunos retidos (reprovação + trancamento)
Alunos matriculados
x 100.
Retenção: Número de alunos que trancaram o curso ou foram reprovados (retenção escolar)
Alunos matriculados: O número de alunos em cada ano corresponde ao total de matrículas no mesmo ano.
Relação Reprovação + Trancamento / Alunos matriculados
2005
Retenção escolar
Reprovaç Trancam
Total
ão
ento
Cursos
Técnico Agrícola com Habilitação em Agricultura
Técnico Agrícola com Habilitação em Agroindústria
Técnico Agrícola com Habilitação em Agropecuária
Técnico Agrícola com Habilitação em Zootecnia
-
01
01
Centro Federal de Educação Tecnológica de Uberaba
Relatório de Gestão - 2007
01
01
Alunos
matricu
lados
Índice
(%)
264
156
104
273
0,38
0
0
0,37
57
2005
Retenção escolar
Reprovaç Trancam
Total
ão
ento
Cursos
Técnico em Desenvolvimento de Comunidades
Técnico em Informática
Técnico em Nutrição e Dietética
Ensino Médio
Tecnologia em Desenvolvimento Social
Tecnologia em Irrigação e Drenagem
Tecnologia em Gestão Ambiental
TOTAL
33
33
02
04
02
10
02
33
04
02
43
Alunos
matricu
lados
Índice
(%)
69
439
204
273
150
85
141
2.158
0
0,46
0
12,08
2,67
2,35
0
1,99
Alunos
matricu
lados
Índice
(%)
Fonte: Sistema de Informações Gerenciais – SIG
2006
Retenção escolar
Reprovaç Trancam
Total
ão
ento
Cursos
Técnico Agrícola com Habilitação em Agricultura
Técnico Agrícola com Habilitação em Agroindústria
Técnico Agrícola com Habilitação em Agropecuária
Técnico Agrícola com Habilitação em Zootecnia
Técnico em Análise e Produção de Açúcar e Álcool
Técnico em Desenvolvimento de Comunidades
Técnico em Informática
52
03
04
03
56
344
171
66
348
34
86
559
Técnico em Nutrição e Dietética
14
03
17
250
Ensino Médio
Tecnologia em Desenvolvimento Social
Tecnologia em Irrigação e Drenagem
Tecnologia em Gestão Ambiental
Tecnologia em Análise e Desenvolvimento de Sistemas
TOTAL
Fonte: Sistema de Informações Gerenciais – SIG
31
97
01
02
13
31
01
02
110
259
168
96
167
30
2.578
1,92
19,15
0,72
6,45
7,14
11,97
2,27
2,50
4,26
2007
Cursos
- Retenção Escolar
Reprovaç Trancam
Total
ão
ento
Alunos
Matricul
ados
Indice
(%)
5
2
437
131
1,14
1,53
Técnico Agrícola com Habilitação em Agricultura
Técnico Agrícola com Habilitação em Agroindústria
-
5
2
Técnico Agrícola com Habilitação em Agropecuária
-
-
-
41
-
Técnico Agrícola com Habilitação em Zootecnia
-
5
5
423
1,18
Técnico em Análise e Produção de Açúcar e Álcool
-
-
-
65
-
Técnico Açúcar e Álcool
Técnico em Desenvolvimento de Comunidades
Proeja - Curso de Educação Profissional de Nível Médio
Técnico em Agroindústria
Técnico em Informática
Técnico em Nutrição e Dietética
Ensino Médio
Ensino Médio PROEJA
Zootecnia - Bacharelado
-
1
1
-
1
1
-
85
44
47
1,18
-
10
2
29
-
6
6
-
16
8
29
-
576
242
243
47
30
2,78
3,31
11,93
-
Centro Federal de Educação Tecnológica de Uberaba
Relatório de Gestão - 2007
58
2007
- Retenção Escolar
Reprovaç Trancam
Total
ão
ento
Cursos
Alunos
Matricul
ados
Indice
(%)
Tecnologia em Desenvolvimento Social
3
-
3
180
1,67
Tecnologia em Irrigação e Drenagem
7
1
8
86
9,30
Tecnologia em Gestão Ambiental
Tecnologia em Análise e Desenvolvimento de Sistemas
7
-
8
6
15
6
180
147
8,33
4,08
Tecnologia em Alimentos
TOTAL
Fonte: Sistema de Informações Gerenciais – SIG
58
2
43
2
101
59
3.063
3,30
O índice de retenção, em relação ao ano de 2005, apresenta uma discreta elevação, contudo
quando comparado a 2006 observa-se uma redução nesse indicador.
Várias medidas visando à melhoria do desempenho dos alunos têm contribuído para
amenizar este problema na instituição, como as citadas a seguir:
1. Discussão e reformulação dos projetos pedagógicos dos cursos com o objetivo de
garantir a efetivação do processo de ensino-aprendizagem;
2. Ampliação do “Programa de Complementação Educacional e Demanda Social”,
oferecendo melhores condições de permanência do aluno na instituição;
3. Nomeação de duas pedagogas, em 2008, para o acompanhamento e articulação das
atividades pedagógicas na instituição;
4. Criação de quatro novas coordenações de curso para melhor acompanhamento das
atividades didático-pedagógicas;
5. Ampliação da organização colegiada (colegiado de cursos);
6. Institucionalização de reuniões pedagógicas semanais de coordenadores e
professores dos diferentes cursos;
7. Aquisição de um laboratório de informática e implementação de quatro laboratórios
para atendimento aos cursos;
8. Criação de mecanismos de acompanhamento e intervenção na elaboração, execução
e avaliação do planejamento do ensino;
9. Estímulo ao aperfeiçoamento do corpo docente;
10. Apoio institucional na realização de atividades complementares e extra-classe;
11. Planejamento coletivo com a equipe pedagógica e docente;
12. Incremento das parcerias com instituições públicas e privadas da região;
13. Realização de reuniões junto à empresa de transporte coletivo e o poder público
municipal na tentativa de sanar as distorções apresentadas.
5.3. INDICADORES DE EFICIÊNCIA
Relação Alunos/Docente em Tempo Integral
Objetivo: Quantificar o número de alunos por docente em tempo integral
Indicador =
alunos matriculados
Docentes em tempo integral
.
Alunos matriculados: O nº de alunos em cada ano corresponde ao total de matrículas no mesmo ano.
Docentes em tempo integral: Professor efetivo e em contrato temporário que presta atividades acadêmicas
exclusivamente em sala de aula, em regime de trabalho de 40 horas semanais. Docentes em regime de
Centro Federal de Educação Tecnológica de Uberaba
Relatório de Gestão - 2007
59
trabalho com menos de 40 horas semanais serão computados proporcionalmente à carga horária (cada
docente com 40 h de trabalho e DE multiplica-se por 1 e com 20 h de trabalho multiplica-se por 0,5).
DOCENTES POR REGIME DE TRABALHO
2005
Docente
2006
2007
20 h
40/DE
Total
20 h
40/DE
Total
Quadro permanente
0
59
59
2
73
75
1
75
76
Substituto
2
11
13
1
8
9
1
12
13
2
70
72
3
81
84
2
87
89
TOTAL
20 h
40/DE
Total
Fonte: Sistema de Informações Gerenciais – SIG
Relação Alunos/Docente em Tempo Integral
CURSOS
(1º e 2º semestres)
Técnico Agrícola com Habilitação em Agricultura
Técnico Agrícola com Habilitação em Agroindústria¹
Técnico Agrícola com Habilitação em Agropecuária¹
Técnico Agrícola com Habilitação em Zootecnia
Técnico em Análise e Produção de Açúcar e Álcool ³
Técnico em Açúcar e Álcool 4
Proeja - Curso de Educação Profissional de Nível Médio
Técnico em Agroindústria 5
Técnico em Desenvolvimento de Comunidades¹
Técnico em Informática
Técnico em Nutrição e Dietética
Ensino Médio
Ensino Médio PROEJA 5
Zootecnia – Bacharelado 5
Tecnologia em Desenvolvimento Social ²
Tecnologia em Irrigação e Drenagem
Tecnologia em Gestão Ambiental
Tecnologia em Análise e Desenvolvimento de Sistemas 4
Tecnologia em Alimentos 5
TOTAL
Fonte: Sistema de Informações Gerenciais – SIG
2005
2006
2007
RELAÇÃO
RELAÇÃO
RELAÇÃO
8,35
7,18
7,08
5,92
2,60
2,60
10,50
9,00
1,95
1,68
21,20
22,70
8,75
8,25
13,00
6,16
5,84
2,04
1,73
4,05
3,37
30,39
16,91
10,53
7,67
17,40
2,15
1,30
16,00
10,40
3,78
4,95
5,20
40,29
24,09
16,53
14,00
12,95
7,31
4,71
4,16
2,93
6,77
5,00
3,75
31,39
9,56
7,62
9,67
11,00
9,00
7,62
3,40
3,10
2,50
4,23
10,00
5,67
26,80
18,50
12,17
8,50
10,12
6,67
2,83
5,45
5,57
4,16
2,52
1,43
3,96
2,43
4,29
6,69
3,75
4,14
37,13
Semestre
1º sem
2º sem
1º sem
2º sem
1º sem
2º sem
1º sem
2º sem
1º sem
2º sem
1º sem
2º sem
1º sem
2º sem
1º sem
2º sem
1º sem
2º sem
1º sem
2º sem
1º sem
2º sem
1º sem
2º sem
1º sem
2º sem
1º sem
2º sem
1º sem
2º sem
1º sem
2º sem
1º sem
2º sem
¹ Este cursos deixaram de ser oferecidos.
Centro Federal de Educação Tecnológica de Uberaba
Relatório de Gestão - 2007
60
² Este curso teve a última turma aberta no 1º período de 2006, com poucos alunos.
³ Este curso teve apenas uma turma especial em 2006, o que leva a uma baixa relação aluno/professor.
4 Este curso teve a sua primeira turma em 2007, com oferta no 1º e 2º semestre
5 Este curso teve a sua primeira turma em 2007, com uma oferta de matrícula no ano.
O índice global da instituição apresentou-se ligeiramente mais elevado devido,
principalmente, à abertura de novos cursos e a elevação do número de vagas em outros, ou seja,
no período discriminado o número de matrículas cresceu 41,93% enquanto a quantidade de
professor em tempo integral ficou no patamar de 23,61%. A perspectiva é que com a elevação do
número de turmas nos cursos em implantação esta relação continue crescendo.
Índice de Titulação do Corpo Docente
Objetivo: Quantificar o índice de titulação do corpo docente – efetivos e substitutos
Índice =
Gx1 + Ax2 + Ex3 + Mx4 + Dx5
G + A + E+ M + D
Onde, G = graduado, A = aperfeiçoado, E = especializado, M = mestre, D = doutor.
Quantitativo de docentes
2005
Discriminação
Prof. Substituto
Graduação
04
Especialização
04
Mestrado
04
Doutorado
01
TOTAL
13
Fonte: Sistema de Informações Gerenciais – SIG
Quadro Efetivo
Total
02
24
27
06
59
06
28
31
07
72
Quadro Efetivo
Total
04
01
20
41
9
75
06
01
24
44
9
84
Quadro Efetivo
Total
4
1
21
36
14
76
8
1
27
37
16
89
2006
Discriminação
Prof. Substituto
Graduação
02
Aperfeiçoamento
Especialização
04
Mestrado
03
Doutorado
TOTAL
09
Fonte: Sistema de Informações Gerenciais – SIG
2007
Discriminação
Prof. Substituto
Graduação
4
Aperfeiçoamento
0
Especialização
6
Mestrado
1
Doutorado
2
TOTAL
13
Fonte: Sistema de Informações Gerenciais – SIG
Centro Federal de Educação Tecnológica de Uberaba
Relatório de Gestão - 2007
61
Titulação do Corpo Docente
2005
2006
2007
CURSOS
Relação
Relação
Relação
Técnico Agrícola com Habilitação em Agricultura (1º e 2º
semestre)
Técnico Agrícola com Habilitação em Agroindústria (1º e 2º
semestre)
Técnico Agrícola com Habilitação em Agropecuária (1º e 2º
semestre)
Técnico Agrícola com Habilitação em Zootecnia (1º e 2º semestre)
3,53
3,53
3,92
3,92
3,75
3,75
3,86
3,86
-
4,40
4,19
4,11
4,50
4,24
4,19
3,10
3,20
3,25
3,31
4,33
4,33
2,85
2,86
3,33
3,33
3,36
3,20
3,29
4,00
3,53
3,53
4,14
4,21
3,74
3,77
3,14
3,62
3,75
3,86
3,72
Técnico em Açúcar e Álcool
-
4,00
4,00
4,08
4,00
3,75
3,75
4,33
4,13
3,00
-
Proeja - Curso de Educação Profissional de Nível Médio Técnico
em Agroindústria
Técnico em Desenvolvimento de Comunidades (1º e 2º semestre)
-
-
Ensino Médio
Ensino Médio PROEJA
3,42
3,42
2,50
2,50
3,58
3,58
3,00
-
3,80
3,75
3,88
3,50
3,75
3,44
3,25
-
Zootecnia – Bacharelado
-
-
3,46
3,46
3,87
3,87
3,95
3,95
-
3,86
3,44
3,77
4,00
3,86
4,12
3,50
-
3,61
3,67
Técnico em Análise e Produção de Açúcar e Álcool
Técnico em Informática (1º e 2º semestre)
Técnico em Nutrição e Dietética (1º e 2º semestre)
Tecnologia em Desenvolvimento Social (1º e 2º semestre)
Tecnologia em Irrigação e Drenagem (1º e 2º semestre)
Tecnologia em Gestão Ambiental (1º e 2º semestre)
Tecnologia em Análise e Desenvolvimento de Sistemas (1º e 2º
semestre)
Tecnologia em Alimentos (1º e 2º semestre)
TOTAL
Fonte: Sistema de Informações Gerenciais – SIG
O índice de titulação do corpo docente tem se elevado a cada ano, resultado do forte
estímulo dado à capacitação, visando sempre aumentar o grau de eficiência desta Instituição.
Cumpre destacar que, este CEFET-Uberaba tem liberado, mesmo que parcialmente, seus
docentes para programas de pós-graduação, assim, 11 professores cursaram doutorado e 02
cursaram mestrado em 2007. Nesse sentido, a perspectiva é de melhoria significativa deste índice
nos próximos anos.
Percentual de Receita Própria
Objetivo: Quantificar a arrecadação de receita própria em relação aos gastos totais
Indicador =
Receita Própria
Gastos totais
x 100
Receita Própria: total de receitas oriundas das vendas de produtos e/ou prestação de serviços
Centro Federal de Educação Tecnológica de Uberaba
Relatório de Gestão - 2007
62
Gastos totais: gastos totais de todas as fontes e todos os grupos de despesa
Receita Própria –2005/2006/2007
2005
2006
2007
-
987,60
-
Taxa Ocupação de Imóveis
2.610,45
1.483,59
81,00
Prod. Vegetal e derivados
28.012,57
52.556,55
26.346,52
Prod. Animal e derivados
133.600,06
91.141,51
81.907,66
Ind. produtos Alimentares
10.112,86
12.332,25
6.761,65
Serviços administrativos
18.112,14
24.804,55
28.273,35
Serviços educacionais
36.711,69
19.419,85
44.566,20
Serviços agropecuários
21.385,54
18.207,49
31.375,51
Serviços hosp. Alimentação
43.864,40
43.432,19
58.462,00
Multas juros prev. contratos
987,16
-
128,10
Remuneração disp. Tes. Nac
15.585,72
9.862,12
10.967,43
310.982,59
274.227,70
Discriminação
Aluguéis
TOTAL
288.869,42
Fonte: Coordenação de Contabilidade e Finanças
Relação Receita Própria / Gastos Totais
Período
Receita Própria
Gastos Totais
Índice (%)
2005
2006
2007
310.982,59
11.111.240,61
2,80
274.227,70
14.555.899,41
1,88
288.869,42
18.358.061,92
1,57
Fonte: Coordenação de Contabilidade e Finanças
Em relação ao período de 2005 a 2007, a redução da receita própria em 7,11% e a grande
elevação dos gastos totais (65%), desencadeada pelo aumento das despesas com pessoal,
investimento e custeio, provocaram a retração deste índice. Contudo, comparada ao ano de 2006
a Receita Própria apresentou uma pequena elevação (5,34%).
As justificativas para a redução da receita própria proveniente da Produção de Vegetais e
Derivados, de Animais e Derivados e Industrialização de Produtos Alimentares, comparadas a
2005, estão evidenciadas a seguir:
A retração da produção de vegetais e derivados ocorreu em função da desistência do
plantio da soja nas duas últimas safras, como medida de controle causado pelo impacto da
“Ferrugem asiática” nesta cultura. E, ainda, pela decisão de não comercializar parte da produção
de milho em grão, gerando um estoque de aproximadamente 240 toneladas que será utilizado no
ano de 2008.
A disfunção que impactou o resultado da produção de origem animal e derivados foi a
alta rotatividade da mão-de-obra terceirizada nos setores de bovinocultura e suinocultura. Diante
disso, a redução na oferta de produtos de origem animal – leite e carne suína - acarretou uma
redução significativa na produção agroindustrial.
Como medida saneadora deste problema, foi implementado um programa de seleção e
treinamento dos funcionários terceirizados, visando à eficiência no desempenho das funções nos
respectivos setores, e dessa forma, o incremento da receita própria.
Centro Federal de Educação Tecnológica de Uberaba
Relatório de Gestão - 2007
63
É importante ressaltar que, os projetos agropecuários de produção se constituem no
principal recurso didático-pedagógico no processo de formação profissional na área de
agropecuária. Esses projetos permitem que no âmbito das Unidades Educativas de Produção,
Pesquisa e Extensão – UEPPE o aluno possa vivenciar os reais problemas que ocorrem na
atividade produtiva, pois têm oportunidade de participar da elaboração, implantação,
desenvolvimento e avaliação dos mesmos. Contudo, nos últimos anos, o CEFET-Uberaba tem
reduzido gradativamente os projetos de produção, priorizando aqueles com dimensões
suficientes para a implementação de projetos de ensino e pesquisa.
Percentual de Gastos com Pessoal
Objetivo: Quantificar o gasto total com pessoal em relação aos gastos totais
Indicador =
Gastos com Pessoal
Gastos totais
x 100
Gastos com pessoal: Total de gastos com servidores ativos, inativos, pensionistas, sentenças
judiciais e precatórios.
Gastos totais: gastos totais de todas as fontes e todos os grupos de despesa
Relação Gastos com Pessoal / Gastos Totais
Período
Gastos com Pessoal
Gastos Totais
Índice (%)
2005
2006
2007
8.304.224,15
11.111.240,61
74,74
11.797.895,00
14.555.899,41
81,05
12.370.669,92
18.358.061,92
67,39
Fonte: Coordenação de Contabilidade e Finanças
O percentual de gastos com pessoal em relação aos gastos totais, no período de 2005 a
2007, apresenta uma redução, embora a despesa de pessoal tenha crescido em torno de 49%.
Essa redução do índice é motivada, principalmente, pela elevação dos gastos com investimentos
(317%) embutidos nos gastos totais, em função da liberação de parte do orçamento para
implantação das Unidades de Ensino Descentralizadas - UNED de Ituiutaba e Paracatu.
Ressaltamos que, os gastos com pessoal atendem as exigências legais e as ocorrências
independem da intervenção desta Instituição.
Percentual de Gastos com Outros Custeios
Objetivo: Quantificar o percentual de gasto com outros custeios em relação aos gastos totais
Indicador =
Gastos com Outros Custeios
Gastos totais
x 100
Gastos com Outros Custeios: Gastos totais de outros custeios menos (-) benefícios, Pasep,
investimentos e inversões financeiras.
Gastos totais: gastos totais de todas as fontes e todos os grupos de despesa
Centro Federal de Educação Tecnológica de Uberaba
Relatório de Gestão - 2007
64
Relação Gastos com Outros Custeios / Gastos Totais
Período
Outros Custeios
Gastos Totais
Índice (%)
2005
2006
2007
1.780.846,09
11.111.240,61
16,03
2.087.118,47
14.555.899,41
14,39
3.022.667,40
18.358.061,92
16,47
Fonte: Coordenação de Contabilidade e Finanças
O crescimento do índice de outros custeios em relação aos gastos totais (2005 a 2007)
demonstra o empenho desta Direção Geral para a captação de recursos, objetivando atender as
demandas e obrigações desta Instituição, que o orçamento disponibilizado não cobre. A captação
de recursos, junto à SETEC/MEC, totalizou 33,56% da despesa total de outros custeios.
Vale destacar que, R$600.000,00 (19,85%) do total de outros custeios em 2007, refere-se
à despesa com a implantação das UNED de Paracatu e Ituiutaba e que o crescimento de 41,94%
no número de alunos matriculados no mesmo período impactaram esse gasto.
Percentual de Gastos com Investimentos
Objetivo: Quantificar o percentual dos gastos em investimento e inversões financeiras em relação
aos gastos totais
Indicador =
Gastos com Investimentos/inv.financeiras
Gastos totais
x 100
Investimentos: Despesa destinada ao planejamento e execução de obras, inclusive as
relacionadas à aquisição de imóveis considerados necessários a realização de obras, bem como, a
programas especiais de trabalho, aquisição de instalações, equipamentos e material permanente e
constituição ou aumento de capital de empresas que não sejam de caráter comercial ou
financeiro.
Inversões financeiras: Despesa com aquisição de imóveis ou bens de capital já em utilização e
também a aquisição de títulos representativos do capital de empresas ou entidades de qualquer
espécie já constituídas, quando a operação não importe aumento do capital e com a constituição
ou aumento do capital de entidades ou empresas que visem a objetivos comerciais ou
financeiros, inclusive operações bancárias ou de seguros.
Gastos totais: gastos totais de todas as fontes e todos os grupos de despesa
Relação Gastos com Investimentos / Gastos Totais
Período
Investimentos
Gastos Totais
Índice (%)
2005
2006
2007
603.220,45
11.111.240,61
5,43
238.510,13
14.555.899,41
1,64
2.514.095,91
18.358.061,92
13,69
Fonte: Coordenação de Contabilidade e Finanças
O percentual dos gastos com investimento diante dos gastos totais apresentou um
relevante aumento no período de 2005 a 2007, principalmente em função do impacto da
Centro Federal de Educação Tecnológica de Uberaba
Relatório de Gestão - 2007
65
implantação das UNED de Ituiutaba e Paracatu. A despesa para a referida implantação
representa 71,6% do total do investimento nesta Instituição.
É importante ressaltar que, só foi possível realizar ações de modernização e recuperação
da infra-estrutura da sede deste CEFET-Uberaba, graças à captação de recursos junto à
SETEC/MEC, no valor de R$634.130,11, uma vez que, o valor para investimento previsto no
orçamento para 2007 foi de apenas R$80.000,00. Ou seja, do limite do Tesouro Nacional
disponibilizado pelo MEC para este CEFET-Uberaba, 96% é utilizado para a manutenção e
somente 4% para investimento.
Percentual de Convênios
Objetivo: Quantificar o percentual de captação de recursos, por meio de convênios ou outros
instrumentos, em relação aos gastos totais.
Indicador =
Total de Convênios
Gastos totais
x 100
Convênio: total de despesas captada, por meio de convênios ou outros instrumentos, com outros
órgãos.
Gastos totais: gastos totais de todas as fontes e todos os grupos de despesa
Quadro Demonstrativo da Captação de Recursos 2005/2006/2007 – (Convênio e
descentralização de créditos)
Ano
Convênio/
Descentralizaç
ao de Crédito
Port.
145/2005
Port.
165/2005
Port.
149/2005
2005
Port.
194/2005
Port.
126/2005
Port.
222/2005
Emenda
Objeto
Concedente
Valor
Realização de obra e serviços de engenharia com a
implantação de rampas para atendimento aos
portadores de deficiência física na Unidade II
Aquisição de insumos agrícolas e material
permanente
Aquisição de acervo, insumos agrícolas;
medicamentos; equipamentos e materiais para
manutenção e conservação de bens imóveis e de
veículos.
Construção de Alojamentos, nas Unidades
Educativas de Produção de Agricultura I e III.
Equipar sala de atendimento do núcleo de inserção
e permanência de pessoas com necessidades
educacionais especiais
Construção da casa da caldeira no Setor de
Agroindústria da Unidade I e aquisição de
equipamentos de informática.
SETEC/MEC
50.241,23
SETEC/MEC
37.757,17
SETEC/MEC
118.864,60
SETEC/MEC
64.600,00
SETEC/MEC
5.000,00
SETEC/MEC
98.000,00
Aquisição de material de consumo.
SETEC/MEC
58.743,00
Realização de serviços pessoa jurídica (cerca) e
aquisição de equipamentos.
CEFET-MG
400.000,00
CONCEFET
Port.
223/2005
Emenda
Mineira
71140011
TOTAL
Centro Federal de Educação Tecnológica de Uberaba
Relatório de Gestão - 2007
833.206,00
66
Ano
Convênio/
Descentralizaç
ao de Crédito
Objeto
Concedente
Port.
012/2006
2006
Pagamento de despesas para participação de
SETEC/MEC
servidor do CEFET-Uberaba no Treinamento do
Sistema SIG, em Brasília, no período de 03 a
07/04/2006
Port.
Descentralização de crédito - despesas dos
SETEC/MEC
015/2006
participantes da capacitação dos servidores das
áreas de execução orçamentária, financeira e
contábil, de 24 a 26.04.2006 no CEFET/RJ Port.
Destaque de crédito orçamentário para atender
SETEC/MEC
015/2006
despesa com passagem de servidor a fim de
participar de reunião de encerramento de exercício.
Port.
Implementação de ações necessárias à implantação
SETEC/MEC
036/2006
do Programa de Integração da Educação
Profissional ao Ensino Médio na Modalidade de
Educação de Jovens e Adultos - PROEJA
Port.
Reparos e Manutenção nos alojamentos da Unidade
SETEC/MEC
122/2006
I desta Instituição
Port.
Construção de alojamento na Unidade I desta
SETEC/MEC
122/2006
Instituição
Port.
Aquisição de equipamentos de informática e
SETEC/MEC
123/2006
material permanente para equipar laboratório de
informática e Topografia/Geoprocessamento e
insumos agrícolas.
Port.
Aquisição de insumos para o desenvolvimento de
SETEC/MEC
239/2006
projetos pedagógicos deste Centro e de outros
materiais
de
consumo
necessários
ao
funcionamento das atividades administrativas e
pedagógicas, bem como a realização de serviços
nas Unidades I e II.
Port.
Liberação de credito orçamentário referente a
SETEC/MEC
265/2006
emenda CONCEFET.
Port.
DRP Programa PICDT - bolsa de doutorado
CAPES/MEC
001/2006
PAdm
Construção de Salas de Aula
Prefeitura
11268/06
Municipal de
Uberaba
TOTAL
Ano
2007
Convênio/
Descentralizaç
ao de Crédito
Portaria
628/2007
Portaria
361/2007
Portaria
361/2007
Portaria
426/2007
Portaria
590/2007
Portaria
528/2007
Valor
1.013,59
3.130,16
2.482,16
85.928,27
43.400,00
32.600,00
99.837,82
99.556,37
99.954,00
6.970,00
199.999,13
674.871,50
Objeto
Concedente
Aquisição de 01 (um) micro-ônibus para transporte
de estudantes do Ensino Médio desta Instituição
Construção de Portaria na Unidade I do CEFETUBERABA
Aquisição de Material de Consumo necessário ao
funcionamento das atividades administrativas e
pedagógicas.
Recuperação do alojamento da UEPPE de
Zootecnia I e alojamento de hóspede.
Aquisição de Equipamentos e Material Permanente
SETEC/MEC
149.970,00
SETEC/MEC
100.000,00
SETEC/MEC
39.973,45
SETEC/MEC
30.213,00
SETEC/MEC
199.926,24
SETEC/MEC
118.042,88
Aquisição de Material de Consumo - Insumos para
Safra 2007
Centro Federal de Educação Tecnológica de Uberaba
Relatório de Gestão - 2007
Valor
67
Portaria
562/2007
Portaria
426/2007
Portaria
628/2007
Port. DPR
001/2006
Portaria
596/2007
Nota de
Crédito
NC000166
Nota de
Crédito
NC000673
Port. DPR
001/2006
Portaria
628/2007
Aquisição de Material de Consumo e Prestação de
Serviços necessários ao funcionamento das
atividades administrativas e pedagógicas, bem
como a realização de serviços.
Construção de alojamento – Setor de Mecanização
Agrícola
Aquisição de 01 (um) veículo passeio e material
permanente
Programa PICDT - bolsa de doutorado
Construção das UNEDs de Paracatu e Ituiutaba
Pagamento de despesas para participação de
servidores do CEFET-Uberaba no curso para
Multiplicadores em Capacitação de Técnica de
Planejamento - SIMEC
Pagamento de despesas para participação de
servidor do CEFET-Uberaba no I Encontro de
Encerramento de Exercício de 2007
Programa PICDT - bolsa de doutorado
Aquisição de 01 (um) veículo utilitário
SETEC/MEC
199.958,84
SETEC/MEC
34.388,87
SETEC/MEC
73.853,00
CAPES/MEC
20.910,00
SETEC/MEC
2.400.000,00
SPO/MEC
2.180,04
SPO/MEC
1.790,35
CAPES/MEC
1.394,00
SETEC/MEC
75.992,00
TOTAL
3.448.592,67
Fonte: Coordenação de Contabilidade e Finanças
Relação despesas de Convênios / Gastos Totais
Período
Execução de Convênios
Gastos Totais
Índice (%)
2005
2006
2007
829.287,70
11.111.240,61
7,46
674.871,50
14.555.899,41
4,64
3.448.592,67
18.358.061,92
18,79
Fonte: Coordenação de Contabilidade e Finanças
Como mencionado nos itens anteriores, e demonstrado acima houve empenho desta
Instituição em captar recursos para investimento e para manutenção. Cumpre destacar que, do
total captado R$2.400.000,00 refere-se à implantação das UNEDs e R$1.048.592,67 para a
manutenção e modernização da sede desta Instituição, este último em valor superior aos dos anos
anteriores.
Gastos correntes por aluno
Objetivo: Quantificar os gastos por aluno
Indicador =
Total de gastos correntes
Alunos matriculados
.
Gastos correntes: todos os gastos, exceto investimento, capital, precatórios, inativos e
pensionistas.
Alunos matriculados: O número de alunos em cada ano corresponde ao total de matrículas no
mesmo ano.
Centro Federal de Educação Tecnológica de Uberaba
Relatório de Gestão - 2007
68
Gastos correntes por aluno
Custeio
Despesas Correntes
Pessoal
Benefícios
Alunos
Matriculados
Gasto/aluno
8.616.317,47
2.158
3.992,73
Total
Alunos
Matriculados
Gasto/aluno
12.197.481,04
2.578
4.731,37
3.063
4.186,17
Total
2005
1.780.846,09
Custeio
6.412.521,46
422.949,92
Despesas Correntes
Pessoal
Benefícios
2006
2.087.118,47
9.677.986,76
432.375,81
2007
3.033.631,46
9.348.942,80
439.664,63
12.822.238, 89
Fonte: Coordenação de Contabilidade e finanças/SIG
Comparando o valor obtido no período 2005 a 2007 observa-se uma elevação de 4,84% do custo
aluno, enquanto, o crescimento de alunos matriculados ficou no patamar de 41,94%. Este
crescimento de alunos matriculados deu-se graças ao empenho desta Instituição no sentido de
traçar políticas visando à expansão do ensino público.
É relevante salientar que, no total das despesas correntes está incluído o valor de R$
600.000,00, relativo à implantação das UNEDs, que vem impactar na elevação do custo por
aluno da sede do CEFET-Uberaba, no período analisado.
Face ao exposto, considerando os percentuais do custo aluno e aluno matriculado concluise que, em termos proporcionais de elevação, o aspecto da economicidade na aplicação dos
recursos públicos está constatado.
Centro Federal de Educação Tecnológica de Uberaba
Relatório de Gestão - 2007
69
6. PREVIDÊNCIA COMPLEMENTAR PATROCINADA
Não há informações a relatar sobre a Previdência Complementar Patrocinada, nos termos
do item 04 do Conteúdo Geral por Natureza Jurídica, Anexo II da Decisão Normativa nº.
85/2007, expedida pelo Tribunal de Contas da União.
Centro Federal de Educação Tecnológica de Uberaba
Relatório de Gestão - 2007
70
7. INSTITUIÇÕES BENEFICIADAS POR RENÚNCIA FISCAL
Não há informações a relatar sobre o assunto, nos termos do item 06 do Conteúdo Geral por
Natureza Jurídica, Anexo II da Decisão Normativa nº. 85/2007, expedida pelo Tribunal de
Contas da União.
Centro Federal de Educação Tecnológica de Uberaba
Relatório de Gestão - 2007
71
8. OPERAÇÕES DE FUNDOS
Não há informações a relatar sobre Operações de Fundos, nos termos do item 07 do
Conteúdo Geral por Natureza Jurídica, Anexo II da Decisão Normativa nº. 85/2007, expedida
pelo Tribunal de Contas da União.
Centro Federal de Educação Tecnológica de Uberaba
Relatório de Gestão - 2007
72
9. CONTEÚDOS ESPECÍFICOS POR UJ
Não há informações a relatar sobre Conteúdos Específicos por UJ ou Grupo de Unidades
Afins, nos termos do item 2 do Anexo II e Anexo X da Decisão Normativa nº. 85/2007,
expedida pelo Tribunal de Contas da União.
Centro Federal de Educação Tecnológica de Uberaba
Relatório de Gestão - 2007
73
10. CONSIDERAÇÕES FINAIS
A despeito das dificuldades que enfrentamos com relação a fatores orçamentáriofinanceiro e administrativo, o CEFET-Uberaba conseguiu um desempenho satisfatório, que
resultou numa evolução positiva, a exemplo do número de alunos matriculados, avanços na
pesquisa e extensão, entre outros.
Em 2007, o CEFET-Uberaba participou da segunda fase do Plano de Expansão da Rede
Federal de Educação Tecnológica, por meio da Chamada Pública MEC/SETEC Nº. 001/2007,
quando foi autorizada a criação das Unidades de Ensino Descentralizadas - UNED de Ituiutaba
e Paracatu, que se encontram em fase de implantação.
Em relação ao Ensino, ocorreu um crescimento do total de matrículas, com destaque para
os Cursos Técnico Agrícola com habilitação em Agricultura e Zootecnia, Técnico em
Informática e Tecnologia em Gestão Ambiental. A variação do total de alunos matriculados foi
de 41,94%, em relação a 2005. Cumpre destacar que, em 2007 foram criados cinco cursos em
atendimento às demandas e aos anseios locais e regionais: Curso Técnico em Açúcar e Álcool;
Superior em Tecnologia de Alimentos e Bacharelado em Zootecnia e Ensino Médio e Técnico
em Agroindústria, ambos na modalidade de Educação de Jovens e Adultos – PROEJA.
No que concerne à Pesquisa, esta Instituição aumentou a sua atuação, especialmente, com
os projetos de pesquisas relativos ao Programa P&D do CEFET-Uberaba. O avanço da
iniciação científica foi alavancado pela prática dos trabalhos de conclusão de curso - TCC
relativos ao Programa de Iniciação Científica – PIC, que é um dos componentes curriculares dos
projetos pedagógicos de cursos superiores. Ainda, merecem destaque os projetos de pesquisa,
com vínculo ao Programa de Qualificação Docente – mestrado/doutorado, em desenvolvimento
ou concluídos em 2007. Possuindo um quadro de professores qualificados, 47% de mestres e
18% de doutores, o CEFET-Uberaba cadastrou 11 grupos de pesquisa junto ao CNPq.
O CEFET-Uberaba, por meio de Programas, Projetos, Cursos de Extensão, Prestação de
Serviços Institucional e outros eventos, desenvolveu atividades pertinentes à Extensão,
incrementando o exercício do seu papel social. Avançamos na participação e promoção de
eventos, no sentido de integrar-se e interagir com a comunidade em que está inserido,
contextualizando suas atividades e prestando serviços diretos, nas áreas de ensino e
profissionalização. Avançamos, também, na realização de parcerias com a finalidade de oferta de
curso profissionalizante. Enfim, estas atividades ultrapassaram os padrões existentes, agregando
valor às ações, proporcionando grande estímulo à qualificação profissional e contribuindo para
uma mudança positiva na sociedade.
Em relação à qualificação do corpo docente, ressaltamos que, 13 professores cursaram
Cursos de Pós-Graduação, sendo 02 em nível de mestrado e 11 de doutorado. O CEFET-Uberaba
ofereceu alguns cursos voltados para a qualificação dos servidores, no entanto, consideramos
que, ainda, são insuficientes para a adequada capacitação.
Em se tratando de investimentos, foi possível a modernização de parte da infra-estrutura,
por meio da aquisição de um novo laboratório de informática e atualização dos equipamentos de
um já existente; aquisição de veículos - micro-ônibus, utilitário e passeio; equipamentos de
informática e mobiliário para apoio pedagógico e administração; construção de 01 alojamento e
da Portaria na Unidade I, dentre outros.
Centro Federal de Educação Tecnológica de Uberaba
Relatório de Gestão - 2007
74
É importe enfatizar que, a amplitude e expansão da atuação desta Instituição no exercício
de 2007 representam a realização de um trabalho pedagógico-administrativo, voltado para a
melhoria do desempenho institucional e pautado nos princípios básicos da economicidade, da
legalidade, da impessoalidade, da moralidade, da igualdade, da publicidade e da probidade
administrativa.
Nesta perspectiva, o CEFET-Uberaba propicia a formação do cidadão como pessoa
humana, com autonomia intelectual e pensamento crítico, promovendo, também, a compreensão
dos fundamentos científicos e tecnológicos dos processos produtivos. Dessa forma, responde às
exigências do mundo do trabalho, aos anseios da comunidade e cumpre o seu papel de relevância
estratégica para o desenvolvimento da região.
Centro Federal de Educação Tecnológica de Uberaba
Relatório de Gestão - 2007
75
ANEXO A – Demonstrativo de Tomadas de Contas Especiais
Não há informações a relatar sobre Tomadas de Contas Especiais, nos termos do item 12
do Conteúdo Geral por Natureza Jurídica, Anexo II da Decisão Normativa nº. 85/2007, expedida
pelo Tribunal de Contas da União.
Centro Federal de Educação Tecnológica de Uberaba
Relatório de Gestão - 2007
76
ANEXO B – Demonstrativo de perdas, extravios ou outras irregularidades.
Não há informações a relatar sobre perdas, extravios ou outras irregularidades, nos
termos do item 13 do Conteúdo Geral por Natureza Jurídica, Anexo II da Decisão Normativa nº.
85/2007, expedida pelo Tribunal de Contas da União.
Centro Federal de Educação Tecnológica de Uberaba
Relatório de Gestão - 2007
77
ANEXO C – Despesas com Cartão de Crédito Corporativo
Tabela 1 - Cartão de crédito corporativo: série histórica das despesas pagas mediante fatura
2005
2006¹
2007²
-
1.055,55
11.331,01
Fonte: Coordenação de Contabilidade e Finanças
¹ A utilização do Cartão corporativo iniciou-se no mês de novembro/2006
² Saldo total de fatura: 11.700,51 (-) 369,30 (acertos - cobrança indevida e cancelamento de Ordem Bancária) =
11.331,01
Tabela 2 - Cartão de crédito corporativo: detalhamento das despesas pagas mediante fatura
Descrição da
ocorrência
Justificativa (finalidade)
Responsável
Valor
Suprimento de fundos 03/2007
Material de consumo
Revisão Pálio
Cópia de chaves
Reparo do alternador e motor de partida do caminhão 608 e
Van
Reparos, consertos, lubrificação e 06 máquinas de costura.
Sivaldo Silva de
Sousa
Sivaldo Silva de
Sousa
Sivaldo Silva de
Sousa
Sivaldo Silva de
Sousa
200,00
60,00
161,65
600,00
Suprimento de fundos 05/2007
Material de consumo
Material para pintura do laboratório de solos e sala de
professores
Espiral para encadernação de apostila
Peças para conserto do veículo Saveiro
Peças para conserto do motor de partida do Trator Ford 6610
Peças para conserto do veículo Santana
Filtro para o veículo Van Sprinter
Materiais para confecção de armários da Biblioteca e
Reprografia
Peças para conserto do veículo Palio
Materiais para confecção de armários Agroindústria
Peças p/montagem do laboratório de informática - sl. 15 da
Unidade I
Peças para conserto do liquidificador - Laboratório Nutrição
e Dietética
Suprimento de fundos 07/2007
Material de consumo
Peça para o motor elétrico do elevador de grãos do silo
graneleiro
Conector para ligação de energia - projeto de irrigação e
drenagem
Ducha para banheiro dos alunos - suinocultura
Material p/ instalação de projetor de multimídia - lab.
Informática Unidade II
Peças para veículo Gol GMF 0037
Centro Federal de Educação Tecnológica de Uberaba
Relatório de Gestão - 2007
Pedro Margatto da
Fonseca
Pedro Margatto da
Fonseca
Pedro Margatto da
Fonseca
Pedro Margatto da
Fonseca
Pedro Margatto da
Fonseca
Pedro Margatto da
Fonseca
Pedro Margatto da
Fonseca
Pedro Margatto da
Fonseca
Pedro Margatto da
Fonseca
Pedro Margatto da
Fonseca
Pedro Margatto da
Fonseca
149,30
Pedro Margatto da
Fonseca
Pedro Margatto da
Fonseca
Pedro Margatto da
Fonseca
Pedro Margatto da
Fonseca
Pedro Margatto da
Fonseca
96,00
5,00
143,10
216,04
168,00
45,00
130,00
140,00
50,00
672,00
65,00
60,00
175,00
400,00
226,60
78
Material para laboratório de informática
Correia altern. GOL e palheta limpador parabrisa Toyota
Suprimento de fundos 08/2007
Serviços em geral
Serviço de cópia de chaves
Conserto de motor de partida e gerador - Van Sprinter
Alinhamento de direção e alinhamento e balanceam.veic.
Pálio
Suprimento de fundos 09/2007
Pedro Margatto da
Fonseca
Pedro M. Fonseca
60,00
Sivaldo Silva de
Sousa
Sivaldo Silva de
Sousa
Sivaldo Silva de
Sousa
171,00
27,40
282,92
69,00
Material de consumo
Material para recuperação das roçadeiras de jardim
Suprimento de fundos 10/2007
Francisco F.Duarte
100,00
Material de consumo
Cabos para bomba de irrigação
Pedro Margatto da
Fonseca
Pedro Margatto da
Fonseca
Pedro Margatto da
Fonseca
Pedro Margatto da
Fonseca
Pedro Margatto da
Fonseca
Pedro Margatto da
Fonseca
Pedro Margatto da
Fonseca
Pedro Margatto da
Fonseca
Pedro Margatto da
Fonseca
Pedro Margatto da
Fonseca
Pedro Margatto da
Fonseca
Pedro Margatto da
Fonseca
Pedro Margatto da
Fonseca
Pedro Margatto da
Fonseca
Pedro Margatto da
Fonseca
Pedro Margatto da
Fonseca
456,70
Broca para perfurar cruzetas de postes - Unidade I
Válvula de partida a frio do veículo Saveiro
Vareta para solda oxigênio
Material para bomba de irrigação
Disco para tacógrafo para Van, Ônibus e Caminhão.
Fonte p/ servidor, em reposição às que foram queimadas por
de descarga elétrica.
Cabo para aparelho de som volante (móvel)
Máquina de vidro pta dianteira esquerda para veículo Palio
Jogo de calotas para veículo Santana
Material para remendo de pneus
Tinta para marcador de quadro branco
Polia e lâmpada para veículo Gol 1.6 e retrovisor para Toyota
Escareador para tapa-furo e material para confecção de
armários e mesas em MDF
Ponteiras p/ parafuso especial p/ confecção de armários e
mesas em MDF
Material para confecção de armários e mesas de computação
66,00
64,00
52,00
217,00
24,00
144,00
93,00
80,00
30,00
25,00
17,20
81,50
170,00
56,00
377,60
Suprimento de fundos 13/2007
Material de consumo
Material para conserto das gaiolas da suinocultura
Broca para furadeira (piso, fixação de gaiolas - suinocultura)
Material especial para limpeza pesada - ginásio de esportes
Material para fixação das gaiolas de gestação - suinocultura
Conexões para ligação tanque do Ônibus 364
Torneira para panela industrial - Refeitório
Peças para conserto dos veículos Santana e Saveiro
Centro Federal de Educação Tecnológica de Uberaba
Relatório de Gestão - 2007
Pedro Margatto da
Fonseca
Pedro Margatto da
Fonseca
Pedro Margatto da
Fonseca
Pedro Margatto da
Fonseca
Pedro Margatto da
Fonseca
Pedro Margatto da
Fonseca
Pedro M. Fonseca
149,00
9,80
353,50
330,00
65,00
60,00
280,00
79
Material para recuperação do andaime
Papel A4 colorido para confecção de cédulas eleitorais para
eleição Diretor Geral
Borracha para vidro da porta do Saveiro
Material p/ laboratório de informática para atendimento a
aluno deficiente visual
Material para manutenção laboratório de informática
Pedro Margatto da
Fonseca
Pedro Margatto da
Fonseca
Pedro Margatto da
Fonseca
Pedro Margatto da
Fonseca
Pedro Margatto da
Fonseca
27,00
15,20
30,00
29,00
105,50
Suprimento de fundos 14/2007
Serviços em geral
Serviço de cópia de chaves
Alinhamento de direção e balanceamento rodas veículos
Pálio, Gol e Santana.
Conserto de 03 motores de partida
Sivaldo Silva de
Sousa
Sivaldo Silva de
Sousa
Sivaldo Silva de
Sousa
102,00
123,00
353,00
Suprimento de fundos 17/2007
Material de consumo
Fita para filmadora Sony
Fio sisal para utilização na horta
Alicate bomba d'água para manutenção hidráulica
Material para reparo de cadeiras
Bateria para telefone sem fio
Material elétrico para manutenção de laboratórios da Unidade
I
Material elétrico para manutenção da casa de bombas
Material para conserto da moto placa GYK 3250
Tubos de ferro para reparos na Suinocultura
Fechadura para porta da Van
Mola para acelerador do Caminhão 608
Bomba de injeção veículo Saveiro
Pedro Margatto da
Fonseca
Pedro Margatto da
Fonseca
Pedro Margatto da
Fonseca
Pedro Margatto da
Fonseca
Pedro Margatto da
Fonseca
Pedro Margatto da
Fonseca
Pedro Margatto da
Fonseca
Pedro Margatto da
Fonseca
Pedro Margatto da
Fonseca
Pedro Margatto da
Fonseca
Pedro Margatto da
Fonseca
Pedro Margatto da
Fonseca
30,60
66,53
29,00
12,00
17,90
314,52
21,00
91,00
110,00
427,91
2,09
107,45
Suprimento de fundos 18/2007
Serviços em geral
Serviço de conserto de 03 alternadores
Alinhamento de direção, balanceamento rodas dos veículos
Palio e Santana.
Suprimento de fundos 19/2007
Material de consumo
Filtro para Van
Relê para substituição no poço artesiano - Unidade I
Peças para conserto do micro-trator Goldoni
Fechadura para caminhão 608
Fita para máquina de escrever da Biblioteca
Sivaldo Silva de
Sousa
Sivaldo Silva de
Sousa
214,80
Pedro Margatto da
Fonseca
Pedro Margatto da
Fonseca
Pedro Margatto da
Fonseca
Pedro Margatto da
Fonseca
Pedro Margatto da
Fonseca
39,30
90,00
138,00
134,00
35,10
13,60
Suprimento de fundos 21/2007
Centro Federal de Educação Tecnológica de Uberaba
Relatório de Gestão - 2007
80
Material de consumo
Peças para conserto do Trator Goldoni
Vermífugo para animais
Produto de limpeza para veículos e equipamentos agrícolas
Cid Humberto
Ferreira
Cid Humberto
Ferreira
Cid Humberto
Ferreira
TOTAL
355,00
520,00
102,20
11.331,01
Fonte: Coordenação de Contabilidade e Finanças
PCD – Proposta e Concessão de Diárias
Tabela 3 - Cartão de crédito corporativo: série histórica dos saques efetuados
2005
2006¹
2007²
-
8.789,00
26.074,26
Fonte: Coordenação de Contabilidade e Finanças
¹ A utilização do Cartão corporativo iniciou-se no mês de novembro/2006
² Saldo total de saques 26.841,00 (-) 766,74 (Depósitos através de GRU) = 26.074,26
Tabela 4 - Cartão de crédito corporativo: detalhamento dos saques efetuados em 2007
Descrição da
ocorrência
Justificativa (finalidade)
Responsável
Valor
Francisco Fransuí
Andrade Duarte
Francisco Fransuí
Andrade Duarte
Francisco Fransuí
Andrade Duarte
Francisco Fransuí
Andrade Duarte
Francisco Fransuí
Andrade Duarte
Francisco Fransuí
Andrade Duarte
Francisco Fransuí
Andrade Duarte
Francisco Fransuí
Andrade Duarte
Francisco Fransuí
Andrade Duarte
Francisco Fransuí
Andrade Duarte
Francisco Fransuí
Andrade Duarte
Francisco Fransuí
Andrade Duarte
Francisco Fransuí
Andrade Duarte
Francisco Fransuí
Andrade Duarte
Francisco Fransuí
Andrade Duarte
Francisco Fransuí
Andrade Duarte
Francisco F. Duarte
80,00
Suprimento de fundos 01/2007
Material de consumo
Material p/ recuperação de carteiras, fixação de lixeiras e
lima triangular p/ serra-fita
Filtro utilizado na ordenhadeira e agulhas p/ uso veterinário
Material para fixação de lixeiras
Brincos p/ marcação de animais e luvas p/ inseminação
artificial
Corrente de aço e clips para confecção de carretas
Tinta para piso
Material para recuperação da roçadeira hidráulica
Peças usadas na revisão do gol GMF0037
Borracha para reposição na ordenhadeira mecânica
Cola veda-calha
Grafite para ser usado na plantadeira de sementes
Tela de aço para conserto do galpão de frango de corte
Material utilizado para aula prática de bovinocultura
Peças de PVC usadas na irrigação
Peças e material usado na roçadeira hidráulica e motor de
irrigação
Peça para trator MF290
Câmaras de ar para carrinhos-de-mão
Centro Federal de Educação Tecnológica de Uberaba
Relatório de Gestão - 2007
170,00
10,50
120,80
30,00
45,90
120,00
50,00
50,00
25,00
20,00
120,00
340,00
90,00
141,00
19,00
30,00
81
Serviços em geral
Tela de aço para conserto do silo p/ proteção contra pequenos
animais
Suprimento de fundos 02/2007
Francisco Fransuí
Andrade Duarte
537,80
Torno e solda em equipamentos agrícolas (micro-trator,
plantadeira e trator)
Pagamento anuidade 2007 - Associação Girolando
Francisco Fransuí
Andrade Duarte
Francisco Fransuí
Andrade Duarte
350,00
Sivaldo Silva de
Sousa
Sivaldo Silva de
Sousa
Sivaldo Silva de
Sousa
Sivaldo Silva de
Sousa
Sivaldo Silva de
Sousa
Sivaldo Silva de
Sousa
Sivaldo S.de Sousa
Sivaldo Silva de
Sousa
Sivaldo Silva de
Sousa
Sivaldo Silva de
Sousa
Sivaldo Silva de
Sousa
Sivaldo Silva de
Sousa
Sivaldo Silva de
Sousa
Sivaldo Silva de
Sousa
Sivaldo Silva de
Sousa
22,20
300,00
Suprimento de fundos 03/2007
Serviços em geral
Serviço ADSL para conexão da internet
Serviço ADSL para conexão da internet
Despesa para emissão de Certidão Negativa junto á Receita
Estadual
Despesa para emissão de N F Avulsa p/conserto equipamento
do Laboratório de Açúcar e Álcool
Despesa com reconhecimento de firma em documentos
Despesa para obtenção de alvará de funcionamento do
Abatedouro
Serviço ADSL para conexão da internet
Despesa com reconhecimento de firma em documentos
Despesa com reconhecimento de firma em documentos
Despesa encaminhamento de equip. p/conserto - do
Laboratório de Açúcar e Álcool
Reparo em câmara frigorífica e máquina de fabricação de
gelo
Instalação e cabeamento rede lógica laboratório sala 15 Unidade II
Serviço ADSL para conexão da internet
Serviço de revisão em portão eletrônico
Troca de bóia, verificação suspiro, regular motor e injeção
elétrica. Veículo GOL
Suprimento de fundos 04/2007
Passagens
rodoviárias
Passagem rod. Uberaba/São Paulo - PCD 21
Passagem rod. São Paulo/ Uberaba - PCD 21
Passagem rod. Uberaba /São Paulo - PCD 20
Passagem rod. São Paulo/ Uberaba - PCD 20
Passagem rod. Uberaba /BH - PCD 14
Passagem rod. BH/ Uberaba - PCD 14
22,20
25,62
10,25
3,31
46,65
22,20
3,31
13,24
33,60
340,00
194,00
22,20
50,00
160,00
Gláucia Faria
Mendes de
Oliveira
Gláucia Faria
Mendes de Oliveira
Gláucia Faria
Mendes de Oliveira
Gláucia Faria
Mendes de Oliveira
Gláucia Faria
Mendes de Oliveira
Gláucia Faria
Mendes de
Oliveira
66,21
Pedro Margatto da
Fonseca
Pedro Margatto da
Fonseca
Pedro Margatto da
Fonseca
35,00
62,11
66,21
62,11
82,15
81,75
Suprimento de fundos 05/2007
Material de consumo
Parafuso para lâmina do trator MF290
Material para lavagem de veículos
Tampa para o botijão de sêmen
Centro Federal de Educação Tecnológica de Uberaba
Relatório de Gestão - 2007
70,00
110,00
82
Suprimento de fundos 06/2007
Combustíveis em
viagens a
serviço
Gasolina - GMF 4760 - ref. PCD 07/07
Gasolina - GMF 4760 - ref. PCD 07/07
Gasolina - GMF 4760 - ref. PCD 07/07
Álcool - GMF 4290 - ref. PCD 06/07
Gasolina - GMF 4760 - ref. PCD 16//07
Gasolina - GMF 4760 - ref. PCD 24//07
Gasolina - GMF 4760 - ref. PCD 24//07
Gasolina - GMF 4760 - ref. PCD 28/07
Gasolina - GMF 4760 - ref. PCD 28/07
Gasolina - GMF 4760 - ref. PCD 28/07
Gasolina - GMF 4760 - ref. PCD 33/07
Gasolina - GMF 4760 - ref. PCD 28/07
Gasolina - GMF 4760 - ref. PCD 33/07
Gasolina - GMF 4760 - ref. PCD 28/07
Gasolina - GMF 4760 - ref. PCD 41/07
Gasolina - GMF 4760 - ref. PCD 41/07
Gasolina - GMF 4760 - ref. PCD 44/07
Gasolina - GMF 4760 - ref. PCD 44/07
Gasolina - GMF 4760 - ref. PCD 44/07
Gasolina - GMF 4760 - ref. PCD 56/07
Álcool - GMF 4760 - ref. PCD 56/07
Álcool - GMF 4760 - ref. PCD 56/07
Cid Humberto
Ferreira
Cid Humberto
Ferreira
Cid Humberto
Ferreira
Cid Humberto
Ferreira
Cid Humberto
Ferreira
Cid Humberto
Ferreira
Cid Humberto
Ferreira
Cid Humberto
Ferreira
Cid Humberto
Ferreira
Cid Humberto
Ferreira
Cid Humberto
Ferreira
Cid H. Ferreira
Cid Humberto
Ferreira
Cid Humberto
Ferreira
Cid Humberto
Ferreira
Cid Humberto
Ferreira
Cid Humberto
Ferreira
Cid Humberto
Ferreira
Cid Humberto
Ferreira
Cid Humberto
Ferreira
Cid Humberto
Ferreira
Cid Humberto
Ferreira
70,00
60,00
120,00
50,03
100,00
78,26
121,74
55,11
110,00
84,89
50,00
120,00
80,00
109,64
80,00
40,36
115,20
49,80
85,00
150,00
20,00
119,82
Suprimento de fundos 07/2007
Material de consumo
Engrenagem para máquina tipo enceradeira de lavar piso Agroindústria
Rolamento para máquina tipo enceradeira de lavar piso Agroindústria
Aquisição de bicos para pulverizador
Isolador de cerca elétrica
Catraca para cerca elétrica dos pastos
Broca para cerca elétrica/cadeados para o portão da
mecanização
Peças para máquina de podar grama
Centro Federal de Educação Tecnológica de Uberaba
Relatório de Gestão - 2007
Pedro Margatto da
Fonseca
Pedro Margatto da
Fonseca
Pedro Margatto da
Fonseca
Pedro Margatto da
Fonseca
Pedro Margatto da
Fonseca
Pedro Margatto da
Fonseca
Pedro Margatto da
Fonseca
65,00
25,00
90,00
240,00
184,00
76,00
275,00
83
Suprimento de fundos 08/2007
Serviços em geral
Instalação e configuração de projetor multimídia
Serviço de manutenção e reparo em 03 geladeiras
Conserto de panela de pressão industrial
Serviço de espanços hidráulico
Serviço ADSL para conexão da internet
Serviço de SEDEX
Serviço de locação de caminhão munck
Serviço ADSL para conexão da internet
Lavada geral do veículo Pállio
Confecção de placas aço inox GMF 0984 - Oficial - Toyota
Sivaldo Silva de
Sousa
Sivaldo Silva de
Sousa
Sivaldo Silva de
Sousa
Sivaldo Silva de
Sousa
Sivaldo Silva de
Sousa
Sivaldo Silva de
Sousa
Sivaldo Silva de
Sousa
Sivaldo Silva de
Sousa
Sivaldo Silva de
Sousa
Sivaldo Silva de
Sousa
388,00
Francisco Fransuí
Andrade Duarte
Francisco F. Duarte
Francisco Fransuí
Andrade Duarte
Francisco Fransuí
Andrade Duarte
Francisco Fransuí
Andrade Duarte
Francisco Fransuí
Andrade Duarte
Francisco Fransuí
Andrade Duarte
350,00
Pedro Margatto da
Fonseca
Pedro Margatto da
Fonseca
Pedro Margatto da
Fonseca
6,00
510,00
145,50
38,80
22,20
24,60
181,29
22,20
40,00
58,20
Suprimento de fundos 09/2007
Material de consumo
Vacinas para animais
Mangueiras para trator maconel
Peças para a moto-serra e roçadeiras de grama
Produto utilizado no expurgo do milho armazenado
Material para conserto da roçadeira hidráulica
Braço da direção hidráulica do Trator MF 290
Bateria para o trator MF290
90,00
170,00
60,00
110,00
110,00
230,00
Suprimento de fundos 10/2007
Material de consumo
Fusível para equipamento de irrigação
Óculos de proteção para solda
Broca para perfurar chapa de aço
19,00
21,00
Suprimento de fundos 11/2007
Passagens
rodoviárias
Passagem rod. Uberaba /BSB - sem ônus de diárias
Passagem rod.BSB/ Uberaba - sem ônus de diárias
Passagem rod. Uberaba /Londrina - PCD 69
Passagem rod. Londrina/Rib. Preto - PCD 69
Passagem rod. Rib. Preto/ Uberaba - PCD 69
Passagem rod. Uberaba /Santos - sem ônus de diárias
Passagem rod.Santos/ Uberaba - sem ônus de diárias
Passagem rod. Uberaba /BH - PCD 70
Centro Federal de Educação Tecnológica de Uberaba
Relatório de Gestão - 2007
Gláucia Faria
Mendes de
Oliveira
Gláucia Faria
Mendes de Oliveira
Gláucia Faria
Mendes de Oliveira
Gláucia Faria
Mendes de Oliveira
Gláucia Faria
Mendes de Oliveira
Gláucia Faria
Mendes de Oliveira
Gláucia Faria
Mendes de Oliveira
Gláucia M.Oliveira
70,25
70,00
82,00
56,65
21,71
76,68
71,63
96,20
84
Passagem rod. BH/Ouro Preto - PCD 70
Passagem rod. Ouro Preto/BH - PCD 70
Passagem rod. BH/ Uberaba - PCD 70
Passagem rod. Uberlândia/ Uberaba - PCD 51
Passagem rod. Uberlândia/ Uberaba - PCD 50
Passagem rod. Lavras/Barbacena - sem ônus de diárias
Passagem rod. Barbacena/Rio Pomba - sem ônus de diárias
Passagem rod. Rio Pomba/Barbacena - sem ônus de diárias
Passagem rod. Barbacena/Bambuí - sem ônus de diárias
Passagem rod. Bambuí/ Uberaba - sem ônus de diárias
Passagem rod. Uberaba /São Paulo - PCD 74
Passagem rod. São Paulo/ Uberaba - PCD 74
Gláucia Faria
Mendes de Oliveira
Gláucia Faria
Mendes de Oliveira
Gláucia Faria
Mendes de Oliveira
Gláucia Faria
Mendes de Oliveira
Gláucia Faria
Mendes de Oliveira
Gláucia Faria
Mendes de Oliveira
Gláucia Faria
Mendes de Oliveira
Gláucia Faria
Mendes de Oliveira
Gláucia Faria
Mendes de Oliveira
Gláucia Faria
Mendes de Oliveira
Gláucia Faria
Mendes de Oliveira
Gláucia Faria
Mendes de Oliveira
17,85
Cid H.Ferreira
Cid Humberto
Ferreira
Cid Humberto
Ferreira
Cid Humberto
Ferreira
Cid Humberto
Ferreira
Cid Humberto
Ferreira
Cid Humberto
Ferreira
Cid Humberto
Ferreira
Cid Humberto
Ferreira
Cid Humberto
Ferreira
Cid Humberto
Ferreira
Cid Humberto
Ferreira
Cid Humberto
Ferreira
Cid Humberto
Ferreira
Cid Humberto
Ferreira
Cid Humberto
Ferreira
Cid Humberto
Ferreira
Cid Humberto
Ferreira
53,48
92,00
16,95
95,80
21,77
21,77
26,40
10,85
10,55
63,90
47,00
87,73
87,66
Suprimento de fundos 12/2007
Combustíveis em
viagens a
serviço
Gasolina- GMF 4760 - ref. PCD 57/07
Gasolina- GMF 4760 - ref. PCD 58/07
Gasolina- GMF 4760 - ref. PCD 58/07
Gasolina- GMF 4760 - ref. PCD 85/07
Álcool - GMF 4290 -ref. PCD 87/07
Gasolina - GMF 4760 - ref. PCD 85/07
Álcool - GMF 4290 -ref. PCD 87/07
Álcool - GMF 4760 -ref. PCD97/07
Gasolina - GMF 4760 - ref. PCD 97/07
Gasolina - GMF 4760 - ref. PCD 98/07
Álcool - HMN 0638 - ref. PCD 92/07
Álcool - HMN 0638 - ref. PCD 98/07
Álcool - GMF 4290 - ref. PCD 105/07
Álcool - GMF 4290 - ref. PCD 105/07
Álcool - GMF 4290 - ref. PCD 105/07
Álcool - GMF 4290 - ref. PCD 105/07
Álcool - GMF 4290 - ref. PCD 105/07
Álcool - HMN 0638 - ref. PCD 106/07
Centro Federal de Educação Tecnológica de Uberaba
Relatório de Gestão - 2007
104,52
100,00
108,16
76,00
103,68
50,00
100,00
90,00
64,06
50,00
93,58
83,30
106,80
94,56
42,69
64,00
85
Álcool - HMN 0638 - ref. PCD 106/07
Álcool - HMN 0638 - ref. PCD 106/07
Cid Humberto
Ferreira
Cid Humberto
Ferreira
65,01
Pedro Margatto da
Fonseca
Pedro Margatto da
Fonseca
Pedro Margatto da
Fonseca
Pedro Margatto da
Fonseca
Pedro Margatto da
Fonseca
Pedro Margatto da
Fonseca
Pedro Margatto da
Fonseca
Pedro Margatto da
Fonseca
Pedro Margatto da
Fonseca
Pedro Margatto da
Fonseca
Pedro Margatto da
Fonseca
Pedro Margatto da
Fonseca
Pedro Margatto da
Fonseca
38,00
60,00
Suprimento de fundos 13/2007
Material de consumo
Material para reposição no equipamento de inseminação
artificial
Faca para máquina da marcenaria
Conexões para ligação tanque do Ônibus 364
Material para conserto das gaiolas da suinocultura
Tinta para pintura do ginásio
Lanterna para veículo Ônibus 364
Rodízio para andaime
Materiais para recuperação da bomba de irrigação
Correia para roçadeira
Conversor 110/220v - peça para reposição na balança da
suinocultura
Material para manutenção laboratório de informática
Vidro para colocação no armário de guardar chaves de
veículos
Material para conserto da rede de dados do consultório
médico/odontológico
Suprimento de fundos 14/2007
Serviços em geral
Serviço ADSL para conexão da internet
Palestra: "Ética"
Serviço de conserto de câmara frigorífica - Agroindústria
Pagamento de despesas para averbação de imóveis
Serviço ADSL para conexão da internet
Publicação: Formação Continuada
Serviço ADSL para conexão da internet
Sivaldo Silva de
Sousa
Sivaldo Silva de
Sousa
Sivaldo Silva de
Sousa
Sivaldo Silva de
Sousa
Sivaldo Silva de
Sousa
Sivaldo Silva de
Sousa
Sivaldo Silva de
Sousa
30,00
3,00
68,00
41,50
20,00
68,00
140,00
30,00
75,62
15,98
5,00
10,90
22,20
200,00
270,00
204,00
22,20
250,00
22,20
Suprimento de fundos 15/2007
Combustíveis em
viagens a
serviço
Diesel GMF 4207 - ref. PCD 114/07
Álcool GMF 4290 - ref. PCD 116/07
Diesel GMF 4207 - ref. PCD 117/07
Gasolina GMF 4760 - ref. PCD 127/07
Gasolina GMF 4760 - ref. PCD 127/07
Gasolina GMF 4760 - ref. PCD 127/07
Centro Federal de Educação Tecnológica de Uberaba
Relatório de Gestão - 2007
Cid Humberto
Ferreira
Cid Humberto
Ferreira
Cid Humberto
Ferreira
Cid Humberto
Ferreira
Cid Humberto
Ferreira
Cid Humberto
Ferreira
97,00
101,95
76,00
84,15
30,00
85,44
86
Álcool GMF 4290 - ref. PCD 140/07
Gasolina GMF 4760 - ref. PCD 142/07
Álcool GMF 4760 - ref. PCD 142/07
Gasolina GMF 4760 - ref. PCD 142/07
Álcool GMF 4760 - ref. PCD 156/07
Gasolina GMF 4760 - ref. PCD 156/07
Álcool GMF 4290 - ref. PCD 143/07
Álcool GMF 4290 - ref. PCD 143/07
Gasolina GMF 4760 - ref. PCD 156/07
Diesel GMF4207 - ref. PCD 149/07
Diesel GMF4207 - ref. PCD 149/07
Álcool GMF4290- ref. PCD 169/07
Álcool GMF4290- ref. PCD 169/07
Diesel GMF4207 - ref. PCD 151/07
Gasolina GMF 4760 - ref. PCD 156/07
Diesel GMF4207 - ref. PCD 16807
Diesel GMF4207 - ref. PCD 171/07
Diesel GMF4207 - ref. PCD 171/07
Diesel GMF4207 - ref. PCD 171/07
Diesel GMF4207 - ref. PCD 176/07
Cid Humberto
Ferreira
Cid Humberto
Ferreira
Cid Humberto
Ferreira
Cid Humberto
Ferreira
Cid Humberto
Ferreira
Cid Humberto
Ferreira
Cid Humberto
Ferreira
Cid Humberto
Ferreira
Cid Humberto
Ferreira
Cid Humberto
Ferreira
Cid Humberto
Ferreira
Cid Humberto
Ferreira
Cid Humberto
Ferreira
Cid Humberto
Ferreira
Cid Humberto
Ferreira
Cid Humberto
Ferreira
Cid Humberto
Ferreira
Cid Humberto
Ferreira
Cid Humberto
Ferreira
Cid Humberto
Ferreira
67,83
96,22
37,00
80,00
50,00
95,00
95,02
54,98
95,00
45,00
105,00
26,36
103,64
79,00
39,00
90,00
28,60
55,82
101,40
78,18
Suprimento de fundos 16/2007
Passagens
rodoviárias
Passagem rod. Uberaba /BSB - PCD 118/07
Passagem rod. BSB/ Uberaba - PCD 118/07
Passagem rod. Uberaba /BH - PCD 138/07
Passagem rod. BH/ Uberaba - PCD 138/07
Passagem rod. Uberaba /BH - PCD 173/07
Passagem rod. Uberaba /BSB - PCD 181/07
Passagem rod. BSB/ Uberaba - PCD 181/07
Passagem rod. BSB/ Uberaba - PCD 182/07
Passagem rod. BH/ Uberaba - PCD 180/07
Centro Federal de Educação Tecnológica de Uberaba
Relatório de Gestão - 2007
Gláucia Faria
Mendes de
Oliveira
Gláucia Faria
Mendes de Oliveira
Gláucia Faria
Mendes de Oliveira
Gláucia Faria
Mendes de Oliveira
Gláucia Faria
Mendes de Oliveira
Gláucia Faria
Mendes de Oliveira
Gláucia Faria
Mendes de Oliveira
Gláucia Faria
Mendes de Oliveira
Gláucia Faria
Mendes de Oliveira
73,15
133,10
96,20
81,75
96,20
137,74
70,00
70,00
96,20
87
Passagem rod. Uberaba /BH - PCD 180/07
Gláucia Faria
Mendes de Oliveira
95,80
Pedro Margatto da
Fonseca
Pedro Margatto da
Fonseca
Pedro Margatto da
Fonseca
Pedro Margatto da
Fonseca
Pedro Margatto da
Fonseca
Pedro Margatto da
Fonseca
Pedro Margatto da
Fonseca
230,00
Sivaldo Silva de
Sousa
Sivaldo Silva de
Sousa
Sivaldo Silva de
Sousa
Sivaldo Silva de
Sousa
Sivaldo Silva de
Sousa
Sivaldo S.de Sousa
Sivaldo Silva de
Sousa
Sivaldo Silva de
Sousa
Sivaldo Silva de
Sousa
22,20
Suprimento de fundos 17/2007
Material de consumo
Chave para motor triturador de cana
Relê, contactor e bobina para bomba de irrigação da AG III
Material para irrigação da horta
Acionador para Trator MF 290
Complemento de óleo do motor Van - em viagem
Bomba de injeção veículo Saveiro
Pastilhas de freio dos veículos Palio e Strada
170,00
145,00
43,00
24,00
8,00
150,00
Suprimento de fundos 18/2007
Serviços em geral
Serviço ADSL para conexão da internet
Locação de caminhão munck
Serviço ADSL para conexão da internet
Serviço de manutenção do motor da bomba do poço artesiano
Serviço de reparo em cadeiras
Serviço de reparo na esmerilhadeira
Limpeza do prédio para realização das provas do concurso
público
Serviço de recarga de cartuchos
Estacionamento de veículo em Belo Horizonte
236,40
22,20
388,00
133,86
55,00
252,20
568,13
12,00
Suprimento de fundos 19/2007
Material de consumo
Chaves para troca de óleo de motor veículos Gol e Pálio
Gasolina GMF 4760 - ref. PCD 176/07
Embalagem para alimentos
Para-raio para o setor de Horticultura
Filtro para os veículos Van, Pálio e Strada
Diesel GMF4207 - ref. PCD 179/07
Lama asfáltica pra vedação de caixas d'água
Material especial para limpeza de quadro branco acrílico
Material para reparo de cadeiras escolares
Gasolina GMF 4760 - ref. PCD 183/07
Gasolina GMF 4760 - ref. PCD 183/07
Gasolina GMF 4760 - ref. PCD 183/07
Centro Federal de Educação Tecnológica de Uberaba
Relatório de Gestão - 2007
Pedro Margatto da
Fonseca
Pedro Margatto da
Fonseca
Pedro Margatto da
Fonseca
Pedro Margatto da
Fonseca
Pedro Margatto da
Fonseca
Pedro Margatto da
Fonseca
Pedro Margatto da
Fonseca
Pedro Margatto da
Fonseca
Pedro Margatto da
Fonseca
Pedro Margatto da
Fonseca
Pedro Margatto da
Fonseca
Pedro M. Fonseca
30,00
80,00
5,00
55,00
64,00
80,00
54,00
95,26
8,00
70,81
31,60
97,59
88
Gasolina GMF 4760 - ref. PCD 184/07
Diesel GMF4207 - ref. PCD 187/07
Diesel GMF4207 - ref. PCD 188/07
Material para reparo de cadeiras escolares
Oxigênio para solda
Faca para roçadeira
Peças para veículo Saveiro
Mangueira para bomba de alta pressão
Fechadura para caminhão 608
Pedro Margatto da
Fonseca
Pedro Margatto da
Fonseca
Pedro Margatto da
Fonseca
Pedro Margatto da
Fonseca
Pedro Margatto da
Fonseca
Pedro Margatto da
Fonseca
Pedro Margatto da
Fonseca
Pedro Margatto da
Fonseca
Pedro Margatto da
Fonseca
87,21
70,00
70,00
70,00
140,00
90,00
180,00
260,00
1,53
Suprimento de fundos 20/2007
Revistas Técnicas
Campo & Negócios / Campo & Negócios H. F.
Ciência Hoje
Mundo Jovem
Revista Agroanalysis
Revista da Nutrição / Brasilian Journal of Nutricion
Revista Ciência e Tecnologia de Alimentos
Bio – Ver. Assoc. Brás. Engenharia Sanitária
Jornal Estado de Minas
Revista Java Plus
Profissão Mestre
Revista P C & Cia
Jornal Folha de São Paulo
Revista Top 2000 Marchador
Revista Cavalos
Revista Indústria de Laticínios
Agrianual 2008
Anualpec 2007
Anualpec 2008
Revista Higiene Alimentar
Revista Ensino Superior
Revista Água Gestão e Sustentabilidade
Revista Discutindo Filosofia
Centro Federal de Educação Tecnológica de Uberaba
Relatório de Gestão - 2007
Pedro Margatto da
Fonseca
Pedro Margatto da
Fonseca
Pedro Margatto da
Fonseca
Pedro Margatto da
Fonseca
Pedro Margatto da
Fonseca
Pedro Margatto da
Fonseca
Pedro Margatto da
Fonseca
Pedro Margatto da
Fonseca
Pedro Margatto da
Fonseca
Pedro Margatto da
Fonseca
Pedro Margatto da
Fonseca
Pedro Margatto da
Fonseca
Pedro Margatto da
Fonseca
Pedro Margatto da
Fonseca
Pedro Margatto da
Fonseca
Pedro Margatto da
Fonseca
168,10
Pedro Margatto da
Fonseca
Pedro Margatto da
Fonseca
Pedro Margatto da
Fonseca
Pedro Margatto da
Fonseca
160,00
80,00
35,00
115,00
120,00
170,00
60,00
478,80
110,00
139,50
116,10
517,50
89,00
60,00
55,00
799,75
55,00
30,00
47,00
89
Revista Discutindo Língua Portuguesa
Revista Geografia e Educação
Pedro Margatto da
Fonseca
Pedro Margatto da
Fonseca
47,00
Cid Humberto
Ferreira
Cid Humberto
Ferreira
Cid Humberto
Ferreira
Cid Humberto
Ferreira
Cid Humberto
Ferreira
Cid Humberto
Ferreira
Cid Humberto
Ferreira
Cid Humberto
Ferreira
Cid Humberto
Ferreira
Cid Humberto
Ferreira
5,04
46,00
Suprimento de fundos 21/2007
Material de consumo
Material para utilização na prova prática do concurso de
técnico em laboratório
Álcool GMF 4290 - PCD 201/07
Álcool GMF 4290 - PCD 193/07
Óleo diesel GMF 4207 - PCD 200/07
Peças para veículo Van
Peças para veículo Van
Álcool GMF 4290 - PCD 193/07
Álcool GMF 4290 - PCD 193/07
Lanternas para ronda noturna dos vigilantes
Bateria para o celular do CEFET-Uberaba
80,00
80,00
70,00
200,00
265,00
99,00
81,00
40,00
40,00
Suprimento de fundos 22/2007
Serviços em geral
Serviço ADSL para conexão da internet
Lavada geral de veículos
Limpeza de bicos e regulagem de motor - veículo Saveiro
Serviço de cópias e autenticação de documentos
Serviço de conserto de portão eletrônico
Conserto da máquina de vidro elétrico do veículo Santana
Serviço de regulagem da suspensão e limpeza de bicos veículo Santana
TOTAL
Sivaldo Silva de
Sousa
Sivaldo S.de Sousa
Sivaldo Silva de
Sousa
Sivaldo Silva de
Sousa
Sivaldo Silva de
Sousa
Sivaldo Silva de
Sousa
Sivaldo Silva de
Sousa
22,20
80,00
130,00
9,42
290,00
151,32
117,06
26.074,26
Fonte: Coordenação de Contabilidade e Finanças
PCD – Proposta e Concessão de Diárias
Centro Federal de Educação Tecnológica de Uberaba
Relatório de Gestão - 2007
90
ANEXO D – Recomendações de Órgãos de Controle
Em 2007, não houve determinações ou recomendações expedidas pelos Órgãos de
Controle, dessa forma, não há informações a relatar sobre o assunto, nos termos do item 9 do
Conteúdo Geral por Natureza Jurídica, Anexo II da Decisão Normativa nº. 85/2007 do Tribunal
de Contas da União.
Centro Federal de Educação Tecnológica de Uberaba
Relatório de Gestão - 2007
91
ANEXO E – Demonstrativo de Transferências (realizadas e recebidas) no exercício
TRANSFERÊNCIAS REALIZADAS NO EXERCÍCIO
Tipo
CONVENIO
PROBEM
Código
Programa/
Ação
Identificação
do
Termo
556171
1062/
2992
Convênio
343/2006
Objeto da avença
Mútua cooperação com
a
finalidade
de
assegurar
ao
adolescente em situação
de risco de qualquer
natureza, o trabalho
educativo,
a
escolarização
e
a
profissionalização.
Publicação
no DOU
4/4/2006
Total
Valor Total
Pactuado
14.646,72
14.646,72
Valor Total
Transferido
no Exercício
7.431,48
ContraPartida
-
Beneficiário
(Razão Social e
CNPJ)
19061464/0001-35
Fundação de Ensino
Técnico Intensivo
Situação da
avença
Em
execução
7.431,48
TRANSFERÊNCIAS RECEBIDAS NO EXERCÍCIO
Identificação
do
Termo
Código
Programa/
Ação
Descentralização
de
Créditos
SETEC/MEC
-
1067/2272
2007NC
000166
Descentralização
de
Créditos
SETEC/MEC
Descentralização
de
Créditos
SETEC/MEC
-
1062/6380
-
1062/6380
Portaria
SETEC
361/2007
Portaria
SETEC
361/2007
Tipo
Objeto da avença
Pagamento de despesas
para
participação
de
servidores do CEFETUberaba no curso para
Multiplicadores
em
Capacitação de Técnica
de Planejamento - SIMEC
Construção de Portaria na
Unidade I
Aquisição de Material de
Consumo necessário as
atividades administrativas
e pedagógicas.
Valor Total
Pactuado
Valor Total
Recebido no
Exercício
ContraPartida
Beneficiário
(Razão Social e CNPJ)
Situação
da avença
5/4/2007
2.180,04
2.180,04
-
73.925.414/0001-03
CEFET-Uberaba
finalizado
16/5/2007
100.000,00
29.834,57
-
73.925.414/0001-03
CEFET-Uberaba
Em
execução
16/5/2007
39.973,45
39.647,31
-
73.925.414/0001-03
CEFET-Uberaba
Em
execução
Publicação
no DOU
Centro Federal de Educação Tecnológica de Uberaba
Relatório de Gestão - 2007
92
Identificação
do
Termo
Publicação
no DOU
Valor Total
Pactuado
Valor Total
Recebido no
Exercício
ContraPartida
Beneficiário
(Razão Social e CNPJ)
Situação
da avença
22/6/2007
30.213,00
13.354,84
-
73.925.414/0001-03
CEFET-Uberaba
Em
execução
22/6/2007
34.388,87
-
-
73.925.414/0001-03
CEFET-Uberaba
Em
execução
19/10/2007
1.790,35
1.790,35
-
73.925.414/0001-03
CEFET-Uberaba
finalizado
23/10/2007
118.042,88
15.840,00
-
73.925.414/0001-03
CEFET-Uberaba
Em
execução
23/11/2007
199.958,84
81.210,70
-
73.925.414/0001-03
CEFET-Uberaba
Em
execução
Janeiro a
dezembro
2007
11/07
20.910,00
20.910,00
-
73.925.414/0001-03
CEFET-Uberaba
Em
execução
1.394,00
1.394,00
-
73.925.414/0001-03
CEFET-Uberaba
Em
execução
Construção das UNEDs
de Paracatu e Ituiutaba
7/12/2007
2.400.000,00
-
-
73.925.414/0001-03
CEFET-Uberaba
Em
execução
Aquisição
de
Equipamentos e Material
Permanente
Aquisição de 01 (um)
micro-ônibus
para
transporte de estudantes
13/12/2007
199.926,24
131.311,24
-
73.925.414/0001-03
CEFET-Uberaba
Em
execução
14/1/2008
149.970,00
-
-
73.925.414/0001-03
CEFET-Uberaba
Em
execução
Código
Programa/
Ação
Descentralização
de
Créditos
SETEC/MEC
-
1062/8383
Portaria
SETEC
426/2007
Descentralização
de
Créditos
SETEC/MEC
Descentralização
de
Créditos
SETEC/MEC
-
1062/8383
-
1067/2272
Portaria
SETEC
426/2007
2007NC
000673
Descentralização
de
Créditos
SETEC/MEC
Descentralização
de
Créditos
SETEC/MEC
-
1062/6380
-
1062/6380
Descentralização
de
Créditos
CAPES/MEC
Descentralização
de
Créditos
CAPES/MEC
Descentralização
de
Créditos
SETEC/MEC
Descentralização
de
Créditos
SETEC/MEC
Descentralização
de
Créditos
SETEC/MEC
-
1375/0487
PORT. DPR
001/2006
Recuperação
do
alojamento da UEPPE de
Zootecnia I e alojamento
de hóspede.
Construção
de
alojamentos – Setor de
Mecanização Agrícola
Pagamento de despesas
para
participação
de
servidor do CEFETUberaba no I Encontro de
Encerramento
de
Exercício de 2007
Aquisição de Material de
Consumo - Insumos para
a Safra agrícola 2007
Aquisição de Material de
Consumo e Prestação de
serviços necessários ao
funcionamento
das
atividades, bem como a
realização de serviços.
PROGRAMA PICDT Bolsa CAPES
-
1375/0487
PORT. DPR
001/2006
PROGRAMA PICDT Bolsa CAPES
-
1066/1050
-
1062/6380
-
1062/6380
Portaria
SETEC
596/2007
Portaria
SETEC
590/2007
Portaria
SETEC
628/2007
Tipo
Portaria
SETEC
528/2007
Portaria
SETEC
562/2007
Objeto da avença
Centro Federal de Educação Tecnológica de Uberaba
Relatório de Gestão - 2007
93
Tipo
Descentralização
de
Créditos
SETEC/MEC
Descentralização
de
Créditos
SETEC/MEC
Código
Programa/
Ação
-
1062/6380
-
1062/6380
Identificação
do
Termo
Portaria
SETEC
628/2007
Portaria
SETEC
628/2007
TOTAL
Objeto da avença
Aquisição de 01 (um)
veículo passeio e material
permanente
Aquisição de 01 (um)
veículo utilitário
Publicação
no DOU
Valor Total
Pactuado
Valor Total
Recebido no
Exercício
ContraPartida
Beneficiário
(Razão Social e CNPJ)
Situação
da avença
14/1/2008
73.853,00
-
-
73.925.414/0001-03
CEFET-Uberaba
Em
execução
14/1/2008
75.992,00
-
-
73.925.414/0001-03
CEFET-Uberaba
Em
execução
3.448.592,67
337.473,05
Centro Federal de Educação Tecnológica de Uberaba
Relatório de Gestão - 2007
94
ANEXO F – Atos de Admissão, desligamento e concessão de aposentadoria e
pensão praticados no exercício.
O Centro Federal de Educação Tecnológica de Uberaba formalizou e cadastrou no
SISAC os atos de concessão de aposentadoria, reforma e pensão, admissão e desligamento,
em atendimento ao disposto no art. 8º da IN/TCU nº. 44/2002 e no art. 7º da IN/TCU nº.
55/2007, estando os referidos atos à disposição da Unidade de Controle Interno para fins de
exame, exigíveis no exercício a que se referem as contas. A Seguir o detalhamento dos atos:
ATOS
CONCEDIDOS EM 2007
REGISTRADOS NO SISAC EM
2007
Admissão
Desligamento
Aposentadoria
Pensão
03
01
00
03
14
01
06
00
Os atos concedidos em 2007 e não registrados no mesmo exercício, foram registrados
no mês de março de 2008.
A Coordenação Geral de Recursos Humanos desta Instituição justifica que teve muitas
dificuldades na instalação do sistema e sua operação. Por várias vezes foram preenchidos os
formulários e as informações foram perdidas, uma vez que não foi possível gravar os dados e
enviá-los. Na tentativa de reinstalar o programa, os dados já cadastrados foram novamente
perdidos. Ainda, no momento de enviar, não se conseguia gerar todas as informações de uma
vez, devendo gravar os dados, gerar o arquivo e enviar as informações de 04 em 04 atos.
Esses fatos aliados a inexperiência, desconhecimento, falta de treinamento em operar o
sistema e as constantes alterações nas versões do SISAC, acarretaram o atraso do registro dos
atos.
Salientamos que, o sistema SISAC demanda o preenchimento detalhado de um grande
número de campos e sua operação acaba sendo comprometida pelas demais demandas e
cumprimento de prazos inerentes às atividades da Coordenação Geral, que possui um quadro
de pessoal aquém das necessidades.
Cumpre destacar que, esta Instituição acompanha os julgamentos do TCU sobre os
atos concedidos apenas pelas consultas realizadas no portal SISAC.
Centro Federal de Educação Tecnológica de Uberaba
Relatório de Gestão - 2007
95
Download

Relatório de Gestão